Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA PRIMA GRAVIDA

Comi minha prima gravida



Todo sábado pela manha eu dava uma passarinha na casa de tia Teresa para ver como ele estava, alguns minutos apenas, contentava mamãe, e, afinal, ela não era uma velhinha tão chata assim. Aquele dia porem fiquei assombrado ao ser atendido a porta do apartamento por uma garota de no máximo uns quinze anos sá de roupa intima, e em adiantado estado de gravides.

- Oi primo, estes dias mesmo mamãe esteve me mostrando fotos suas, acho que não lembra mais de min, sou a Luciana, estive com meu pai em Sampa, agora voltei morar uns tempos com mamãe, a gente brincou mito na infancia, espero que não se ofenda de eu recebe-lo vestida assim, mas esta tão quente.

- Oi, claro que não tem problema, agora estou lembrando de ti, que bom te ver – Eu estava realmente deslumbrado, sempre tivera tesão por gravidas, e ela estava linda, convidou-me para sentar , titia não estava, deixara-a com a casa e fora passar uns dias com a outra irmã, numa cidade vizinha. Contou-me toda sua historia, engravidara por acaso, o pai nem sabia, interrompia por algum tempo os estudos para vir ter o bebe perto da mãe, minha tia Teresa.

Ela percebeu logo que não tirava os olhos dela, da barriga enorme, dos seios fartos, toda a minha atração estava na cara.

- Que sentir minha barriga.

Não esperei ser convidado duas vezes, apalpei sua barriga, um pouco amedrontado passei para os seio, por cima do sutiã, olhei para ela e percebi aprovação.

- Vou tirar para você ver melhor.

Arrancou o sutiã pondo a mostra os seios grandes, fartos, com aureolas enormes, que eu pus-me a apalpa-los, sopesa-los e aperta-los exasperadamente – pode dar uma mamadinha se quiser, primo – era o convite que esperava. Abocanhei um, enquanto com uma das mãos apalpava outro, e a outra mão fui descendo pela barriga até chegar a calcinha e avançar adentro sentindo a buceta inchada e já bem lubrificada.- Olhei para sua cara safada e perguntei: - posso chupar esta também?

- Claro que sim.

Tirou a calcinha e pus-me a chupar aquela buceta que apesar de inchada era bem fechadinha e com ares de não Ter sido ainda muito usada. Chupei com toda força, meti a língua mesmo, com ela toda esparramada no sofá cai de lingua também no cuzinho minúsculo e com toda cara de ser virgem.

Depois de te-la feito gozar varias vezes nem precisei convida-la, ela mesma pediu meu cacete para chupar, tirei minha roupa e levei meu pau até sua boquinha, que engoliu com sofreguidão trabalhado meu tolete muito bem.

- Posso fode-la ou pode fazer mal?

- É claro que não meu médico disse que não há problema algum. Enfia todo este cacete na minha buceta, me arromba toda.

Posicionei-a bem e meti todo meu pau naquela delicia de buceta apertadinha, inchada, e totalmente lubrificada. Comecei a bombar enquanto ela gemia e gritava pedindo que eu a fodesse mais e mais. Quando cansei parei um pouco deixando o pau atolado na buceta já um pouco alargada pelo meu cacete e pedi:

- Não sei se tu vai concordar, mas vi teu cuzinho, é tão gostoso, me deu uma vontade de experimentar, posso fode-la no cu?

Dei mais uma chupadinha naquele buraquinho rosado, usei o liquido da buça para lubrifica-lo cuspi um pouco no cacete, e com ele bem lubrificado parti para o ataque, foi difícil vencer a resistência daquele buraco mas com ajuda dela consegui, senti a cabeça conseguindo entrar , ela estremeceu e gritou, empurrando sua bunda contra min e completando a fincada, ela gritava alucinadamente mas percebi que estava gostando pois não parava de me ajudar na penetração, animado com isto dei um forte tranco e fiquei tudo o que faltando até o saco encostar na bunda dela, ela urrava de dor, mas aguentou firme, comecei a estoca-la, ela se contorcia, urrava e logo que conseguiu falar entre gritos e urros falou>

- Me rasga todo esse cuzinho, me como uma puta, sempre quis dar o cu, me enche de porra.

Foi isto que fiz, gozei fartamente dentro daquele cuzinho que havia arrombado.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos lesb ralar a xanaminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façocheiro calcinha mar massagem conyoConto erotico transformou a mulher do amigo em putaFODI A MINHA CUNHADA E ELA SE CAGOUzoofilia com peixecontos eroticos travestis fudendo frentistas do posto de gasolina gaysconto porno pentelhos a mostrarelatos eróticos reais novinha primeira vezContos real de entiada trasado com padrato rjcontos eróticos vestido de langeriesfiz troca troca com meu amigo : contos eróticosSou casada mas bebi porro de outra cara contosrelatos eroticos/pisar na caracontos eróticos chupa querido aiiiiquero ver pornô de menininha pequenininha da Angola Angolacontoseroticosbrincadeirascontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeconto tio trai com sobrinho travesticontos eróticos comendo o c****** da freirinha taradaloira coroa tirando a calcinha de ladinho solange para exibir sua xanaconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camagrelao era enorme lesbica contosMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,heteros se pegandomeu marido tem pau pequeno conto eróticocontos eróticos sou homem mas dei muito o cu gosto muitocontos d cachorros mamando contos eroticos fui corno na lua de mel e gosteicontos eroticos peitos sadomasoquismocontos mulher alta bunduda ggmete vai vo gozar aiiiii uiii dlçFoderam gente contos tennscontos eroticos beijando com porratitio me comeucontos erticos de ninfetasMae drogada contos eroticoContos curtos de coroa casada chantagiadacontos inocentes tapascontos eoticos chantageei minha maeContos : namorada dando pra passarconto erotico comendo a obesaAs novihas de xortihos no cucontos com a visnha casada escondido oacontos eroticos comeram minha minha irmacontos eroticos madasdra 2meu policial chupou meus seios gostosocontos eróticos corno excursãocontos incesto com minha filha carolPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticoselagozouquedesmaioucontos comendo esposa do valentaocontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadorcontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delaTransei com minha quando agente brincavameu irmaozinho tarado.contosconto erotico com amigo velho coroa grisalho peludoContos eróticos padrastocoroa t***** da bundona state durinho rebolando gostosoPutinha contoscontos euroticos todos dormindo eu me entreguei para o cunhadofui comido na sauna gayos contos de sexo com imagens da vizinha e do vizinho pelados no computadorcoroa raspadinha gozando contossequestradaxvidioFodido na construção/conto_12485_meu-qdo-sobrinho-bem-dotado.htmlfilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delaTrai meu marido com um garoto pauzudoLer conto erotico de primo ceduzino primas novinhas para metercontos eróticos de bebados e drogados gaysContos eróticos de zoofilia: no bosque engatei com 6 cachorroscontos eroticos amigo do meu paimae de causinha melada quado da de mama profilhoassistir pornô mulheres libiscos com muito tesãodei o cu po meu pone contos eroticos pornoa tão sonhada dupla penetração contomarido nao percebeu esposa encoxadacontos eroticos sogracomtos eroticos pai tira o cabacim emgravida a meninacontos eroticos heterocontos tia me devecontos eroticos filho dorme com a mae so pra encochalaTRAÍ MEU MARÍDO COM MEU ÍRMÃOcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos de menina pobreviciei em cupa rola contosconto erotico viadinho foi dormir no sitio e teve que vestir calcinhaConto erótico arombada por um cavalo miudinha conto eroticocontos eroticos fracas e chantagem na escola o mineirinho que me cativou 2Conto erotico corno quer ver pau groso do outro homem rasgando o cu da esposacontos porno obrigada engolir porra com muito nojo