Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LANNY MEU PADRASTRO E MEU CÃO

Todos perguntava porque eu e Jany estavamos sempre juntas eramos inseparaveis no colegio as pessoas achava que eram irmãs, em casa nossas maes nao sabiam mais o que fazer pra tentar nos separar Sou filha unica papai e mamae se separou quando eu tinha 3anos e sempre vem nos visitar quando ele nao vinha a gente ia pro sitio que ele deu pra mamae quando eles separaram um dia Janynha mim disse assim vou te contar algo que tio Jorge fez comigo e sei que voce vai adorar so posso contar quando eu for com voces pro sitio pois la as coisas e melhor e la e muito grande e vou poder ficar so eu e voce longe de todos fiquei tao curiosa pois ela ja tinha mim contado umas coisinhas e eu fiquei com muito calor na hora que ela mim contou ele as veses falava com ela assim da um mamazinho pro titio eu to com fome ela com 19 anos ele brincava assim ai ela tirava o seu peitinho durinho pra fora e ele mamava bem forte ele viajou e voltou depois de 2 anos agora ela ja tava com quase 19 anos ele com 40 como seria aquela nova esperiencia ele agora bebia muito mais e a obrigava fazer outras cvoisas so isso que ela mim adiantou insisti com ela pra contar mais ela disse que so no sitio ela diria so 15dias depois nos fomos pro sitio eu curiosissima pra saber o que era eu tinha 19 anos mas ja despertava em mim uma curiosidade sexual intensa Eu nao era greluda desde pequena ate os 12anos ele era normal como qualquer criança na mesma idade Quando chegamos eu disse pra mamae que ia com Janynha dar umas voltas ela nao se opos a gente nao parava em casa A mae da Janynha nao importava que ela ficasse la com nos mais dessa vez ela tambem foi ficou arrumando as coisas com mamae e meu padrastro e eu e Jany fomos ver os animais ela mim perguntou no caminho, fazendo aquela cara de pilantra "ta curiosa mais nao" eu disse logo to sim conta tudo por favor, sim eu conto mais tem que ser em um lugar legal vamos pro deposito de feno ela trancou a porta e disse venha aqui monte de feno vou te contar tudo e te mostrar como foi ele disse que eu agora sou escrava dele e tudo que ele pedir eu tenho que fazer e se eu nao faço ele mim bate no inicio nao gostei ele quer mandar em mim mas ai ele foi e perguntou vai ser minha escrava?eu respondi vou ele disse escrava mostra pro amo seu peitnho e oferece ele pra mamar ele ta com fome ela tirou o peitinho e ele mamou primeiro devagarinho depois com muita força ela disse que ate chorou de dor ela tirou meu peito pra fora ele tava duro de tesao ela falou vou te mostrar como foi sugou ele com tanta força que mim deu um calor louco e a gente tava no inverno ela disse assim ele chupou minha lingua igual xupou meu peito assim á e meteu a boca na minha boca e mim beijou derepente eu falei pra ela aqui ta muito quente entao ela disse tira a roupa e juntas nos despimos ela mim perguntou assim voce quer ser minha escrava nao e justo sou a escrava dele e eu mesmo nao tenho ninguem pra mim obedecer eu cheia de entusiasmo disse quero sim Janynha ela mim beijou na boca e disse entao aparti de agora so faça o que eu mandar e nao fizer vai apanhar e mim contou como apanhava de seu Jorge quando nao obedecia ele ia contando e mim dando tapas mostrando como ele batia nela fiquei exitada ela percebeu e mim disse oh escrava arreganha a perna e mim mostra sua buceta eu quero mamar nele tambem ate ela sair um leitinho gostoso na minha boca eu disse a ela isso eu nao vou fazer ela mim deu um tapao na cara e disse escrava obedeci anda rapido arreganha essa perna eu disse nao denovo levei outro tapa na cara ela agarrou meu cabelo e puxando forte disse vai obedecer ou nao com medo eu disse vou e abri a perna ela brincou um pouco com meu grelinho e mim disse ele ainda tem que crecer muito e para isso acontecer eu tenho que xupar ele muito forte igual tio jorge faz com o meu quase gosando ela olha e ver meu padrastro nos olhando pela janela aberta ele e meu cão pastor Derik nao tive como sair mais Jany esperta caiu fora mim deixando ali entregue ao lobo ele barrou a porta e mim disse tua mae vai saber de tudo que vi aqui princesa eu implorei pra que ele nao contasse ele mim apertou meu peito xupou forte e disse depende so de voce se eu e o Derik pudesse ter uma festinha dessa agora e sempre eu nao conto nao ia arriscar eu disse que aceitava eu mim empurrou pro feno meteu a mao com força na minha buceta e deu pro derik lamber.... isso e outra pra depois se gostarem eu publico outras do eu meu padrastro e meu cão Derik

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos eróticos de professor Gayele implorou e eu engoli sua porrafrases minha amante usa fio dentalcontos punheta com a maecontos eróticos gordinhas na ginecologistacontos eróticos lanchaContos erótico cunhada morando na mesma casaconto erotico chantagieiFalei pro meu amigo enrrabar minha esposa enquanto ela dormiaconto erotico gay viado tem que tomar no cu sem reclamarcontos eróticos salvando as aparênciascontos de mulher transando com negão p******Contos de mulheres que pegam marido com travesticontos comi minha mae e o travesticontos erótico peguei no colo não resistir anal incestoMinha mulher saiu com amigas e voltou bebada para casa contosacordando com um boqueteconto erótico técnico de tvcontos incesto garotas sozinhas paicontos eroticos gay.treinadoresfregando na mãe de shortinhoporno gay interracial com macaquinho gulosoconto fui na casa do patrinho e ele comeu meu cuMelhor amiga da minha mulher na minha rolaminha vozinha tava chifrando meu avo com o mendigo contoporno.mae excitada loucamente transou o filho 1minutoconto erotico de mulher casada socando o pepino na buceta e cenoura no cueu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delaComi a cadeirante casada contoscontos eroticos gisaconto rebolo pau meu cunhadoconto minha mulher e um cao d rua fodendocontos eroticos excitantes- a filhinha choronacontos eroticos minha mulher me mandou pra farracontos virei a cachorrinha do meu amigomulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo Viagem de carro lotado madrasta fode no colo do enteado no contos eroticoscontos eróticos de lésbicas meu marido mandou sua irmã me ensinar a dirigircontos personal acoxando a cavala na academiarelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasContos gay me amaciou a fodercontos eróticos casada não resistiu e traiugozeino paudeli pornolena beijando sua amga gostosoconto erotico gay com chefe velho coroa grisalhominha esposa escolheu vibradorcontos eroticos incesto o retorno de maria alice na casa do padrinhofui arrombadacontos a primeira ves que comi uma fravidacontoseroticosdegaysesposa e amante volarao a filha drama pornoMinha mae me vendeu para o ex namorado dela e ele fez sx comigo ele me aregasou sxcontos bebendo porracomprei a Cristina da mãe bêbada contos eróticospeitos da prima pulando fora da blusa no sexoCaminhoneiro machão pauzudo e fudedor conto eróticoconto eróticos O EMPREGO QUE MUDOU MINHA VIDA parte 5conto eroticosexo com pastorbuceta Detinhadei pros amiguinhos do meu filho contos eróticoscontos eróticos as fantasias de minha filha filha com um desconhecido na praiacontos eroticos papai me criou para ser mulhercontos de sexo sogroSiririca contoscontos eroticos sou hetero estuprei meu irmao heterominha esposa rose come meu cão contos eroticos tennisseminaristas lindos gaysArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contoscontos eroticos menino inocente é enganadoler relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludasContos rebolo na cacetecontos eroticos brincadeira na adolecenciacontos eroricos incesto mae safada loka por rola nocu ena bucetacasal submissoConto erotico pequenaCasadoscontos-flagrei.Corno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contoscontos eroticos : Viagem para o nordeste e fomos sequestrados sexualmente , minha esposa foi fudida o tempo todo.