Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MORENA DO INTERIOR

Olá pessoal, sempre fui leitor fiel de contos eráticos, Então resolvi contar algumas das minhas aventuras eráticas.



Pra quem não me conhece vou me descrever:



Moro no interior de São Paulo tenho 31 anos sou moreno claro, 1,78m, 80kg, cabelos pretos, olhos castanho esverdeados, dote de 20x5cm.



Hoje vou contar como foi meu encontro mais safado com a Morena de Piracicaba, para garantir a privacidade vou chamá-la de Jô.



Eu já havia saído com ela outras vezes, mas dessa vez tudo foi diferente, dessa vez eu resolvi realizar a fantasia dela de ser pega a força, e confesso que foi uma experiência maravilhosa.



Antes de mais nada eu preciso dizer o quanto ela é linda, tem um rostinho de menina comportada mas na verdade é uma mulher maravilhosa, quente e safadinha na cama... um corpo lindo, uma bunda que me deixa louco.



A Jô mora sozinha, então um dia sem ela saber, resolvi aparecer de surpresa. Cheguei em seu apartamento por volta das 15h. Toquei o interfone e subi, ela me recebeu linda como sempre, estava com uma blusinha e de mini saia, ao entrar no apartamento, já parti para cima dela, peguei eu sua cintura e puxei ela pra mim, e nos beijamos, foi um beijo carinhoso, molhado e longo, ela nem imaginava o que viria apás.



Derrepente eu paro o beijo e pego ela a forca, enfio minha mão por dentro da saia dela e retiro sua calcinha, forço ela a se debruçar no sofá, e rasgo sua blusinha deixando ela somente com a mini saia, levando a mini saia e forço ela a ficar de quatro no sofá, abro a calça e coloco o pau pra fora que nessa hora já estava estourando de tão duro, e a penetro sem do. Enfio tudo naquela bucetinha que pra minha surpresa já estava molhadinha.



Ela não falava nada, somente obedecia e gemia sem parar, eu sabia que ela estava adorando, sua buceta estava ensopada, eu socava o mais rápido e forte que eu podia, puxava ela pelo cabelo e dava tapas em sua bunda, foi então que puxei ela pra perto de mim, enfiei o meu pau o mais fundo que consegui e disse em seu ouvido... era isso que vc queria né Jô, ser comida assim sem dá, como uma putinha safada... e nessa hora ela so concordou com a cabeça e gozou, seu corpo estremeceu todo e ela gemeu deliciosamente. Apás ver a cena fiquei louco e resolvi gozar, sai de dentro dela e fiquei em pé a sua frente, ela agora sentada no sofá me chupava inteirinho até que gozei dentro de sua boca, era lindo ver aquela morena sugando e engolindo cada gota da minha porra.



Foi incrível, gozei como nunca, depois disso fomos para o quarto dela, ela achou que já tinha acabado mas estava enganada, fiz ela deitar na cama, agora peladinha e de bundinha pra cima, peguei o lençol e amarrei seus braços na cabeceira da cama e comecei a brincadeira, primeiro beijei e chupei seu corpo todo, ela se contorcia mas não podia fazer nada pois estava amarrada, depois de uns 30 minutos assim deixando ela louquinha de tesão, fui até seu ouvidinho e disse, Jô fica de quatro.



Imagine a cena, uma morena de quatro na cama, com o rosto colado ao colção e com as duas mãos amarradas na cabeceira, e aquela bundinha arrebitada, toda indefesa.



Esperei ela obedecer minha order e assim que ela já estava de quatro eu falei novamente em seu ouvidinho, Jô agora eu vou la comer seu cuzinho, não era isso que vc queria ser comida sem dá, então agora vc vai ser.



Ela sem falar nada ficou so esperando o que seria inevitável, fui para traz daquela maravilha acariciei aquela bunda, beijei, e dei uma lambida em seu cuzinho e logo em seguida a penetrei, entrei devagar e fui aos poucos enfiando tudo, logo estava com o pau todo naquele rabinho, que visão linda ver aquela morena de quatro, foi uma transa maravilhosa, soquei em seu rabinho e ela gemia como nunca, ficamos assim por uns 19 minutos e então ela me disse que não aguentava mais e que eu devia gozar, nessa hora eu tive que mostrar pra ela quem mandava ali e dei um belo tapa em sua bunda e disse que ela não tinha escolha, eu iria comer aquele rabinho pelo tempo que eu quisesse, fiquei mais uns 19 minutos ali penetrando aquela bunda deliciosa até que não aguentei mais e gozei, meu corpo estremeceu e nos desabamos na cama ela deitou e eu deitei em cima, meu pau foi saindo daquele cuzinho ao poucos, nessa hora eu beijava sua nuca e pescoço e dizia o quanto ela era gostosa e maravilhosa, que o prazer que ela me deu foi incrível, ela também confessou que gozou como nunca e que estava realizada.



Soltei suas mãos e nos abraçamos e ficamos deitados por um tempo nos acariciando e beijando.



Para quem quiser entrar em contato comigo, meu email e MSN é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



conto erotico no carro com minha maecontos eroticos infanciadando banho cacula conto eroticos gaycontos xxx briga entre primos gayconto erotico com mecanico velho coroa grisalhocontos eroticoso passeio de barco eu meu marido e nosso peaomenininha conto eroticozoofilia bestialConto erotico na cama com a tia coroa puta.comcontos dois gemeos chupandofui corno gosteirelatos eroticos tirei a virgindade por 2 geladinhomandei a rola na minha enteadinha de seis anosconto erotico o viadinho de calcinha e shortinho estupradopornô doido p*** fazendo fio terracomo é q faz pra uma mulher bater uma ciririca sozinh pensando em outra mulher???contos de mulheres viciadas em dar o cu so para o cunhadoComtos eroticos dei pro tio jorge com pau minusculocontos eroticos sequestroru cdzinhadelirando na picona do sogro conto erotico40cm no cu da minha vo contosconto erotico peguei meu marido trepando cõm minha irma na camaporno de camavotaacervo de contos eróticosirma com irmao da rola enorme contos eroticoshumilhada e sem pregas contoscontos eroticos familia bi passivacontos eroticos esposa com outrocontos eróticos de patricinhas trasando com os paisconto coroa chupando piroquinhachupada inesperadacontos coroas primas do interiorvidio porno mulher enloquede ao ve um pau grossoencoxada no carnavalcontos de coroa com novinhocontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos erroticos troca troca com tres amigosporno-jorando esperma em buceta gostosa usando siringarconto familia da esposa nudistafilme pornô minha prima gravata preta para mimCasei com um cornocontos eroticos sequestroConto casada menage feminino sem camisinhaconto fodi a filha adolescete da vizinhacontos eroticos minha sogra é uma tentaçaocontos eróticos surpresa travesticantos eróticos novinha estrupdasconto erótico a negona velhaconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorminha iniciacao na zoofiliaMinha mulher viu o pau do menino - contosmomento papo de mÃe pornoconto erótico fui chantageada pelo meu primo Fernando que comeu a minha mulherconto erotico fiquei com o cuzinho bem arrombado e cheio de porraContos eroticos novinha analcontos erotico travedti minhaae me fez mulherzinha desde pequeno/conto_5415_estou-comecando-a-achar-que-sou-bi..htmlrelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhascontos eroticos de primos q ficaram com primasconto minha madrasta me transformou em mulhercontos eróticos tio f****** sobrinha casadaFui comida pelo professor comtos eroticoscontos de strayxAdoro usar shortinho feminino e calcinha fio dental afeminado contoscontos gays virando mulhercontos eróticos f****** a cunhadinha pequenininhacontos de mulher transando com negão p******no velorio dei o cu pro meu filho contosmenina.de.dez anos usano fiu dental contos.eroticosVirei a puta da familia contocontos pornos nas dunas gaiaele me comeu e eu virei bichaconto erotico me comeram sem piedadecontos cu virgem secretaria casada contoscontos de cú de irmà da igrejacontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no colocontos punheta no trabalhocontos erotico o pai da minha ami quinha tirou meu cabacinhoContos crossdresserrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando menina