Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VESTINDO LINGERIE DAS IRMÃS -PARTE 1

Oi gente, prazer... Podem me chamar de Veronica, tenho 20 anos, vou contar pra vocês como foi minha primeira vez, como mulher. Eu tenho uma mania, sabe... Me visto sempre de mulher, quando não tem ninguém em casa, me tranco em casa e me visto com calcinhas de minhas irmãs, sempre me vestia de calcinha e sutiã, com um vestido por cima, acabei me viciando em fazer isso, todos os dias dava um jeito de ir ate o guarda roupa de minha irmã Bruna, que tinha varias calcinhas tipo fio, bem sexy por sinal, nossa a calcinha dela entrava direitinho em mim. Comecei a dormi usando elas. Ficava observando Bruna toda vez que ela passava perto de mim, via a marca da calcinha dela no seu corpo e que bunda que ela tinha, isso me deixava mais excitado cada vez que vestia uma calcinha dela, me imaginava sendo Bruna, com aquele bumbum maravilhoso sendo metido.rnCerta vez, Bruna viajou juntamente com meus pais, fiquei sozinho em casa, sorte que Bruna deixou algumas peças dela em casa, fui lá no guarda roupa dela, peguei um dos vestidos e uma de suas calcinhas e sutiã e me vesti, como eu estava sozinho em casa acabei vestindo um de seus vestidos, passei o dia todo de usando tubinho. Não sei o que deu em mim que já estava morrendo de vontade de me sentir mulher de verdade e dar pra um macho. Já era a noite e resolvi dormi com um dos vestidos de minha irmã, um vestido preto todo rendado e também, vestido com uma de suas lingeries que era bem sexy por sinal , acabou que dormi e não percebi que já era de manhã. Quando de repente, sem que eu percebesse Fabio que era amigo da família entra na casa, nem me lembrava que Fábio ainda tinha a chave da casa, ele entra em todos os cômodos procurando por alguém, ate chegar em meu quarto que estava com a porta aberta e me vê vestido de Bruna deitado na cama, sem pestanejar ele começa a deitar por cima de mim, roçando seu pinto em mim, seu pau deslizava pra lá e pra cá, foi aí que acabei acordando, fiquei sem palavras na hora, a minha única reação foi deixa-lo continuar roçar seu pinto na minha bunda ate que de repente, Fabio, começou a descer a lingerie que eu usava com seu pinto, Foi quando ele me disse ? Hummm, que ser sua irmã, ne seu veadinho, então toma?.. Num vai e vem intenso, seu pinto ia me penetrando cada vez mais, meu cuzinho estava sendo comido pela primeira vez, comecei a sentir dor, até que finalmente sentir a cabeça de seu pau entrando bem devagar no meu cuzinho, Fabio a cada penetração me chamava de Bruna e perguntava se eu estava gostando, institivamente comecei a abrir mais as pernas pra facilitar a penetração, quando percebi que Fábio acabou gozando no meu cuzinho, ele começou a limpar a porra de seu pau na minha bunda, me deixando todo melado , ficamos um bom tempo na cama ainda, estava adorando aquele momento, mais tudo que é bom dura pouco, No outro dia, como ainda era sábado e Bruna mais mamãe sá iam chegar domingo a noite, corri pro guarda roupa e vesti uma camiseta de Bruna, por baixo da camiseta branca um sutiã com bojo todo florido e um shortinho jeans, ao me ver vestido de Bruna Fábio pediu que eu também passasse um dos batons de Bruna em minha boca, nossa minha boca ficou com uma sensação estranha, mais, ao mesmo tempo deliciosa. Fábio me abraçou forte e me levou ate o quarto de Bruna, lá ele me disse que ele iria me comer como faria com Bruna, aí me pediu pra ajoelhar no chão e abrir o zíper de sua calça, sem pensar duas vezes acabei o obedecendo, tirei aquele pinto enorme pra fora da calça, nossa...aquele pinto crescia entre meus dedos, foi ai que Fábio pediu pra mim chupar seu pau, não. . . Não, tenho coragem disse pra ele, então ta disse Fábio ai começou ele mesmo a xaqualhar seu pau, ai ao perceber que ia gozar pediu pra mim abrir a boca, foi quando um jato enorme e grosso de porra veio a cair dentro da minha boca, fiquei com nojo na hora, mais Fábio me dizia que se eu não engolisse a porra ia contar pra minha família, nisso já viu né, tive que engolir a porra quentinha de Fábio logo em seguida ele começou a tirar a roupas de Bruna que eu vestia me deixando somente de calcinha e sutiã, nesse momento começou a passar seu pau em meu corpo me deixando todo meladinho, depois pediu que eu deitasse na cama de Bruna, desceu minha calcinha, começou a enfiar seus dedos um por um em meu cuzinho, depois deitou-se sobre mim já com o pinto duro, institivamente abrir as minhas pernas e o deixei penetrar, num vai e vem intenso, a cada estocada meu cuzinho piscava pedindo rola ele me dava varias estocadas, eu gemia muito, nossa...acabamos dormindo peladinhos na cama de Bruna naquele dia, estava tudo indo muito bem, no outro dia ao acordar achando que estávamos sozinhos vou a cozinha de camiseta e calcinha e vejo Bruna minha irmã tomando café, ela acaba me vendo com suas roupas, aí nesse momento ela se levanta e diz no meu ouvido que tinha chegado mais cedo e que me viu mulher dando pra Fábio e que iria contar pra mamãe se não a deixasse ver, minha festinha particular com Fábio mais esse conto fica pra outro dia.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


casa dos contos eroticos novinhas delicias cedusindo o tiosou casada meu visinho novinho contoso penis pequeno me fodeu bem contossonhador contos eróticos i****** mãe e pai f****** a b***** da filharoludo come parrudo no citioconto incesto fodendo no onibus cheio minha tiaconto sogra nudistaminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoscontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindonegro dotado comendo a esposa do caminhoneiros contos eróticospegando a amiga camila com rabao empinadocontos eu minha esposa e a empregada na praia de nudismocontos minha tia viuva sua amiguinhaconto erotico mulher fodendo escondido no pomarprimas contos eróticocontos incesto o vizinho me deixAVA SEM CALCINHAcontos eroticos gisagozeino paudeli pornoConto eu metendo na vagabunda da minha tia e na vadia da sua amigaminha esposa safada de saia deixo o vizinho a funda a xoxota delaminha irmam vendo meu penis enduresendo pornocontos eróticos teen apostaTrai meu marido com meu vizinho pauzudo, contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casametendo na irmã dormindo boa f***conto erotico loira casada aprendendo a traircontos de cú de irmà da igrejacontos eroticos duplamente penetradochupando coroa empinadinha boa de f***contos fotos esperimentando rolasexo selvagem contoscontos tia me deveconto submissa ao paus negros e grandeContos eroticos minha buceta mela muito minha calcinha quando me esitocontos porno de madame recatada virando puta do seu empregado"HOMEM NENHUM RESISITIRIA AO FILHO DA VIZINHA" contos gaymadame currada no mato contoCom sunga sempre fico de barraca armadasogra fez anal por curiosidade contosconto erotico virei cadela barContos não consigo deixar de pensar naquele pau enormeViadinho Estuprado Na Frente Da Mãe no assalto Contos Eróticoscontos de bundas gigantes de vestidosconto aos oito aninhos a filha da minha namorada sentou sem calcinha no meu pauUi ui meu cu contoHistorias de sexo de padrinho com afilhada casa dos contostransa shopping Interlagos contocontos eróticos de bebados e drogados gaysContos mae anda nua na frente de amigos do marido e filhosvoyeur de esposa conto eroticodando banho cacula conto eroticos gaycontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casazoofilia em canilZoofilia contos menininha chega do colégio animaiscontos pisando na cara e comendo cuContos flagrada fudendo outroContos pornos-esporrei na comida da cegaadorava chupar quando menina contos eroticossentada nua no colo no conto eroticowww.contos eróticos fiz a gorda loira cagar e chorar na minha Rola.comconto gay ativo e passivoeu sou o viadinho do meu cunhado contos eroticosconto eroticocorno me ligou na horaSou casada mas bebi porro de outra cara contosa cabeleira contos eroticocontos de metendo em uma peluda ruivaroludo come parrudo no citioconto de iniciação transex quando tudo começa.a bumda que sempre sonhei comefiquei bebado e dei o cu contos eroticos tenniscontosContos eroticos policiais enfiaram cassetete nu cu da casadaconto erotico filha mamae me ensinou a ser putinha parte 2contos cavalonas crentesvideo porno de anos gozando dento e escorredoesposa bunduda rece be uma proposta para da cu ela nunca deu contos eroticos Contos eroticos travesti iniciantepeguei minha irma na secura contocontos eroticos con ninfetas e negaoContos eroticos carro quebrado cornocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto arregacando o cuzinho e enchendo de porra a cunhadaContos eroticos feia mais com rabzoele me encoxando e eu rebolandocontos bati gay manos buceta de cajaraconto erotico mae se bronzeando a bunda pediu p filho passar bronseador no raboconto erotico de crente com pastorcontos lesbicos de carceleiraconto eróticos entre amiguinhas do colégio estudando com contos eroticosIrma colo contocolocando devagar na bundinha vestidinhoo sobrinho contosporno club contos eroticos de meninos gayscontos porno melhor amigo