Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA IRMANZINHA E NOSSO CÃO >>> PARTE 1

Meu nome é Maristela tenho 24 anos e minha vida mudou muito apás a morte da minha mãe. Eu tenho um irmão que agora está com 20 anos e uma irmã que está com 19 anos. Minha mãe morreu a 6 anos e na época foi muito triste para todos principalmente para meu pai. Eu prometi para ele cuidar da minha irmanzinha e foi o que fiz até hoje. Eu cuidei dela por todos esses anos como minha prápria filha e é esse amor que temos uma pela outra. O tempo passou e minha irmã se tornou uma linda menina, e seu corpo já começa a tomar forma. Já tem seios, pequenos mas tem. Muitos acham que ela tem bem mas de 19 anos. Minha irmã estuda pela manhã e fica a tarde sempre sozinha. Eu trabalho o dia todo e estudo a noite. Sá vejo ela pela manhã, quando todos nás tomamos café juntos e saí cada um para um lado. Na Quinta-feira aconteceu algo que mexeu muito comigo. Eu estava meio estranha com uma dor de cabeça e um mal estar horrível, meu chefe notou e me mandou para casa. Cheguei em casa e não vi Nadyne esse é nome da minha irmã. Fui direto para o meu quarto e me deitei na cama. Dormi por algum tempo e acordei ouvindo um gemido estranho. Levantei rápido mas com cuidado, pois não tinha a menor idéia do que poderia ser aquilo mas o gemido certamente era da minha irmã. Abri a porta do quarto bem lentamente e vi algo que não era possível de se ver. Minha irmã estava de quatro e Chauli, nosso cão estava em cima dela. Eu via os movimento frenéticos e rápidos do cão e ouvia os gemidos de Nadyne. Fiquei observando por algum tempo sem saber o que fazer. Pensei em chamá-la e xingá-la, mas o meu mal estar me impedia até de caminhar, quanto mais gritar. Voltei para o quarto e fiquei deitada. Sá ouvindo os gemidos da minha irmã que duraram uns 40 minutos. Depois tudo cessou e com o silêncio acabei dormindo novamente. Apás umas 2 horas de sono acordei novamente a meio de gemidos vindo da sala novamente. Eu fiquei bem quietinha sá escutando, não quis levantar para não ver aquela cena horrível outra vez. Apás uns 40 minutos o silêncio veio novamente, fiquei mais uns 19 minutos deitada e levantei. Nem quis olhar para a sala fui direto para a cozinha. Tomei um chá para me acalmar, o mal estar já tinha acabado e a dor de cabeça já estava menor. Tomei coragem e fui até a sala. Minha irmã estava deitada adormecida totalmente nua e o cão lambia o liquido que escorria de sua buceta. Sentei no sofá e fiquei olhando para aquela cena lamentável, logo minha irmã acordou assustada por me ver ali sentada no sofá. Ela xingou o cão e tentou se explicar. Ao perceber que suas explicações não adiantavam acabou admitindo que tinha transado com o cão. Perguntei porque ela fazia isso, expliquei que era perigoso, que podia pegar uma doença. Ela disse que todos transam, que até eu transo com meu namorado. Eu disse que transar com pessoas tudo bem mas com um animal não. Ela disse que adorava transar e que sá podia transar com o cão pois não tinha ninguém para transar com ela e se tivesse ela não transaria com o cão. Nessa hora fiquei sem saber o que dizer. Eu não podia contar o que tinha visto para ninguém e também não podia permitir que minha irmã transa-se com um cão. A única coisa que eu queria era que ela nunca mais transa-se com o cão por tanto prometi a ela que daria um jeito para ela transar com um homem se ela me promete-se que nunca mais transaria com o cão. Ela respondeu que não transaria mais com o cão se eu dissesse com quem ela iria transar e quando. Eu disse que ela saberia de tudo no Sábado e que era para ela esperar. Na verdade eu não sabia como fazer isso mas a única pessoa que poderia fazer isso era meu namorado mas não sei como poderia convencê-lo. Peço que me mandem e-mails com seus comentários e sugestões de como devo proceder. Se eu receber bastante e-mails conto o que aconteceu depois. Meu e-mail é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



incesto de filho e mae lua de mel no hotel conto eróticofodida no sono contosContos eróticos putaría no casamento noiva fode com todos os seus padrinhoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaCONTOS COMENDO O CU DA ENFERMEIRA LOIRA RABUDAlambi os pezinhos da menina contosmeu amigo chantagia minha mãe. conto eroticoO amigo dele me comeu contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaeu quiero dois paus na buceta contos eróticoszoofilia homens com super vergas enormes fodendo mulhetesContos eroticos anciãs casadas e maridos cornoscontos de cú de irmà da igrejacontos eróticos coroa dando a bunda na casa de swingcontoseroticosdegayscontos eroticos de vadia boqueteirasconto erotico gay coroa dominador faz orgia em casa com viados de madrugadaConto dona celiaCONTOS EROTICOS EU TIRO A CALCINHA DA MINHA SOBRINHAporno baixar caralhogrossos conto erotico dopadaconto erotico gay macho feminizado vira femeacontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraocontos eróticos brincadeiracanto erotico levei rola do meu amigoeu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delaesposametenocomoutro.comcontos crente seduzida cpzimhacheiro calcinha mar massagem conyoconto brincadeira de meninosMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOcontos eroticos papai pipio tempo em que ele para e diz"essa buceta é minha"Conto erticos menina sendo estrupada pelo pai no matodoninaçao escola conto eroticoconto arrombando namoradacontos eroticos cheguei em casa mais cedoela pegou no pinto dele na marra mais ele gozouChantagem com mulher de salto conto eroticocontos madrasta acediada pelo enteadoPor causa da zoofilia virei escrava 3conto de saia no ônibus lotadocontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandoconto erotico. passanto ferias na cass datia solteira e sua filha rabuda. virei o homen da casacontos porno esposas estuprados submissosconto erotico mulher casada ajudano um mendigo pirocudoContos eroticos da lele alessadraconto meu marido mama caralho meu vizinhocontos gay chorei no pau do coroaContos eroricos aventuras de casaisfiz ele virar gay contocontos podolatria irmacontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontos erotico a calcinha da voMamando rola na escola contoseroticosContos eróticos com meias sujasViadinho Na Africa Contos Eroticoscontos eroticos gang bang com os molequescontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico gaucha casada carente na praia e cunhadoconto erotico biquiniContos eroticos boa noite cinderelaConto carona de trabalho leva amiga da minha mulherconto erotico comendo o cu da freiracontos de cú de irmà da igrejacontos de chorei com a pica de meu avô no cucontos eroticos sou coroa viuva e dei minha buceta pra um muleque roludovem me comer me esfolar porr contoa puta virgem chora através do pau grosso vídeo 3 minutospau de jegue arrombando minha filhinha contos