Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MENININHA LEVADA

Menininha Levada



Tudo começou quando eu a encontrei numa sala de bate papo na net, era morena e tinha 23 anos mas um rostinho de menina sapeca que despertava as mais loucas fantasias sexuais dentro da minha mente, começamos a nos encontrar todos os dias online e dividir deliciosos sonhos eráticos onde tudo que significasse prazer era permitido e sem nenhuma restrição. Aquilo tudo me excitava muito e fazia minha imaginação voar alto pelo jeito que ela descrevia seu corpo pra mim e do jeito que se desenvolvia na cama, a mulher parecia ter uma chama ardente dentro do seu corpo.

Um dia combinamos de nos encontrar e nos conhecermos melhor, então lá fui eu cheio de vontade de provar daquela mulher fogosa e que fazia meu corpo se arrepiar todo com sua imaginação de menina levada. Eu a encontrei e mal acreditei quando a vi, ela era mesmo surpreendentemente deliciosa, seu corpinho despertava as mais alucinantes sensações de desejo em qualquer homem, ela era morena , baixinha e tinha uma boca carnuda e coxas bem torneadas, vestia uma blusinha com um decote que me incitava a olhar tentado observar cada detalhe, seus peitinhos durinhos e do tamanho certo que eu desejava, vestia também uma mini-saia jeans que valorizava a marca de biquini naquele corpinho moreno e sandálias altas que torneavam suas pernas, começamos a conversar e ela me disse pra irmos pra casa dela pois queria me mostrar o lugar de onde ela me provocava toda as noites, quando ela falou isso eu já me excitei na hora sá de pensar, e ela notou o volume nas minhas calças.

Fomos pra sua casa, entramos e fomos para o seu quarto, ela me fez sentar ao lado dela na mesa do computador, ela foi abrindo arquivos de onde guardava vários contos eráticos, cada um mais safado que o outro, e eu fui sem que ela percebesse reparando seu corpo de cima a baixo em todos os detalhes e aquilo tudo foi me excitando muito, ela virou os olhos na minha direção e me viu olhando seu corpo já com um olhar de desejo bem forte e deu um sorriso e continuou a abrir os contos, eu já não resistia mais de tesão e de repente ela enfiou a mão dentro da minha cueca assim do nada e começou a acariciar meu caralho que já pulsava feito louco dentro da cueca e ao mesmo tempo ela me olhava nos olhos sá pra ver as sensações de prazer que eu estava sentindo, eu fechava um pouco os olhos de prazer e me torcia de vontade de pegá-la de jeito, e ela continuou fazendo bem devagar e isso me enlouquecia mais ainda, ela parou e arrancou minhas roupas, se ajoelhou e começou a me sugar bem devagarzinho, passava a língua quentinha na cabecinha do meu pênis e dava mordidinhas e ia enfiando ele todo na boca até o talo,eu podia sentir a cabeça do meu pau roçando no fundo da garganta dela o que me fazia delirar de prazer, então eu não pensei duas vezes e agora era minha vez de retribuir, agarrei-a pelas pernas e a coloquei sentada na mesa do seu pc, coloquei uma das pernas apoiadas numa das cadeiras e nessa posição o seu grelo já durinho saltou pra fora e eu comecei a dar chupadas cheias de vontade e prendê-lo com meus lábios , ele ficava mais durinho ainda, vi que os biquinhos dos seus peitinhos já estavam duríssimos e eu comecei a acariciá-los também então deslizei minha língua por toda a extensão da sua bucetinha que já estava bem molhadinha e quentinha e a olhava dentro dos olhos e podia ver o prazer fluindo pelo seu corpo todo, fiquei fazendo loucuras com minha língua dentro daquela grutinha e ela gemia muito e chegava a apertar minha cabeça contra seu sexo que já estava enchadinho e vermelinho, eu ia sugando o suquinho delicioso que escorria de dentro da sua bucetinha, tinha um gosto saboroso de prazer guardado sá pra mim, quanto mais eu sugava aquele suqinho mais ele escorria de dentro pra manter aquela grutinha bem lubrificada e já pronta pra receber meu caralho que já não aguentava mais esperar pra invadir aquela buceta encharcada, de repente eu levantei e de uma vez sá soquei ele todo dentro dela, ela chegou a arregalar um pouco os olhos e dar um gritinho porque eu tinha entrado com tudo e sem perdão eu comecei a bombar bem devagarzinho e ela ia gemendo e se contorcendo aos poucos, de vez em quando eu dava umas estocadas bem rápidas sá pra vê-la dar uns gritinhos de prazer, meu pau entrava e saia todo molhadinho e pulsava cada vez mais dentro daquela bucetinha que de vez em quando se contraia dando umas mordidas no corpo dele todo, isso me alucinava de desejo e eu ia bombando cada vez mais gostoso, então eu a virei de ladinho e fui metendo com vontade, ela pedia mais e mais,então a coloquei de quatro fiquei olhando aquela bunda gostosa e cravei meu caralho todo dentro da sua grutinha novamente e fui bombando mais rápido, ela gemia gostoso o que me dava mais prazer ainda ,ela abria a bunda com as mãos e a visão daquele rabo me dava mais tesão ainda e ao mesmo tempo me pedia pra dar tapas na sua bunda e a chama-la de putinha safadinha e pedia que eu a puxasse pelos cabelos, e de repente eu olhei aquele buraquinho e aquilo parecia um convite delicioso pro meu caralho pulsante, eu tirei ele de dentro da bucetinha e fui esfregando na portinha do seu cuzinho e ela disse: não faz isso não meu cuzinho é virgem e eu nunca dei ele pra ninguém, eu tenho medo que alguem entre com muita vontade e me machuque, mas eu disse pra ela :se você nunca provou então hoje eu vou te mostrar e ela dizia: não entra nele não por favor, e eu fui forçando a cabeça dele na entrada daquele cuzinho apertadinho e virgem e ela fechava a portinha dele já com medo então eu disse pra ela relaxa minha putinha que eu vou entrar gostoso dentro dele, então ela foi parando de contraí-lo e eu fui forçando cada vez mais e a cabecinha dele foi passando e como ele já estava bem molhadinho ele foi entrando aos poucos, eu pude ver cada centímetro do meu pau grosso invadindo aquele cuzinho aos poucos e quando vi ele já estava bem cravado dentro daquele buraquinho apertadinho, aí comecei a bombar devagar e ela ia pedindo pra parar então fui metendo com jeito e ela foi gostando e dava gemidos que despertavam prazer até em mim, fui bombando aquele cuzinho agora com vontade, ele já estava bem arrombadinho e meu caralho brincava dentro dele indo e voltando sem dificuldades, eu podia sentir as paredes do seu cuzinho apertadinho quando eu inclinava meu pau pro lado pra tocar nas laterais do seu cuzinho, bombei bastante até ver que seu cuzinho estava bem arreganhado, então tirei meu caralho de dentro dele e ele ficou piscando pra mim, aí me deu mais vontade ainda e soquei de novo tudo e agora entrou direto porque estava bem aberto e fui bombando bem rápido, nossa senti muito prazer com aquilo e quase gozei dentro do cuzinho, então tirei ele e vi o estrago que meu pau tinha feito naquele cuzinho que agora estava arombadinho e bem vermelhinho, então coloquei-a em frente a mim e a abracei, soquei meu pau na sua bucetina que estava mais encharcada ainda que chegava a escorrer suquinho de dentro dela e fui bombando sem perdão, bombava cada vez mais forte e mais rápido e ela ia gemendo com a mesma intensidade das estocadas que eu dava na sua grutinha quentinha e dominada pelo tesão, e ela disse pra mim que ia gozar, então eu desci até a entrada da sua bucetinha e comecei a socar meu dedos e sugar seu grelinho freneticamente e ela gemeu, se torceu e começou a espirrar um melzinho delicioso que jorrava da sua bucetinha ensopada, fui sugando todo aquele melzinho sem perder nada daquele prazer, ela encheu minha boca daquele melzinho saboroso e eu a olhei nos olhos fui engolindo seu prazer, foi delicioso tudo aquilo, ela ficou quietinha um pouco se recuperando e de repente me colocou em pé e abocanhou meu caralho e começou a me maltratar com sua boca queintinha e sua língua que fazia coisas que deixavam qualquer caralho pulsando de prazer,então ela sugou, mordeu,lambeu, apertou, punhetou e ia esfregando a língua pelo corpo dele todo ela chegou a esfregar os biquinhos dos peitinhos nele que estavam duríssimos, e continuou a sugar meu pau com tanta vontade e com tanta força que eu não resiti mais, e com ela me olhando nos olhos eu já não podia mais aguentar tamanha sensação de prazer que foi executada pela sua boca quentinha e carnuda e comecei a jorrar leitinho quentinho sem parar na sua boquinha , ela fazia cara de safadinha que me dava mais vontade de gozar e eu jorrei uns 6 jatos de leitinho quentinho e consistente dentro da sua boca, ela encheu a boca e mostrou pra mim a quantidade de prazer que eu tinha derramado na sua boquinha e engoliu tudinho e ficou lambendo os lábios como se quisesse mais ainda, ainda segurou meu pau e sugou e espremeu até arrancar a última gotinha de prazer que estava lá dentro dele e não sossegou até arranca-la de dentro de mim, meu caralho já derrotado de tanto tesão ficava pulsando em frente a sua boquinha, foi simplesmente a foda mais delicisosa de toda minha vida, não me esqueço até hoje de todo prazer que a minha menininha levada me deu naquele dia, agradeço a ela até hoje por isso, nos vemos com frequencia e adoramos nos provocar mesmo que seja sá no olhar.



[email protected]



De “dark angel” para “mor” :

mor essa é a nossa histária,rs 

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



e normal gostar exibir esposacontos eróticos minha esposa dançou com negao de biquínicontos eroticos comi a cobradoraconto erotico lesbica namoradahistorias de meninas que se masturbaram enfiando cenouras no cu e na checao mendigo anaconda da minha ruaconto atochada corno xxxcontos eróticos velho e greludahistorias eroticas gosto de trair meu maridocontos de homem comendo o cu do pescadorcontos de negão advogado comendo loira clientedei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocontos eroticos de mulher traindo marido porque nao da quantomenino gay inocência perdida pornocontos eroticos cavalo leitecomi minha irmã apostei contos eroticos dando pro vizinhoTrai meu marido ele dormindo e eu sendo comida bem ao lado dele porno contovou contar como realizei minha voltade de trepar com dois e der duas rolas na bucetacontos forçada a ser a puta da empresacontos eroticos reais minha cunhada me seduziu e eu comiconto enrabada na esposa chata duronaconto erotico iatecontos eroticos pelos pubianos expostoscontos eroticos com a dona da fazendameu genro me fez gosar contoseu e a velha gorda conto eroticocontos eroticos eu e meu cachorro comemos minha sobrinhaMães chupando filho contoseroticoscasada lesbica com sobrinha contoConto erótico namorada mestiçaContos eroticos com a gorda lavando roupanegoes jegudos na punhetaMe comeram ao lado do meu namoradocontos eroticos. traiContos sogra medindo o tamanho do pauna praia de nudismo contos eróticoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaspu casado comi minha sobrinha na praia contoscontos eroticos esposa camisola os amigo maridoconto erotico mulher gostosa trai marido com um delegadonoite maravilhosa com a cunhada casada contosO cabaco da sobrinha ficou na minha rola contoeroticocontos eroticos sobre voyeur de esposacontos eróticos de gay comi a bunda do irmão do meu colegadando/o cabaço pro titio conto exitanteconto erotico debaixo das cobertasconto erotico dopei minha filinhaposso te fazer um broxe contocontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadefiz dupla penetração com colegas pois meu marido não quiz contos eroticos porra grossaConto erotico sobre vibradordei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocontoseroticospapaiconto erotico de muher que da po seu cachorocontos picantes de lambida na chanameu amigo travesti me comeu contosContos de mãe que adora ver sua filha casada, trepando com seu genrocomo supa a boceta ligada tonadoMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contoscontos de sexo com vovomae coroa mechama pra viaga com ela e durmo com ela insexto gostosa pornoconto erotico gay no nordestecontos sexo minha mae me transformou em meninaamiga a emprega e a tia contos eroticoscontos comendo a mulher do primoporno gay contos eroticos passando as ferias comendo priminho inocentecontoseroticos comendo sebo e bebendomijo de picapedreiro la em casa pegando minha peituda contoscontos fodendo a namorada de todo jeitoContos greludas de fiozinho enfiadoTrai meu marido ele dormindo e eu sendo comida bem ao lado dele porno contoTennis zelenograd contoconto erotico gay deixei meu genro com tesao e ele me comeu