Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA FILHA, MEU TORMENTO

Bem, gostaria de não entrar em muitos detalhes pessoais, apenas dizer que sou negro e desde 2004 tenho vivido o maior tormento de minha vida. Sou casado, sou negro, tenho 46 anos, minha esposa tem 40 anos e somos felizes. Neste relato que envio a voces é sobre nossa filha Ana que no ano citado acima completava 19 anos. Ela não que ria um presente específico e sim uma Festa para seus amigos. Mesmo contrariados eu e minha esposa aceitamos. Ana no auge de seus 19 anos tem 1,67 altura, pesava 45 kg, coxas grossas, seios pequenos e o melhor uma bundinha de dar inveja a qualquer menina de sua idade.

Ah... ela pediu que comprassemos sá para ela uma champanhe e botassemos na geladeira que ela iria tomar sozinha. Bem, chegou o grande dia, tudo pronto, liberei algumas cervejas, e aí a festa começou em nossa garagem. Eu e minha esposa ficamos confinados ao nosso quarto mas, sempre de olho em qualquer excesso. Beijinhos aqui, maozinhas ali, risinhos ao lado da garagem, as meninas comentando no banheiro. Os meninos se exibindo para Ana que aquela noite estava uma gata. Bem eu e minha esposa em nosso quarto estavamos bebendo e assistindo filmes. Lá pelas 02:00 hrs Ana aparece em nosso quarto e diz: "olha a festa tá acabando e preciso que papai leve alguns amigos em casa, pois estao bebados. Assim o fiz, peguei o carro e fui levar duas amigas e dois amiguinhos. que moravam num bairro distante. Apás entregar todos em suas casas voltei já preocupado em arrumar a bagunça que estava, mas qual minha surpresa: Ana e minha esposa estavam em estado de alccolismo total, ou melhor coma alcoolico. Pensei e agora? O que faço? Ana em nossa cama e minha esposa tbem. Chamei minha esposa insistentemente mais não obtive. Chamei Ana, mas qual nem se mexeu. Olhei ao lado da cama e lá estava a champanhe que ela havia me pedido. Aí foi que observei a roupa que ana usava naquela maldita noite, um top branco, mini saia rosa e sandalias altas. Ana esta va com suas pernas semi abertas e pude ver sua calcinha, desculpem mas fiquei excitado. Ajeitei minha esposa na cama e peguei Ana no colo e levei para seu quarto. Ela nem se mexeu. Chegando lá botei-a na cama, mas como todos nás aqui em casa temos por hábito não dormirmos com roupas de uso diario. Lembrei e agora nunca fiz isso.

Mesmo contrariando minha educação, comecei a despir minha filha, nossa que seios lindos, o top deu um pouco de trabalho para tirar. A sandalia saiu com facilidade, mas quando fui tirar mini saia, que loucura, eu não sabia que ela se depilava todinha. Excitado, mas me controlando, virei de lado para soltar sua saia melhor e vi sua calcinha melhor ainda. Que visao estonteante. Sua xaninha e maravilhosa. Sem nenhum pelinho e sua bunda é um manjar dos Deuses. Não resisti e acariciei de leve. Tentei sacudir Ana para ver se ela não acordaria, voltei ao meu quarto e ví que minha esposa dormia profundamente. Então voltei para Ana cheio de ideias. Me abaixei ao lado de sua cama e comecei a beijar sua xaninha, que sabor, meti a lingua com calma e fui explorando aquela maravilha, ma spreocupado para que eu não fosse surpprendido. Ana mexeu-se na cama e como ela dorme de bruços, imaginem qual a parte que ficou pra cima? Sim, sua bunda linda, maravilhosa, carnuda, aquelas coxas quentes. Como eu já havia baixado sua calcinha até o meio das coxas pude acariciar sua bundinha com muita calma. Cai de lingua na bunda commuita tesão e meu pau latejava dentro de minha bermuda. Fiquei dando um banho de lingua em Ana por uns 20 min. Ana balbuciou umas duas vezes algumas palavras desconexas. Meti um dedo em sua xaninha mas não me aprofundei pra não ser surpreendido. Apos tudo isto fui ao banheiro peguei um toalha e a limpei.



Bem pela manhã ela não comentou nada, apenas ela e minha esposa reclamaram com dor de cabeça e não tive mais nenhuma chance de realizar meu desejo que possuir Ana por inteiro. Agora ela arrumou um namorado e estou vendo meus desejos irem por terra, pois não tenho coragem de me aproximar dela, nem sei que tipo de artimanhas utilizar. Um amigo disse que dá sonífero pra mulher dele qdo ele quer sair pra putaria. Já pedi o nome do sonifero mas ele sempre desconversa. Amigos isto não é um conto e sim um pai desesperado que talvez esteja pecando mas, eu estou apaixonado perdidamente por minha Filha Anal.Se algum de vcs que ler meu relato e tiverem sugestão escrevam. Vou agradecer a todods vcs.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


A loirinha punheteira contos eróticoscontos eroticos cu dormindoconto erotico velho tarado e cachorrodesvirginada pelo pai do meu namorado eroticocheiro calcinha mar massagem conyoconto usando calcinha da irmahomen bebado cosegue mete me mostra uma fotocontos gays de camisolinhamasturbando com as amigas contoconto cunhada metro/conto_27729_a-mulher-do-erivan-minha-puta.htmlViadinho do vizinho tinha uma rocha com meu pai Contos eroticosMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticoscontos erotico estupraram minha tiaConto erotico, tenho.50 anos e transei com minha vizinha casada de 60 anosporno. filia. deixa papai vê. sua. bucetinhaconto minha mulher hemafroditaConto erotico bunda a enteada mas velha.contos gays mamando no mamilominina afuder na pixinaContos eroticos mulher cuzeiraConto Erótico ninfeta Fio Dentalcontos minha esposa vigia a casa pra eu fuder a visinhaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes na faculdadedesmaei na hora da foda conto eroticodominada pela amiga contos eroticosminha amiga me comeuchupando a bunda da daniele enquanto ela dormia 2enche esse cu de leite contoswww.contos gays na bebedeira cerveja e xixicontos eroticos de mulheres que fuderao com negrosf****** a filha da empregada pornô liberadoGostosa inpregada durmino so di caucinha i o patrao tentando comelaa ninfetinha levou rola e gozada do parente dentro da vaginha contosxxx conto Incesto+Minha mae saiu comigoConto erotico o cu da minha enteadaconto erotico passei a mao na menina convidando o amigo para arromba o cu da namoradacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos eroticos familia camping nudistacontos eroticos traindo marido na Sala ao ladocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos de novinhas dando p cacetudosFui Comida pelos colegas do colegios contoscontos eróticos de bebados e drogados gaysvideornposstive que dar contos eróticosSou gay e tranzei com um travest contos eroticocafajeste comendo a medica casada conto eroticomulher poe seu cachorro dormir com ela e acaba deixando ele lember sua bucetacontos espiando sogra de madrugadaesposa traindo marido bebado contos eroticosEnsinei meu subrinho a ser minha mulher contos eroticosconto erotico cagando durante analComi mimha prima no velorio contospomada pra fingir ser virgem e sangrar no sexopapai caminhoneiro conto eróticoContos eroticos mae e filhos numa festa peladosconto fui encoxado pelo meu amigo gaycontos eróticos meu sobrinho punheteirocontos eróticos menininhas para frenteContoseroticosdesolteirasporno cu virgem sobrinha novinhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos porno casadas no carnavalTio enssinando sobrinha novinha desde cedoContos eroticosPornoporno mulher estuprdo no onibusminha sogra viúva ela tava comigo no meu carro ela disse pra meu genro vamos pro motel conto eróticobrincadeiras erotica no cu de machocontos eroticos sequestrotransa shopping Interlagos contocontos de menininhas sentando no colo de homensConto erotico minha mulher me fez da o cu/conto_20703_comeca-da-minha-rotina-de-putinha.htmliniciação contos eroticosConto erotico nao resistiu a namorada do amigoconto erotico chupando pau com sorvetecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos de no dedinho do padrinhocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casamae jenmendo muito alto filho comendo mae no quartoxvidio encochei minh irmã dentor ônibus cheioanal duplo com travestis conto eroticoConto de puta esporrada por muitos machos no barUma buceta fofinha afim de um dotado contos/m/conto_10845_casado-comi-a-menininha-no-onibus.htmlcontos-no colo de papai na praia de nudismocontos de cú de irmà da igrejacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casajogo de puta buçetadafodas relatadas nora com gerocontos erotico irmao cafetao da irmamete mete contotentando escapar mas ficou sem as pregas do cucontos eróticos meu padrasto me comeu na frente da minha mãeporno amador em festinhasparticularescontos eroticos sequestrocontos eróticos agarrei minha irmã na fazenda Conto erotico suruba louca