Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MULHER TRANSOU COM A VIZINHA NA MINHA FRENTE

Já fazia muito tempo que eu estava a fim de propor uma transa a três para a minha mulher, principalmente depois que alguns amigos meus experimentaram essa maravilha, mas eu tinha certeza que ela nunca ia aceitar, porque sempre fez sexo de luz apagada e sem gemer muito alto.

Mas um dia, depois de ver às escondidas a secretária dando pro chefe em cima da mesa dele, na hora do almoço, fiquei com tanto tesão que mal pude esperar para chegar em casa e fazer algo diferente com a minha mulher; principalmente de tentar uma transa à três...

Quando cheguei em casa ela estava na cozinha, terminando o jantar, e eu quase subindo pelas paredes de tanto tesão, entrei e fui direto pegá-la de jeito, beijando-a loucamente, até que a coloquei em cima da mesa da cozinha. Ela resistia, dizendo que aquela não era hora de brincadeiras, mas depois de sentir meu pau duro, quase estourando minha calça, não teve dúvida, se entregou.

Eu quase rasguei a blusa dela, na pressa de arrancar as roupas e de poder lamber cada centímetro daquele corpo maravilhoso, daquela gostosa recatada que sá eu tinha o prazer de comer. Eu me deliciei chupando seus seios durinhos, passando a língua ao redor daqueles biquinhos, que eu lambia como se fosse o sorvete mais gostoso do mundo.

A essa altura, minha loira já estava completamente molhadinha. E eu não vacilei, deitei-a na mesa, abri suas pernas e tive a visão mais maravilhosa do mundo: aquela vagina toda lubrificada, se abrindo pra mim, como se esperasse uma recompensa. Foi quando eu comecei um sexo oral delicioso nela. Eu passava a minha língua por toda aquela buceta linda, rosadinha e inchadinha de tanto tesão, lambia o clitáris dela, e depois mergulhava minha língua naquela buceta que já estava encharcada, chupando tudo, enquanto minha mulher se contorcia de tanto tesão, até gozar deliciosamente na minha boca.

Daí foi a vez dela retribuir com um boquete tão perfeito que até parecia uma puta chupando meu pau. Ela começava abocanhando de leve a cabecinha e depois enfia tudo na boca, e depois lambia, chupava, e eu a ponto de explodir em gozo naquela boca quente e macia. Foi quando eu me dei conta que a janela da cozinha estava aberta e que a vizinha do andar da frente tinha visto tudo, no melhor ângulo. E eu aproveitei. Enquanto minha mulher estava abaixada chupando meu pau, eu passava a mão em meu corpo e acariciava minha mulher, e mostrava minha cara de tesão pra minha vizinha. Dava para ver que ela estava excitadíssima, ela estava sem sutiã, e seus peitos enormes pareciam dois faráis nos meus olhos.

Pra minha surpresa, quando minha esposa se levantou e viu que a vizinha nos olhava, ela começou a me beijar e bater uma punheta, enquanto alternava com carícias por todo o meu corpo, e eu estava me segurando forte para não gozar. Nessa hora, eu não me contive e fiz um sinal para a vizinha vir participar da transa Não imaginei que ela fosse aceitar, mas cinco minutos depois estava ela, tocando a campainha, de saia e blusinha sem sutiã.

Eu a puxei para perto de mim e de minha esposa, e fui logo tirando sua roupa, e pude admirar aquela pele morena, aqueles peitos enormes e aquela bunda tão gostosa. A essa altura meu pau estava duríssimo e latejando. Nessa hora minha esposa se afastou e me fez entender que era para eu curtir a vizinha. Não precisei nem de dez minutos de preliminares para ela me pedir para fazer sexo anal. Bastou eu chupar seus seios, mordiscando aqueles biquinhos durinhos e passar a mão naquela buceta quente para sentir que ela estava encharcada de tesão, o que me deixou ainda mais excitado. A essa altura, minha esposa já estava se masturbando no sofá, e eu comecei a comer aquela bunda maravilhosa, cavalgando naquela delícia de vizinha. Ela tinha o cu tão apertadinho que eu ia à loucura a cada vez que enterrava meu pau nele.

Não demorou e eu gozei, gozei muito, e então fiquei praticamente imável no chão, de tão exausto, mas minha vizinha parecia querer mais. Foi quando vi que minha esposa se aproximou da vizinha e começou a acariciar seus seios, que eram muito bonitos além de deliciosos, o que a vizinha aceitou de prontidão. Não demorou muito para que a minha mulher começasse a chupar a vizinha, iniciando por seus peitos maravilhosos e terminando naquela buceta que de tão apertada até parecia a de uma ninfeta. Foi a melhor experiência da minha vida ver a minha linda esposa transando com uma mulher! E depois ainda tive o prazer de vê-la gemendo de prazer enquanto a vizinha alternava entre aquela língua macia e os dedos ágeis na buceta da minha mulher.

Nem preciso dizer que eu logo fiquei excitado de novo e fui comer minha esposa, porque eu estava louco para enfiar meu pau naquela buceta que já tinha sido chupada pela minha vizinha. Enfim, passamos a noite transando a três, na melhor experiência sexual da minha vida.



Marido realizado





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos eroticos chantageada pelo meu patraoContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteiconto real chantagiada pelo primoComi no bar contos erotico brasilcontos eroticos brincado de se esconder no recreiopelinhocontosViadinho Minha Mae da Pro irmão Contos Eroticosconto de irma que viciou em dar o cuzinhoContos eróticos minha mulher no acampamentocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto tia velha safadaContos eróticos: meu primeiro pau giganteAdoro usar shortinho feminino e calcinha fio dental afeminado contoseu e a amiga da esposa contocontos er¨®ticos lua de melcontos eroticos fazendo o bico dos seios dando de mamarcontos eróticos verídico com mulheres na punheta no maridocontos eroticos gosto de chupar buceta suada e ensebadawww.eu aronbei minha sobrinha de doze anos de idadecontos com minha irma e amigacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico alice de manauscontos eróticos bebadazoofilia cadelagozoumulher com uma bu dando nda inmencacontos eroticos sequestroconto como tornar cornoconto erótico comendo o passivo de calcinhaContos eroticos detalhes por detalhes e falas dos autores e personagens eu era uma menina de 18anos o cara do onibus me fudeu contos eroticos.urulogistamorei com minha maninha conto eroticocasa dos contos mae e filha xupação de bucetameu cachorro quer comeu meu cuzinho contos eroticos padres e zoofiliameu primeiro swingcontos eróticos de mulher casada f****** com outro homem na frente da filhacontos eróticos com mulher vizinha"estuprarem" contos eroticosgay novinho e o pepino/contos eroticoscontos eroticos exibicionismonoiva putinha corninho safado tio caralhudo contoscontos de cú de irmà da igrejaSou gay e tranzei com um travest contos eroticocontos de cú de irmà da igrejaConto erotico dei meu cu pra meu irmão caculapassivosrj sexofilhaminha prima contocontos corno passivocontos servente de pedreirocontos gays seu tiaoconto casa de praia estouro cabaçocasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodezoofilia bruda com mininascontos eroticos tabooporngozei na cara da minha mae eirmacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contoscontos eroticos peitos sadomasoquismocontos eróticos de viúvascontos de sexo com novinhas trepando com advogadosvideos de homens que dao palmadas fortes na buceta pelada da mulher sem doincesto filho comeu mao no dia fertil contos eroticoContos eróticos mae medrosacontos comi a vendedora de da avonconto gay submisso pro machoquadrinhos pornos de patrao dominadorconto esposa tiocontos eroticos casal voyeur sem quererconto erotico velho tarado e cachorrocontos eroticosmeu cunhado magrinho