Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMO DO INTERIOR VEIO PRA CIDADE ME PEGAR

OI, essa é uma histária verídica, que já rola a quase dez anos... Tudo começou quando eu tinha 8 anos, e fui a uma cidade no interior de Minas Gerais, cidade pacata, com menos de 19 mil habitantes, era onde morava alguns de meus parentes, vá, tios e primos. Eu sempre brincava com eus primos que eram irmãos, que eram mais ou menos da minha idade, um de 11, outro de 19 e um de 8. Mas o meu caso mesmo era com o de 11, Rodrigo, ele adorava passar a mão na minha bundinha branquinha e passar a mão mais profundamente também, e colocar o bendito cujo nakele lugarsinho também, era coisa de crinça, nem bombar bombava, mas ele me precionava pra trás bem forte, que dava até uma leve dorzinha, mas, é claro, muito gostosa. Como eram três primos na casa de meu tio, no quarto deles sá tinha três camas, ou seja, eu teria que dormir no chão, ou dividir com alguém, e é claro q eu dividia com alguém, e com Rodrigo é claro, ele ficava passando a mão na minha bundinha a noite intera "pra eu dormir". Me lembro claramente de várias vezes que ele me comeu no quintal da vová, atrás da mangueira e, principalmente, as vezes em que ele me comeu na casinha da árvore, nun ia quase ninguém lá, e quando ia dava pra disfarçar rápido, até esse alguém subir na casinha. O tempo se passou, quando ele fez uns 19 anos nunca mais me pediu de novo pra fazer, deve ser vergonha ou será que ele nun queria mais? 2 anos mais tarde, fomos visitá-los novamente, e eu fui dormir lá na casa do tio outra vez, agora tinha uma beliche, e uma sá pra mim, rsrs, eu era pra dormir na de cima, aí pedi pra dormir na de baixo q eu achava melhor, etão quando eu estava deitado, Rodrigo chega sá de toalha enrolada, e tira a toalha ficando sá de cueca, uma branquinha linda! E fica arrumando o seu beliche de cima sá de cuequinha, sendo que eu estava no beliche de baixo, ou seja ele ficou com akela mala na minha cara, akele mala volmumosa, e eu já estava de pau duro, proto pra atacar akele mala deliciosa, mas é claro não fiz nada. Nessas mesmas férias meu tio pediu pra minha mãe se Rodrigo podia estudar na cidade grande, claro sair do buraco, ele já completara 19 anos e queria fazer uma faculdade, minha mãe claro q concordou. Pois é, Rodrigo veio mesmo, mas com agente nada rolou, mas eu acho q ele estava afim, sempre andando pela casa sem camisa, e qndo estava no quarto sempre ficava de cueca "sá pra mim", rsrs, será?? Eu tive que dividir com ele né, meus irmão já dividiam um. Pois é no quarto ele saía do chuveiro de cueca e enrolado na toalha e tirava ela sempre na minha frente, mas é claro que ele devia tirar pra se trocar, mas acontece que ele ficava mito tempo lá escolhendo a roupa e coçando o dito cujo, exibindo-se ou não? Pois é, um dia ficamos sozinho em casa, ele estava sentado no sofá da sala com uma bermuda curtinha, exibindo akeles coxas grossas e muito gostosas, eu passei em frete dele e finge que tropecei e caí sentado bem em cima do pau dele foi tudo muito rápido eu nun pdia dar muita bandeira, mas consegui tirar uma casquinha da coxa dele menos dakela mala deliciosa dele q sá minha bundinha conseguiu, depois eu deitei no outro sofá, agente começou a conversar, o papo já tinha acabado, quando ele começou a falar da nossa infância, e é claro, o fato mais marcante de nossas infâncias foi as enrabadinhas que ele me deu, começamos a rir, achando engraçado a conversa, até que a certo ponto, já os dois de pau duro, ele falou se eu queria fazer de novo, eu aceitei é claro. Ele veio com tudo então, e deitou em cima de mim e me tascou um molhado e ardente beijo de língua, e eu coloquei a mão no pau delicioso dele, e logo, tirei sua bermudinha e o deixei sá de cuequinha... ele tinha uma mala maravilhosa, volumosa, bem cheia, que tinha um monstro que estava quase rasgando akele cuequinha. Tirei ele pra pra fora, e depois de uns 3 anos sem ver akilo, vi como estava melhor do que nunca, bem cabeçudo, bem grosso e tinha mais ou menos uns 19cm...

Uma delícia mesmo, não resisti e caí de boca mesmo, chupei que nem bezerro, adorei colocar akela cabeçona na minha guela, e ele também estava adorando, percebi quando ele precionava minha cabeça contra seu grosso pau e respirava bem ofegante... depois disso então eu tirei todo minha roupa e fiquei de joelhos no sofá com a minha mão nakela parte de cima do sofá, sabe?? joelho onde agente senta e as mão onde agente enconta a cabeça quando a gente dorme sentado sem querer, rsrs... pois é fiquei nessa posição linda e ele veio contudo pra enfiar akela geba no meu cuzinho... e não deu outra, ele fez como antes ele ficou roçando a cabeçinha na minha portinha e depois enfiou ela bem devagarinha, nesse instante senti-me dilacerado, já estava dando uma puta dor... e ele enfiou mais ainda e bem devagarinho, bem devagar para que eu pudesse sentir bem akele pedacinho dele me penetrando, quando chegou até o fundo ele me precionou pra trás fazendo eu sentir mais dor ainda, e eu fazendo uma cara de dor, mais querendo mais e mais, fi quando ele começou a bombar e eu soltei um leve gemido, e começou a bombar rápido, aí já naum estava mais aguentando de dor e gemi como uma cadela, e ele gozou dentro de mim, me fazendo relaxar com akele leitinho quentinho e cremoso dentro de mim... foi uma delícia, ele estuda até hoje aki na mesma cidade que eu moro, mas já não mora aki, trabalha e estuda, por isso já nem arranjamos mais tempo. Nos encontramos raramente, qr dizer raramente pra me comer, porque todo fim de semana está aki em casa visitando-nos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



Cont erot a galinhaconto bundao hiper carnudomeu patrao velho e o descabacador contocontos vazando porracontos eróticos já desde muito pequenino gostava de roçar e ser roçadocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos vizinhas camaradasdomindo sentir o dedo do meu tio na minha bucetamamãezinha espiando mulher peladamenina da bucetinha grande.ctoscontos eroticos fui estrupada os bandido foderao ocu do meu namoradoEnfiando na bundinha ate eta sentirconto erotico perdi aposta com as amigasvideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversáriocontos eroticos, dei a buceta no barcontos erticos eu dexei papai de pau duroconto erotico ajudei meu pai de dei para caminhoneirohistorias verdadeiras de maridos que fragaram as esposas dandoConto eróticos duas lésbicas me estruparaocontos de cú de irmà da igrejaodiava o marido da minha prima parte2 contos gaycontos de mulher insatisfeita com maridoconto erótico menina zuando pau pequenoWww.contoseroticos/grátis Ler/no aviãoContos erótico minha enteada meu colo .conto comi minha sobrinha no resgyardoContos eroticos mae seduzindo filho com os pes lindos sendo assediada na sala de aula contos eroticosconto casado dei pra travestinovinho da rola grosa comendo ha babacontos eroticos gordas virgeamiga gostosa quebrando o galho me mostra a bucetinha pra eu mastubarwww.contosdoprazer.comcontos gay cunhado marido da minha irmajogadora de vôlei nua do Brasil pela tomando banhocontos de homem com penis grosso que comeu sem camisinha a sogra contos pegei meu marido com outro machominha mae e esposa gemendo com minha pica de 23cm no cu contos eroticosdeixamos ela bebada e comemos gostosoconto fetiche apanhando da namoradaxequei em casa do trabalho e pquei minha esposa chupando uma rola bem grosa e ainda mim convdo para participacontos porno gratis evangelicas submissas e chantageadasgaroto encoxa amiga baixinha contodei o cu no campig homoxesuaisContos eroticos novinha desmaia de tanto gosafilha esposa de papai pintudo contosTravest litoral contoscontos comi minha cunhadaconto erótico. eu minha esposa morando perferiacontos "olha como * meu cuzinho"porno irma assalto contoconto erotico enteada brincadocontos eroticos irma na baladaporno club conto eroticos de meninos gaysso puta e dei gostoso a xana contos eroticoscontos eroticos gay recem casadoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuxvidio tinho berbado asubrinha fica taradaconto erotico cadela virgem no ciocontos eroticos cegodei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticofoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1Conto erotico traindoContos eroticos d incesto vo e ne a meninaContos eroticos menstruadaenquanto eu dormia ele botava o cao pra me chupar incesto e zoofiluaconto erotico comi minha mae emquanto ela estava trancada na jancontos eróticosprimoscontos de cú de ladracontoseroticossexogaycontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeconto levei na conavidos. anamara. cupanu. bucetapatricinha safadas se lambendoleitinho do padrinho contos gaycontos que gozada ela deumeu pai deu calcinha minúscula para minha esposa de presente contos eróticosdando o cu para meu cunhado contosConto d esposa safadinha fico d pau duroSsssssss aaaaaaaiiiiiiiii gostoso gay transandocontos eroticos gay inrustido com montaconto erotico de esposa cm outra mulherpeguei cunhada certinha/m/conto_9593_comida-pelo-meu-pai-no-meio-da-madrugada.html