Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA TODA GOZADA

bem ja escrivi um conto aki de como eu tanto fiz que virei corno vou contar oq me aconteceu de mais recente mais primeiro vou dizer como somos eu me chamo junior branco 184alt 95k um cara normal nao sou dotado e minha esposa neide e branquinha 165alt 50k cabelos ondulados abaixo dos ombros peitinhos medios durinhos bundinha arrebitada com uma marquinha de fio dental deliciosa bucetinha lisinha sem nenhum pelinho sequer ela e do tipo falsa magra e cada dia mais deliciaosa ela trabalha como professora enfim no dia a dia somos um casal normal temos uma vida sexual bem ativa fazemos de tudo na cama , desde que eu convenci ela de dar pro ex dela ela ja meteu com ele algumas vezes e logico sem ele saber que eu sabia ele e um cara moreno alto bem apessoado e muito bem dotado tanto no tamanho quanto na grossura oq a minha mulher adora. todas as vezes que eles sairam nao teve uma so vez que ela nao voltasse com a bucetinha e o cuzinho cheios de leite pra casa pra poder me amostrar o estrago que o ex tinha feito nela, e eu ficava muito feliz alem e claro de muito excitado nao perdia tempo caia em cima dela limpando ela toda pra depois meter nela toda arrombada mais de uns tempos pra ca eu queria algo novo e disse pra ela. uma vez deitados em nossa cama vendo um filminho porno quando apareceu na tela um casal com ele sendo negro e a mulher uma branquinha bem parecida com a minha mulher de corpo eu que ja estava excitado fiquei mais ainda e minha mulher notou quando eu falei bem que poderia ser vc ne amor no lugar dela e minha mulher disse la vem vc de novo com as suas fantasias ne e riu, logo depois falou ate que nao seria ruim ter algo novo falado isso transanmos ja imagnando um negro metendo nela sem do como ela gosta. ja havia uns 2 meses que ela nao metia com o ex, e ela disse que tinha um professor no colegio onde ela dava aulas que era um pouco parecido com o cara do filme porem mais alto e disse tbm que ele vivia oferecendo carona mais ela nunca havia aceitado. pasou um tempo ate que um dia ela chegou em casa e disse que uma amiga de trabalho iria fazer aniversario e que tinha convidado todos que trabalhavam com ela eu disse legal perguntei quando era e ela disse no sabado de tarde que bom eu vou poder ir tbm perguntei, ela disse que sim blz. chegado no sabado de manha ela começou a se produzir cabelo depilaçao unhas enfim tudo, na hora da festa fomos se arrumar e ela colocou um vestido limdo uma calcinha fio dental uma sandalia de salto alto que tesao ela estava. chegamos na festa ja estavam todos que trabalham com ela la cumpimentos abraços e ela me apresentou ao andre o tal colega de trabalho que vivia oferecendo carona pra ela realmente ele era alto devia ter quase 2 metros de altura começamos a beber e percebia que o andre nao tirava os olhos comecei a lembrar do filme e fiquei excitado e disse pra ela que tbm ja estava um pouco alegre e disse ve bem oq vc esta querendo em depois eu chego em casa toda melada ai vc vai ver e riu era tudo oq eu queria ouvir entao disse eu quero ver se vc teria coragem ela esta bem vai embora e espera em casa eu disse tudo bem inventei uma ligaçao de trabalho e me despedi de todos na festa nao estava me aguentando de tesao depois de umas duas horas vejo na janela do nosso quarto ela abrindo o portao corri pra sala ela entra e ja vem me beijando com aquele gosto de pau na boca pega a minha mao e leva ate a buceta dela pela calcinha ja sinto o quanto esta molhada levo ela pro sofa e ela abre bem as pernas e diz vem meu corninho vem ver o estrago que ele vez na sua putinha aki na rua de traz da nossa quando tiro a calcinha nossa quanta porra grossa e bem branca tinha la dentro parecia que o cara tinha deramado um caminhao de porra dentro dela ela disse vem corninho limpa bem limpinho a sua putinha vem, cai de boca na bucetinha da minha mulher toda aberta e com muita porra ela foi contando enquanto eu chupava a buceta dela como o pau do andre era bem maior que do ex dela que delicia escutar ela dizendo que ele metia que nem um cavalo nela perguntando pra onde o corno do marido dela tinha ido e ela respondia ele foi trabalhar que tesao depois que eu deixei ela bem limpinha meti meu pau de uma so vez dentro dela que nao sentiu nada pois estava muito aberta e logo gozei dentro dela de novo e ficamos ali caidos um do lado do outro na sala se algum muito bem dotado do rj estiver afim de ver como ela e entre em contato tenho muitas fotos dela nua pra exibir enquanto o cara bate uma na minha frente vendo e se rolar afinidades quem sabe podemos marcar algo novo pra ela somente do rj e muito bem dotados email [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos eroticos, minha mae deu a buceta no vizinho negro Foderam gente contos tennsminha namorada nuasó umbiguinhos lindos e peitos durinhoscontos eroticos de quando chantagiei o velho pauzudo pra ele trasar comigoConto erotico gay sr.juvenalComo tirei o cabeça do cu do meu amigo contoscontos eroticos de greluda oferecendo a buceta vigiaminha tia casada matutinha contosContoseroticosnoivascontos exoticos no.cinemacontos eróticos de pai e filhaEsposa na dp em casa contosContos eróticos os labios da buceta da minha são grande contos eroticos, dei para meus alunoscontos eróticos minha calcinha rasgadamamae levou meus amigos pra acampar contos eroticoscontos pediu uma massagem e acabei comendocontos pornos passando gel aquece na bucetaConto erotico dotado amiguinho do filhohumilhado travesti contosdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoquero ler conto erótico sogro f****** com a norawww.conto erotico com sobrinha curiosaConto erotico de sobrinho com tia alicecontos amigos esfregando o pau no outroconto de encesto meu pai ficou empotentecontos eroticos estrupeivi a xoxota da minha prima raspadinha bebada conto eroticoloira gostosa goza sozinha comtá um poko da sua safadadevi a novinha passando dedo na bucetinha conto eroticocontos infancia gay dei ainda pepueno papaicontos eróticos eu quero te fuder mas aqui vão verPezinhos suados conto eroticocontos de siririca de mulher acima dos 60 anoscontos enrabado na saunaxxx.emcoxei ela gostoumeu padrasto fica excitado comigominha amiga pervertidavideo fui enrabado no acampamentoconto meu marido ficou bebado depois do jogo e me cumeram a forcacomi a filhinha conto eróticocomtos de sexoConto negao comendo cu de gay bundudo aforsaFoderam gente contos tennsTennis zelenograd contodormindo escondido na casa da namorada conto eróticoa/conto_5933_--uma-historia-real--.htmlFlaguei a baba do meu filho metendo com travesti roludo contosconto erostico cASALCOM UM MOLEGUE EM CASAcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casalevantando minha saia contocontos eroticos gay.putinha do jardineirosogra gordinha contos eroticosporno gey contos eroticos ferias c priminho novinhocontos nora tomando sol na piscina peladacontos erotico travedti minhaae me fez mulherzinha desde pequenoConto eritico meu pau n cabia na minha irma entrou e deixo td arrombadacontos cuzinho karinaprima que sedez o primo e ele come elacontos de cú de irmà da igrejasequestradaxvidioconto primeira peitinholambendo meu cu contos exibicionismovou começar com Vanessa bucetaContossafadezaslanbinda na xana hetai gritaconto erotico baba bate sirica espiano patroes fudendopesquisar saístes da putaria lésbicas como fazer sexo com uma menina virgem e quebrar seu cabassobucetinha virgem da loirinha tava piscando de vontade da conto eroticobranca gordinha casada estrupada por maniaco no cuminha primeira punhetacontos eroticos padreconto erotico fudendo a velhasou crente rabuda contoseu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoconto eróticos esposa faz marido adivinhar gual bucetaTrai meu marido com o pedreiro fiquei toda arrombadaMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,