Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMIGAS FODENDO NO TRAMPO

Pois bem, resolvi colocar em publico uma aventura totalmente loca e cheia de prazer e muito tesão...rnTrabalhamos numa instituição financeira renomada no Brasil, estávamos no horário de almoço e falavamos sobre sexo o dia todo através do wat SAP, as três já estavam totalmente molhadinhas em cima das calças social preta que é quase o uniforme de bancários...eu Tabata,loira alta de peitos fartos coxas e uma bunda que os homens deliram por onde passo, Simone morena baixa magra de olhos verdes e uma boca carnuda, e Luiza, morena estatura mediana, cabelos preto longos e um corpo de menina. Mas em comum tínhamos uma vontade louca de meter a qualquer hora do dia e de preferência com desconhecidos, mas não podíamos já que ali por perto todos iam ao banco e nos conhecia.rnAlmoçavamos sempre no mesmo lugar, e sempre os mesmos homens nos paqueravam, mas não nos dispertavam vontade de sexo nenhum, apenas nos erguia o ego de sermos atraentes e com formas e jeitos diferentes, por onde passávamos, sentíamos sendo a atração de muitos machões.rnEu já não aguentava aquela monotomia de todos os dias do almoço, então decidi chamar as amigas e aventurar em outro lugar...fomos então pra um shopping em uma cidade perto, mas antes claro tinhamos falado do dia em que a gente ia fazer a loucura do almoço, e esse dia chegou.rnAlmoçamos uma comida leve e maravilhosa, e fiz uma surpresa pedi 3 caipirinhas de saque...claro que no começo todas negaram, mas me viram saboreando aquele saque e perceberam como eu já estava solta e mais atiçada, e assim foram elas...ficaram como eu, reparei então que na mesa ao lado, tinha cinco homens bem aperfeiçoados, eu já me imaginava com dois, e as duas tinham 3 sá pra elas, comecei então a seduzir os homens, uma chupadinha no canudo, como se fosse o pau deles, deixei ate cair um pouco da minha boca no meu peito e passei o dedo do meio e chupei...claro eles perceberam o que queríamos, nesse horário já estávamos muito atrasada, mas ninguém tava ligando pro horário, afinal a carta já tava dada.rnUm deles já levantou e perguntou se podiam sentar com a gente, eu mais que depressa disse ?claro, fique a vontade?, e ali começou as cordialidades...rnNão prestava muito atenção no que eles falavam, pensava em um comendo meu cuzinho e o outro metendo na minha bucetinha e nessa altura estava encharcada o cheiro de tesão ali, era percepitivel por outros homens que entravam e olhavam pra nos com cara de cahorro faminto. Chamei as amigas pro banheiro, e ali foi feito o acordo que o dia da sacanagem tinha enfim chegado, rimos muito e estávamos as três molhadinhas querendo meter ali ou em qualquer lugar. Voltamos a mesa e o convite foi feito...que tal darmos uma volta meninas...e claro aceitamos na mesma hora. Seguimos os caras e avistamos um motel logo a frente, continuamos seguindo e pediram uma suíte maravilhosa com duas camas gigantes, banheira, sauna, enfim um lugar amplo e bem aconchegante.rnComeçaram ali a troca de beijos e pegadas, já não sabíamos quem era quem, mas estávamos adorando a sensação de sermos comidas por cinco caras que nunca vimos na vida. Um deles um loiro muito gostoso com um pau excelente, pediu pra colocar so a cabecinha no meu cuzinho,enquanto chupava o pau de um moreno lindo e baixo, imediatamente fiquei de quatro e assim ele fez, olhei pro lado a Simone já estava gemendo de prazer de ladinho com um moreno excitante que atolava e tirava o pau nela, a Luiza chupava os dois paus que restaram de uma so vez, minhas amigas e eu estávamos muito excitada.rnO loiro era realmente o Maximo, depois que ele tirou a cabecinha me deitei de bruço coloquei o moreno baixo na minha frente e chupava seu pau, enquanto chamei o loiro pra dessa vez arregaçar meu cu ate jorar leitinho La dentro, a sensação do pau dele me arrebentando era uma mistura de dor com muito tesao, empinava minha bunda como se eu estigasse ele a meter mais forte, ele se excitava mais ainda, pedi pro moreno dar uns tapinhas na minha cara, claro ele fazia certinho e eu gozando por varias vezes...pedi que o moreno jogasse saliva na minha boca como se fosse a sensaçao dele gozando na minha cara, aquela saliva escorrendo pra minha boca era o auge...o loiro já tinha percebido que eu estava com muito tesão, tirou o pau do meu cuzinho e chamou o moreno pra perto dele...achei que iam me comer juntos, mas daí veio a surpresa...me deitaram na cama de frente o moreno começou a me comer tipo frango assado e quando percebi o loiro começou a meter no cuzinho do cara...no começo não sabia se estava vendo coisas ou se realmente aquilo estava acontecendo, mas eu senti um tesão louco em ver um comendo o cuzinho do outro...o loiro com o dedo no seu práprio cu, gemendo de tesão, o moreno era loucura total e eu já estava chegando no meu orgasmo.rnFoi ai que lembrei das amigas, a Simone estava toda suada de tanto que aquele homem sabia meter gostoso, ela gritava e ele enfiava cada vez mais forte, comia tudo o estava disponível ali, e ela gostando do que ele fazia...o tesão dos dois era interminável, tapas, mordidas, as palavras eram muito fácil de serem ouvidas, vai cachorro, quero ver você meter nessa putinha safada, e isso estigava ele como um desafio, e ela sabia o que tava falando, quase que se contorcendo, conseguia pegar no saco dele, enquanto ele metia com aquela força interminável...rnOlhei para o outro lado e Luiza estava com a mesma fisionomia, éramos as putas mais tesudas sendo comidas por homens que queriam o prazer não importava por onde...rnLuiza não sabia se chupava o pau ou se gemia, ela na verdade fazia as duas coisas, dentro da banheira, na berada, fora, deitados, sentados em pé era fodição total, eles chupavam seus peitos e metiam com todo prazer, afinal Luiza era a mais novinhas das três, e ainda estava aprendendo o que era ser fodida por homens tão gostosos...mas ela queria mais... se paravam para mudar de posição...ela os seguia já pegando no pau de um enfiando ali, e pegando o pau de outro e metendo cá, eles se surpreenderam com a vontade de Luiza.rnAté parecia que os cinco tinham combinado de gozar juntos, nos colocaram de joelhos no meio do circulo que fizeram...e começaram a gozar em nos. Aquela enjurrada de porra caindo do céu era louco demais...fomos nos arrumar e não passamos telefone e nem o nome verdadeiro nosso, e nunca mais vimos aqueles caras.rnMas lembramos de alguns detalhes que usamos depois em outras transas...rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos de mulheres casadas traindocontos eróticos de meninas e meninoscontos eróticos minha esposa e o pastorpunheta para sogra contosconto veridico gozada dentro xoxota recifeContos de novinhas perdendo a virgindadegozando pelo cu contos eróticoscontos eroticos meu marido sempre soubecontos eroticos podolatria com a minha maecontos eu minha mae e minha tiacheiro calcinha mar massagem conyotravesti imgole pora de cavalohomem virgem contosccontos eróticos fudendo sapatao gostosa casadaContos de pai me banha e enxuga a xoxotadei a bundinha para o meu avocontos eroticos minha ex abriu a menteconto de arrebentando o meu cu com a pica grandecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos tenho 23 cmconto erotico dona de casa dominada dando o cu no metro contos eroticoscontos picantes se masturbando com pepinoconto erotico levei rola do meu amigocasado contos eróticosver rapasea novos grizalhos pelados de pau duroconto gay cinema pornô Recifevem ver meu corninho contoContos eroticos Minha filha choronacontos eróticos transando com noramae chupa a pica do filho domindo e engole um litro de galavideos de cabacinhos juvinis fudendopoeno cenas namoado apwrtando mordendo e chupando teta da namorada pra formar bicoTransei com meu cachorro. conto veridicocontos esposas na praiaComtos namorada fodida para pagar dividas do namoradocontos eróticos de mãe metendo a língua no ouvido do filho e da filha e gosandose escondel de baixo da pia e chupol a buceta da tiaeu e filha somos contos/conto_1606_a-patricinha-que-virou-uma-escrava-empregada-putin.htmlContos eróticos arregacei o cú da noiadaenchi o cuzinho da travesti contoshome subimisso bebi xixi da rainha conto gay meu primeiro cucontos esposa da o cu no acampamento ao lado d marido no escurocontos eroticos gozei no pau do meu irmaopivetecontoscontos eroticos veridicos de cunhadasmulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo Nao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contocontos picante de casada sem calcinhaconto erotico de muher que da po seu cachorocontos min bunda encxadadei a buceta para o amigo do meu filho contos eroticos gratisasfantazias das mulher de pornoContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cucontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangconto erótico de mulheres brincando com os pirralhoschantagiei minha irma casada contosimpinando a bunda contocontos eroticos de casais realizando fantasia com comedorNo Camarote Contos EróticosAdvogada casada e estuprada contosconto erotico dei pro amigo do meu marido e ele nao sabeConto comeu minha esposa e eu não percebiempregada fingida, conto eroticoconto comendo a velha prostitutaengravidei de outro conto eroticoconto eroticos troca troca com amiguinhocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadascontos gays minha mae me viu dando o cu e participou