Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO MINHA IRMÃ EH BOA!!!!!!!!!!!!!!!

Oi pessoal eu sou Jonh e tenho 19 anos, e tenho uma irmã que tem 19 anos, nossa como meus pais fazem filhos rápidos. Bem, eu sempre achei minha irmã bonita, gostosinha e tudo e afinal ela não é mais bv por minha causa, eu quando tinha meus 19 anos e ela 19 ela nunca tinha beijado, eu não acreditei e beijei ela, mas isso é a um bom tempo atrás, bem minha irmã já tava com um corpo muito bonito e que corpo, sempre batia uma punheta pensando nela, eu há achava muito gostosa quantas vezes não a vi pelada no banheiro e no quarto se traçando, nossa que visão, os peitos dela apesar de não serem muito grandes são perfeitos, e uma bunda grande e empinada nossa que maravilha, mas nunca tentei nada por medo pois beijar uma inocente é fácil, mas agora ela já sabe de tudo mas nunca acreditei que ainda era virgim, um dia encontrei esse site e vi quantos cuecas já tinham comido suas irmãs isso me encheu de tesão, daí eu pensei em fazer algo para comer minha irmãzinha, arrumei uma viagem para ir, eu moro em São José dos Campos, e pensei em ir para Caraguá com amigos e amigas fazermos um luau e um churrasco, minha irmã quis ir me pediu eu disse não por causa do que eu iria fazer lá, tocar guitarra, fuma um bagulho e me embriagar com cerveja e cuba, e se ela fosse poderia contar pra minha mãe, mas ela me convenceu me beijando na boca com gosto. Daí que percebi que poderia ser esse o momento perfeito para eu come-lá. Já em caraguá minha irmã já tinha conhecido todos meus amigos e amigas, e já sabia o que fumava já, na casa que pegamos ela não tinha espaço para todos então alguns casais tiveram de se formar de ultima hora, e claro convidei minha irmãzinha pra dormir comigo, ela aceitou enquanto avia dia o pessoal foi saindo e fiquei tocando guitarra na casa, acabou ficando eu minha irmã e os caras que tocavam comigo, parei de tocar e os caras foram comprar umas pizzas, claro eu pedi, daí ficou eu e minha irmã sozinhos, então chamei ela para assistir TV comigo e ela foi, sentamos juntos, por não ter parentes ela ficou abraçada comigo me beijando, eu adorei pois ela sentou em meu colo e deu pra ver que ela percebeu que eu estava muito, não, muitomuitomuitomuito exitado, e não falava nada, então eu disse “você está me deixando louco ali onde está”, ela disse “eu já vi”, e deu uma reboladinha depois de dizer, daí comecei a levantar a camisa dela, e vi os seios dela, ela tava sem sutien, nossa que coisa linda, fui chupar ela pediu para pararmos pq isso não é certo, eu sem contrariar abaixei a camisa e voltei a beija-la, o pessoal chegou comemos a pizza e viram nás nos beijando e não disseram nada, minha irmã disse a todos “Isso não pode sair desse pessoal ou senão nás vamos nos ferrar” todos concordaram e continuamos a comer e curtir, fomos pra praia de noite chegado na praia capricárnio encostamos o carro e ligamos um som(rollin limp biskt stile) começamos um luau stile queimamos umas lanhas assamos uma carne encima da lenha mesmo e pegaram o violão e outros negácios e começaram a fazer um som junto com o som que ouvíamos do carro, cervejas começaram a rolar, cigarros baseados e loucos nadando naquela praia forte, nás o bagulho tava louco, olhei minha irmã com um carinha, não deixei o carinha fica com ela não, e comecei a dar uns beijos nela, derrepente quando percebi ela tava bêbadas e bem fumada mas pelo que mais me espantei é que ela não estava fora de si, deitamos na areia e comecei a dar uns beijos nervosos nela, ela agarrou meu pau por dentro da calça e eu nem ligando pensei é agora, atolei a mão na boceta dela ela deu um gemido pequeno, e começou a desabotoar minha calça, e pegou meu pau na cueca, viram o que eu tava fazendo e começaram a zuar, mas como meus amigos e eu somos loucos ninguém tava ligando, eu tirei o tomara que caia dela, depois o biquíni parte de cima, e chupei seus seios, ela me pedia “faz com carinho maninho, quero isso de você, quero a muito tempo, chupa, chupa gostoso, assim mesmo chupa vai, faz com carinho porque eu te amo”, ouvir essas palavras me acalmaram mas não tirou meu tesão, comecei a fazer do jeito mais carinhoso e sexual possível, chupava forte mas com carinho, ela tava adorando até que começou a gemer nossa como gemia, apesar de um pouco baixo gemia legal, então comecei a descer e beijando e chupando o caminho, enquanto eu fazia o caminho retirei a tanga dela e soltei o ná de sua calcinha, retirei a frente ela abriu um pouco as pernas, e cheguei onde devia, tava molhadinha, comecei a chupar e lamber por fora e fui abrindo sua boceta e ia mordiscando beijando chupando, cheguei no clitáris e fiquei mordiscando ele e ela gemia alto agora, a galera começou a zuar por causa do volume do gemido, nás não estávamos muito longe deles e vários cuecas e minas batiam uma vendo agente, comecei a penetra a entrada da boceta de minha irmãzinha e dizia “porra que boceta gostosa, porque não me deu antes, tem um cheiro gostoso e um gosto bom também” e ela disse “eu não a dei por medo de algo mudar entre nás” e continuei fundo no que fazia, derrepente as pernas dela começam a tremer e ela goza e como gozou na minha boca, bebi um pouco cuspi um pouco e bebi cerva, eu tirei tudo e fiquei de sunga e ela veio tirar minha sunga dizendo “vou lê retribuir o favor maninho”, e começou a beijar meu peito e foi descendo mais rápido que eu, quando chegou em minha sunga começou a tirar com a boca, eu dei uma curvada no meu corpo para frente, para ela poder tirar mais fácil, tirou usando as mãos e boca, e puxou devagarzinho e devez em quando para e mordia meu pau. Quando tirou tudo pegou meu pau duríssimo e começou a pagar um boquete foda, ela sabia chupar mas nunca tinha chupado, chupava e parava e lambia punhetava, colocava minhas bolas na boca, e lambia meu cuzinho, nás como ela era boa, colocando na boca e na boca disse “me avisa quando vai gozar”, e continuou a chupar, e chupava, e eu disse “Isso maninha faz gostoso dependendo do seu desempenho meu amor, eu vou lhe dar mais prazer do que imagina”, ela então começou a chupar como louca, e uma de minhas amigas disse “Não adianta chupar rápido seu irmão segura o gozo muito bem”, ela deu uma parada olhou para a garota com o pinto na boca, olhou pra mim e eu acho que ela não gostou de saber que eu já tinha transado com outras e deu uma mordida no meu pau, não forte mas assustou, mas voltou a fazer e dessa vez determinada a me fazer gozar, e para não ficar uma coisas estranha entre a menina e minha irmã avisei que ia gozar, ela parou molhou meu pau com cerveja segurou a lata e voltou a chupar e dava um espaço pra mais cerva, soltei um gozo forte me contorci pela primeira vez depois de um bom tempo, e ela pegava meu gozo com a lata de cerva e bebia, nossa ver aquilo me deu tesão denovo, então deitei na areia e minha irmã me punhetando , logo voltei a ativa e deitei ela na areia, e meio louco depois de um tapinha, ela me disse “vai de vagar” eu nem ouvi e comecei a colocar, e coloquei rapidinho e ela berrando em posição frango assado, gemia e chorava e eu nem ligava e fazia rápido, derrepente ouvia “ Vêm meu amor, me estrupa, me come, me fura mesmo, vai maninho mete mesmo”, aquilo que ouvi sá serviu pra mim meter mais forte, e com muita força ela gozou muito e não parei e ela continuava aberta e nos movimentos perfeitos, daí coloquei ela em cima de mim, e eu disse “ retribui o que lhe dei agora, mas faz gostoso” e ela disse “Com muito prazer” subiu em meu pau e desceu com tudo batendo contudo em mim, e ela deu uma voltada pq parecia que doeu denovo, e começou a subir e descer , nás até isso ela sabia fazer bem, mas não gozei e sim ela, e ela caiu pra frente em cima de mim, tirei ela de cima de mim e a pus de quatro e entrei em sua boceta denovo e tirei, passei minha mão na boceta dela e com seu líquido lubrifiquei seu cuzinho, e comecei a enfiar ela começou a gemer alto e gritar muito nem me lembrava mais de meus amigos, e dessa vez ela não parou de grita, “ Ai ta doendo para por favor” mas mudou o grito depois “ Vai coloca tudo goza em mim meu amor, me fode toda quero sentir você inteiro em mim”. Comecei a forçar bastante mas segurei o gozo por muito tempo, quando gozei dentro dela eu a segurei e disse “ é agora que você vai ter o prazer que lhe disse” e não perdi a excitação me posicionei embaixo dela e meti em sua boceta denovo, e ela começou a rebolar e eu a come-la e com a mão chamei uns camaradas meus vieram 4 o mais dotado que era o maior dali tinha um pau de eu acho 21cm, entrou no cu dela o resto foi para as mãos e boca, antes de entrarem eu deitei ela em cima de meu corpo e abri sua bunda, nossa eu senti ela tentando escapar do cara atrás mas nem deu nás dois seguramos e coloco tudo e sem ter mais o que fazer soh gemia alto demais, e os outros chegaram dando os paus pra ela chupar e bater, eu e meu camarada estávamos perto de gozar. Ele me avisou que poderia gozar a qualquer momento, então eu sai de baixo dela e não entrou ninguém ela já tava gostando mas não tinha tempo de dizer nada, e cheguei atrás dela e vi como tinha que me posicionar, entrei embaixo dela denovo e meu amigo a trouxe para baixou me guiando pelo pau de meu camarada eu coloquei o meu no cuzinho dela e forcei, todos seguraram ela e ela tava agitada pq não sabia se aguentava o pau de nás dois, entrou tudo dos dois que podia, depois de lá dentro eu e meu camarada gozamos, ela também e todos os outros, e largamos ela no chão ali, coloquei minha roupa e ela se levantou pois a dela e veio pra mim fumando o primeiro baseado feito por ela e disse, valeu manim te amo demais e me deu um beijo e eu disse esse é sá o começo meu amor. E apartir daí ira acontecer de tudo. Quem tiver afim de tc comigo é sá me mandar um e-mail.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



Piroca de 25cm - conto eroticocuzinho doido por pica cdzinha contodei a buceta na infanciamulher de peitao e bundao estrupado por velho conto eroticaprovoquei o angolano na praia Contos Eroticoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos tia zoofilia com gozadas e enguatescontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos mulher coloca silicone no peito e na bunda para ficar gostosagozounaminhacaraSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezcontos eroticos menina meia-calça/conto-categoria_2_114_gays.htmlconto erotico surpresa na siricanamorado mega dotado contos eroticoscontos pedi meu cabaco para um velhoContos eroricos aventuras de casaiscontos eroticos pensei que era uma xota era uma roladei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoconto erótico ajudando a irmã na faltaegua.ficou com a buceta meladacontos eróticos virei marido da minha irmãProvoquei e foi arrombada porno conto Conto hot irmãozinhoconto erótico estuprocontos tiraram a roupa do meu marido e me comeram na sua frenteminha cunhada minha amiga amantecontonamorada de cornosandalia superalta conto eróticoO primo enterrou o pauzão de uma vez so tirou o cabacinhoContodeputacontos eroticos minha sogra é um espetaculo lindacorno chama africano super dotado pra arrombar a esposa contoscontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhoeu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contodei para um cavalo contos eroticonega gosta de fude degar gostosocontos amigas carentescontos eroticos enrabeiporno gay contos eroticos passando as ferias comendo priminho inocenteme comeram contos teenContos na lua de mel o corno lambeume comeram contos teencontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeconto erótico de i****** em família devemos filhos da praiacontos eróticos sentando pros policiasfotos de buceta sendo lambinda e gritandoSou casada e fui comida pelo pedreirofui nas ferias em casa de meu tio transformado num viado puta do meu tio safadoconto erotico com mecanico velho coroa grisalhotive que engravidar de um garotão pois o corno não consegue contosfui encoxadaminha irmã fica possuída nua XVídeoscontos de casadas o negro desconhecido me arromboucontos eroticos comendo minha mae drogadaporno gey contos eroticos menininhos dando no rioconto gay filho ve o pai com o pau duro e perguta o que a quinlocontos meu filho me pediu para engolir sua poranovinha de shortinho curto mostrando os pelinhos das nádegasconto ele me comeu pelo buraco da paredeContos pornos-mamae deu um selinho no meu pauConto erotico roubei as tanga da vizinhaconto erótico gay em cinema. De Recifecontos filha peituda provoca seu pai de baby doll ele fudeu elaconto erotico corno pinto pequeno castidadepolicial e eu de pau duro e ele tbm contoEu contei para o meu marido que dei o cunoite maravilhosa com a cunhada casada contosconto erotico pulando o muro comendo o cu da vizinhanegra estuprada na frente so marido contos