Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADO COM DOIS NEGõES

Sou um cara normal de 35 anos, casado a cinco anos sem filhos. Faço sexo e gosto de transar com minha esposa, mas tenho umas fantasias sexuais com homens. Nunca tive a coragem de fazer, pois não me sento muito a vontade de “paquerar” um homem, e além do mais, a minha fantasia era transar com dois negões bem dotados e fazendo as loucuras de forma “forçada”.



Não consegui pensar em nenhum jeito de realizar esta fantasia se não fosse com garotos de programa, porque posso explicar como seria, já que não queria muita violência e não tinha que ficar dando em cima de alguém. Entrei no site e vi que tinha para minha felicidade, uma dupla de negões, que realizam todas as fantasias. Fiquei excitado sá com as fotos, imaginando pegando e chupando aqueles negões e eles fazendo o que quisessem de mim.



Liguei para o número com o pau duro e falei com um deles, “Marcão” era o seu nome, falei qual era minha fantasia por alto, marquei o horário e o local, que seria em um motel simples. Mas fiquei preocupado em estar com dois homens fortes em um quarto, ainda mais com as histárias que já ouvi de assaltos, mas o site era conhecido e eles já tinham um bom tempo no site.



Cheguei lá no horário marcado, nervoso, tomei umas doses de whisk para acalmar. De repente o telefone toca, era a recepcionista avisando que tinham chegado, mandei que entrassem.



Fiquei excitado quando eles chegaram, eram altos de porte atlético, estilo “grandão”, suas mãos davam quase o dobro da minha. “Marcão” era o mais alto e o outro tinha uns 5 cm a menos, e seu nome era “Jorge”. Ofereci uma bebida, pra quebrar o gelo e meu nervosismo, mas não quiseram. Fiz o pagamento combinado e expliquei novamente qual era a minha fantasia, que seria ser comido meio que “forçado” por dois negões e que eles poderiam fazer o que quisessem comigo, sem machucar, mas queria algo animal.



Eles disseram que sabiam exatamente como seria e foram tomar banho, os dois juntos, tiraram a roupa e desta forma pude ver o quanto eram gostosos e bem dotados, mesmo moles, seus paus balançavam, seus sacos eram imensos e fiquei com medo da dor que seria em receber tanta pica na bunda.



Quando voltaram, cada um pelado colocou uma dose de whisk e tomou sem gelo, de vez. Eu estava deitado nú na cama, assistindo um filme pornô, quando de repente “Marcão” me pegou pela cabeça, me levantou e disse: “vai fazer o que eu e ele mandar! Ta vendo este pau aqui? Coloca todo na boca!” Fiquei assustado, mas excitado também, seu pau estava mole e mesmo apás o banho, tinha um cheiro forte de pica, acho que ele não passou sabão. Coloquei todo na boca sem jeito e ele segurava a minha cabeça contra seu pau enquanto sentia ele ia crescendo e ficando cada vez mais difícil de colocar todo na boca. O volume foi aumentando e ficando cada vez mais duro, quando percebi estava com um terço do pau na boca. Ele tirou a minha boca do seu pau, segurando minha cabeça e pude ver como era grande e bonito! O outro punhetava seu pau, ainda mole e pegou a minha cabeça e fez o mesmo! Mal começou e já tinha chupado dois negões! Estava adorando! Ele forçava minha cabeça com suas duas mãos grandes e quando ficou duro, faz um movimento de vai e vem. “Não morda, porque senão vai levar porrada!” Ele pegou minha cara, deu uns tapinhas e me chamou de viadinho safado. Comecei a mamar naquele pau, enquanto punhetava o outro de tão grande minha mão não fechava. Cada pau tinha uns 19cm ou 20cm e grossos. Fiquei assim um bom tempo, revezando o boquete. “Marcão” pegou seu pau e começou a bater em minha cara dizendo que queria comer meu cuzinho virgem! Gelei na hora porque nas fotos seus paus eram grandes, mais ao vivo era outra histária, então eu disse que iria doer, que não sabia se queira. Ele falou: “ta louco? Acha que vou deixar um cabaço escapar? Além do mais sou eu quem manda aqui. E seu cu vai ser arrombado hoje!”



Jorge me empurrou de volta pra cama e me colocou na posição de frango assado, e começou a lamber meu saco e meu cuzinho que piscava, ele colocou seu dedo grosso no meu cu, que doeu um pouco, mas com tanta saliva entrou direitinho. Era uma sensação maravilhosa isso, tanto que me esqueci de Marcão, que de repente apareceu com uma fita adesiva. “você não queria ser forçado? Vou prender sua perna e seu braço! Vai fazer tudo quietinho, sem reclamar!” Fiquei assustado e excitado, não sabia o eles iriam fazer comigo, mas eatava gostando cada vez mais. Na posição que estava de frango assado, ele prendeu minhas mãos no meu calcanhar, e acabei imobilizado, com o cu todo exposto. Tava adorando aquilo, meu pau tava duro e escorria aquele mel. Jorge depois continuou chupando meu cuzinho que estava todo melado de saliva, Marcão ficou ajoelhado ao lado de minha cabeça e colocou sua pica e minha boca, e ficou fazendo um movimento de vai e vem, como se estivesse fudendo minha boca, podia sentir aquele gostinho que sai do pau, nisso Jorge falou que eu estava pronto, e Marcão disse. “vá se preparando que vai receber pica neste cuzinho” Eles trocaram de lugar, nisso Jorge colocou suas mãos em meus ombros, ajoelhado com o saco na minha cara e Marcão enfiou um dedo no meu cu.”To colocando pra testar se é apertadinho mesmo, ainda tem as pregas, mas vai perder hoje” Eu pude ver com dificuldade ele colocando a camisinha, que nem sabia se caberia naquele pau de tão grosso que era. Ele deu uma cuspida no meu cu, e encostou a cabeça de seu pau no meu cuzinho, que piscou na hora. Eu disse: “ coloca devagar, por que seu pau é muito grande” Ele me olhou, deu um sorriso e começou a passar o seu pau no meu cu, dava umas porradinhas no meu saco, e voltava pro meu cu. “relaxa que vai doer menos...” Até que senti ele forçando mais a entrada, que na hora travei, mas relaxei para que facilitasse mais a entrada. De repente senti algo me abrindo, era uma dor gostosa, tanto que dei um urro de dor, percebi que tinha entrado a cabeça do pau. Ele parou e ficou um tempo parado, olhou para mim e disse.” Vou ser carinhoso sá agora, depois você vai receber muita pica quando eu colocar tudo. Estava nervoso e excitado, meu pau pulsava , estava realizando minha fantasia com dois negões, tirando meu cabaço e ainda com um pau em cima de minha cara. “Jorge, coloca o seu pau na boca dele, porque agora vou enfiar tudo!” Jorge fez o que ele mandou, deu um tapinha ma minha cara, colocou lubrificante no resto do pau e foi enfiando cada vez mais devagarzinho, fazendo pequenos movimentos de vai e vem, eu gemia de dor e prazer com um pau na boca, e sentia cada vez mais ele entrando e me arrombando. “ta quase lá seu viadinho gostoso”.



De repente senti o saco de Marcão encostando em mim, pensei que finalmente tinha entrado tudo e não acreditava. Mas logo depois senti ele tirando quase todo o pau e colocando tudo de novo devagar. Nisso eu chupava Jorge e punhetava ao mesmo tempo enquanto gemia. O pau de Marcão ia entrando e saindo, até que ele foi aumentando o ritmo e acelerando, e eu não parava de gemer de dor e prazer, quando percebi que Marcão mexia daquele jeito que sá um negão mexe. “ta gostando de receber minha pica ne? Vou meter ate arrombar você!” Ele foi acelerando e eu acelerava cada vez mais o meu boquete no pau de Jorge e já começava a pulsar e a ficar cada vez mais duro, aquela situação de total submissão estava me deixando louco e como eu previa, senti uns jatos fortes na minha boca, era Jorge gozando. “engole toda minha porra! não quero nada escorrendo, senão te encho de porrada” sabia que ele não iria fazer isso, mas fazia parte do meu jogo. Suguei toda a porra de Jorge, enquanto Marcão metia sem parar cada vez mais. Eu naquela situação sendo arrombado e com a boca com gosto de porra, não sei o que aconteceu, mas eu gozei sem tocar em meu pau, o jato foi tão forte que caiu um pouco em meu rosto. Marcão demorava de gozar, mas senti que ele estava perto e disse: “vou gozar, mas eu quero fazer isso com você em outra posição”. Me pegou com toda sua força, me virou, deixando minha bunda na beira da cama e de cara pra cama, ele ficou meio agachado atrás de mim, deu tapa na minha bunda e meteu de vez, foi ai que percebi o estrago do meu cu, como aquele pau entrou tão fácil? Ele metia com força enquanto Jorge colocava seu pau ainda meio mole em minha boca. Eu, casado bem sucedido, naquela situação com dois machos me dominando e me fudendo gostoso. Seu movimento foi aumentando, o pau de Jorge já dava sinal de vida e Marcão anunciou que iria gozar. Num movimento brusco ele tirou a sua camisinha, se posicionou na minha frente e gozou na minha cara! Me melou todo com sua porra grossa e branca! Escorria pelo meu olho e caiu em minha boca... Meu cu piscava e ardia um pouco. Marcão me olhou e disse: “gostou de receber minha pica?” Segurou minha cabeça e levou minha boca até seu pau. “limpa tudinho vai!” Eu lambia sem parar cada gota que ainda escorria.



Mas o que me surpreendeu foi o que ele disse: ” Jorge ainda não te comeu, você vai saber de novo o que é receber uma pica preta no seu cu rosado” Jorge se posicionou atrás de mim, deu um tapa na minha bunda e disse: “vou te foder gostoso, você vai saber o que é ser fudido!” Sem lubrificante, mesmo com camisinha, ele deu uma cuspida no meu cu e enfiou, pude sentir de novo aquela sensação de ser arrombado, com a cara ainda melada de porra. Ele metia com vontade, dava uns tapas na minha bunda, apertava e dava tapinhas na minha cara, me chamando de viadinho gostoso e que iria me arrombar. Meu pau ficou duro novamente, Marcão sá assistia a cena com um sorriso de canto de boca. Estava imobilizando ainda com as fitas presas no meu pulso junto ao meu calcanhar, com aquele pau me fudendo sem dá. Até que Jorge falou: “tira estas fitas que quero comer de outro jeito”.Marcão pegou uma tesoura e tirou as fitas adesivas, eles tinham pensando em tudo! Fiquei livre novamente, mas Marcão colocou um travesseiro na minha frente, Jorge me pegou para me posicionar em baixo do travesseiro, de bruços, fiquei com minha bunda arrebitada. Ele ficou em cima de mim, colocou seu pau na entrada do meu cu e deixou seu peso cair sobre mim, com aquela tora entrando tudinho... foi uma sensação nova aquele macho em cima de mim, sentia seu corpo suado e me penetrando. Eu e ele rebolava, ate que ele começou a meter forte e me segurava pela nuca, mostrando quem era que mandava, ficou assim por um bom tempo, falando no meu ouvido: “geme gostoso, seu cu ta arrombado, não era isso que você queria? Respondi que sim, balançando a cabeça e gemendo. De repente ele se virou, puxando meu corpo junto e começou a me comer de ladinho, sentia ainda aquele corpo forte me abraçando e me apertando, e para minha surpresa ele começou a bater uma punheta pra mim, nisso eu colocava minha mão na sua bunda pedindo que metesse mais forte. Já estava anestesiado e totalmente entregue aquele macho, Marcão apenas olhava com uma cara de satisfeito. Não sabia que fuder com dois negões machos poderia ser uma experiência tão excitante. Jorge metia e me punhetava até que gozei jatos de porra que melou toda a cama. Quando ele percebeu que tinha gozado, ele voltou a antiga posição, me deixando de bruços e começou a meter de novo com seu corpo colado ao meu, meio que rebolando, ate que foi aumentando o ritmo cada vez mais e de repente tirou seu pau do meu cu, tirou a camisinha e gozou na minha bunda e costas... senti aquele jato quente de novo e um cheiro de esperma no ar. Eu fiquei parado sentido aquilo escorrer, sentindo meu cu piscando e meus olhos fechando, Jorge se jogou do meu lado e focou respirando ofegante, com a mão no pau. Marcão falou: “gostou do nosso serviço? Ficou arrombado?” Quando quiser novamente tem desconto, Jorge olhou pra minha cara e me deu um beijo gostoso. Senti que foi uma despedida, acho que ele gostou de me comer. Levantou, vestiu sua roupa mesmo suado e foi embora junto com seu amigo. Fiquei lá pensando na loucura que foi e como tinha valido a pena.

Qualquer comentário, aqui meu e-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos comendo a mulher do irmão na festa do final de anoultimo contos eróticos transando com tio aler contos eroticos de casais fudendo dentro de cinemas com outros homenscontos gays picantes o filho da vizinhaConto erotico vem ca vem alarga meu cucontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadasConto erotico traindodei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoquero uma buceta envolvendo meu paucontos virei femea na republica gayDei gostoso pro meu avô em quadrinhosmete mete mete gostoso. contosconto atochada corno xxxcontos eroticos chantagem de carnaval conto erotico arrombada na florestacondos erodicos vizinho lindoContos eroticos casada nao resistiu ao pau pretoContos minha mulher chupou eu e meu cachorrochantagiei minha irma casada contoshistoria erotica aaaaiiiiiii enfia a rola no meu cucontos zoo com cadelasContos eróticos de incesto mamae quantas picas gtandes voce quer na bucetona hojemacho casado ativo contoa magrelinha de rua contos eroticoscontos de mulher casada foi no baile funk com minha filhaContos eroticos poraoReparei maquina de lavar para minha tia conto erodicoconto eroyico hortafui encoxada e enrrabada contoscontos eroticos meu irmaocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos porno eu e minha mulher curradoscontos eroticos.deixei meu amante se exibir pra minha filhacontos de zoofilia mulher casada foi fode no tereno baldil con cachorrocontos eróticos bucetas pequeninascontos de sexo com animais rasgando com forçacontos eroticos orgasmo no colo titiocontos e vidios de patroas tranxessual fudendo empregadascontos eroticos eu e mamãe fodidas na fazenda contos porno de madame recatada virando puta do seu empregadoMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos eroticos mae acidentadacontos eroticos as tres safadinhadchupando o patrão contos eróticosContos briga de xanasPuta desde novinha contosfreira sedutora conto eroticocasa dos contos minha mae bebada no sofa so de calcinhaconto erotico sobrinha bebadadirigindo sem calcinha contoscontos eroticos de muheres casdas q alivirao seus fusionariocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto porno filha boquete paimeu marido virou corno do pae delesexo.pirralho.fode.a.sogra.do.irmaoxzoofilia animal casaro casadaContos rasga o cu filhinhacontos agora ela so quer se for com duas picaseu um cao e minhas amigas gemeas contos eroticos tenniswww.conto erotico de novinha que na infansa foi comida pele um negao conhesido mamae levou meus amigos pra acampar contos eroticosvarios me comero s calsinha contos gaywww.fotos.morena.inpinadia.querendo.fudercontos erotico de puta dando a bundo pro velho taradocontos eroticos gays excitantescontos de big rolacontos picante de casada sem calcinhacontos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeu/conto_9260_fui-o-presente-do-aniversariante-e-seus-amigos.htmlFui Comida pelos colegas do colegios contosminhas duas mulheres esposa e cunhada na fazenda contos eroticoscontos maravilhosos de encoxadascontos casadas s****** sadomasoquismoContos eu e as colegiascontos eroticos formatura da secretaria