Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO UMA VIUVA FRESQUINHA

Oi, tenho 42 anos, solteiro, loiro, olhos verdes, e um corpo legal, foi ajudar um amigo, pois seu tio tinha acabado de falecer, e ele estava muito abatido. Vamos ao fato: Fomos a casa de seu tio, em Brasilia, como todos da familia estavam abalados, me prontifiquei a resolver o problema de velário e tal, fui pegar a documentação com a tia de meu amigo, quando ela chegou fiquei perplexo, uma mulher linda, 32 anos, morena, seios pequenos, pernas grossas, bumbum arrebitado, olhos pretos, estava com um vestido preto, que salientava todo o seu corpo, fui com ela resolver o funeral, enfim, depois de resolvido tudo, ela me agradeceu e pediu para que eu retornasse a sua casa depois para acertar as coisas comigo, pois eu tinha pago tudo. uma semana depois, fui até a casa dela (Regina), estava mais linda ainda, apesar do acontecido, cheguei e fui logo entrando, ela estava sozinha, pois não tinha filhos, e morava sá com o marido. Conversamos, resolvemos tudo e ela observou que eu não tirava os olhos do seu corpo, aliás, ela estava de calça jeans colada no corpo e com uma blusa branca de botões, a qual, dava para perceber seus seios, pois estava sem nada por baixo. Ela me ofereceu um café e me chamou para irmos até a cozinha enquanto preparava o café, ai ela abaixou para pegar o açucar que estava em um armário e pude perceber o seu traseiro que era lindo, e por minha surpresa ela olhou para trás e viu que eu estava olhando para sua bunda, e também percebeu que eu estava nervoso, ai, ela me disse que estava casada há oito anos e que seu marido viajava muito e quase não ficava em casa e por isso já estava acostumada a ficar sozinha, e logo fui me atrevendo mais, perguntei como ela linda daquele jeito iria fazer para viver, e logo me disse que seu marido ganhava bem e que não precisaria trabalhar, foi quando disse-lhe que qualquer coisa que precisasse poderia me procurar e foi a deixa, pois ela já vendo a minha intenção foi logo me servindo o café e abaixando para me entregar a xícara e dessa maneira deu para eu ver seu seios pequenininhos mais durinhos e ela vendo que eu não tirava os olhos também não se fez de rogada, ficou nesta posição um bom tempo, e logo pediu para que eu a esperasse pois queria tomar um banho, pois teria que sair, e me deixou na sala enquanto foi ao banheiro, eu como curioso sou, assim que ouvi o chuveiro ligado, fui até a porta do banheiro e fui observá-la no banho, que visão maravilhosa, vi sua bucetinha raspadinha e seu corpo maravilhoso, e ela se ensaboando, vi que ela começou a se masturbar e apertar o biquinho do seio e não aguentando tirei meu pau para fora e já comecei a me masturbar também, e em dado momento, não percebi que ela estava vindo em direção a porta e quando ela abriu a porta me pegou com o cacete na mão e sem mais nem menos, foi logo agachando e pegando meu cacete e colocando na boca e chupando-me com uma maetria danada, e também fui logo acariciando seu seios que estavam durinhos e a levantei e comecei a sugar seus peitinhos, e levei minha mão até a sua xaninha que estava toda raspadinha e agachei e lhe dei uma chupada colossal, e ela se contorcia toda, e fomos para o seu quarto e lá a coloquei de quatro e comecei a chupar sua xaninha enfiando minha lingua dentro dela e ela logo gozou e não satisfeito comecei a lamber seu cuzinho e enfiar minha lingua dentro dele, foi quando ela me deitou e me chupou maravilhamente, e não aguentando esporrei em sua boca. E ela me disse que queria ser chupada de novo e não fiz cerimonia fui logo sugando o seu clitores bem devagarzinho até ela começar a soltar gemidos e gritinhos e logo eu já estava com o cacete duro e ela pediu para que eu começe o seu rabinho e então deitei-a de costa para a cama e coloquei um travesseiro debaixo de sua bundinha e pedi para ela masturbar sua bucetinha e fui enfiando o cacete em seu rabinho bem devagar, e ela se tremia toda, e quanto mais eu enfiava ela gemia mais, e me pediu para começar a estocala pois disse que adorava dar o rabinho com força pois queria dar igual a uma puta e me pediu para bater em sua cara e falava palavras sem nexo, mas gozou umas duas vezes com meu cacete dentro de seu rabinho e eu não aguentando tirei o cacete do seu rabo e gozei na cara dela lambuzando ela todinha, depois dormimos umas duas horas e acordei com ela me chupando de novo, depois continuo...........

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos eroticos medicocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaFoderam gente contos tennsxvideo quero que engula essa anaconda sua piranhasou casada meu visinho novinho contoscontos erotico de novinha trasado com novinho tirado a vigidadeacervo de contos eróticoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaConto porno apanhando de cintonoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos de corno viado mansowww.xvideovirei/putaconto ru e minhas filhasrelatos de zoofiliaconto porno mulher gosta pau 25cmContos eróticos pircing conto erotico na frentecontos de coroa com novinhochulé da minha cunhada conto eroticocontos eróticos comida por dinheiroFicaram satisfeio com meu Cuzinhomeu compadre me comeuprimeira vez com meu namorado contos gaycontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casalevou boquete da irmã caçula dis que gosta de chuparcontos masturbpriminha muito novinha batendo punheta rapida com chupadinha pro titiocheiro calcinha mar massagem conyoContos eroticos inversaoContos eroticos de mulheres de 60 anospapai furioso contod eroticoscontos eróticos gay eu e mais um amigo brincamos com novinhoconto erotico enfermeira estupradaler conto de viuvo carente fode vizinha solidariaconto erotico fodendo a micheleconto erotico minha mulher no club com negrocontos gay cunhado barracacontos eroticos gay meu pai de vinte e tres anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosConto porno filha apanha no bumbumcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casa chupei mamãe e cair na pica do papai ao mesmo tempoconto pornofingi que estava dormindo e cimetam meu cusou negra gorda Transsexual primeira vez que comi meu namorado meu com minhas saias conto no fala LOLA conto prima virgem da buceta ensopada dormindo na minha camaminha esposa e sogra garente contos eroticoscontos de sexo com viuvaminha mãe da pro filho da empregada contoscontos eronticos sou crente mais minha buceta vivi picandocontos adoro um pau gostoso e tesudo de travestiminha professora me deu carona e pegou mo meu cacetecontos porno bunduda sogracontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos erotico negão comendo filhinha novinhahospedei em casa relato eroticoconto anal potranca rabudacontos eroticos beach park amigo contos de vizinhascontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos esposa velhocontos eroticos chantagiei a o amigo do meu marido para me comecontos de cú de irmà da igrejaminha mulher foi dominada contoscontoseroticosdeincesto/irmaoeirmawww. xmaduros. comMenina Má tava dormindo sem calcinha eu penetrei meu pau na b***** delaconto erotico mostrei minha calcinha por dinheiroContos eroticos policiais enfiaram cassetete nu cu da casadaEROTICO-minhas ferias lindasContos eróticos reais! Pau grosso me rasgoufoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1contos eroticos a forcaesposinha submissa apanhando na bundacontos eroticos gisaSou novinha e putinha boqueteirá do papai contoseroticoscanto erotico comi virgemnegao paenorme f mulhecontos enrabada no trabalhadocontos eroticos de estrupovizinha teen conto