Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EMPRESTEI MINHA XOXOTA PARA UM MULEQUE

Aos 40 - Emprestei minha xoxota para um muleque de 19rnrnSer casada, ter filhos e não sentir prazer com o homem que voce dormerntodas as noites, é o maior problema de muitas mulheres.rnrnE eu não sou diferente, aos meus 40 anos de idade, detentora de umrncasamento de aparências, e tendo a única jáia de tudo isto que é os meusrndois filhos.rnrnHá muito tempo, pois a 19 anos de casada que o prazer na cama deixou dernser algo meramente diário e se tornou raramente diário.rnrnEu uma pobre solitária de prazer e de desejos me ostentava a limpar casarne cuidar de meus filhos, porem uma mulher não pode ficar na mesmice, e foirndesta forma que me envolvi com outro homem, outra pessoa, álias, bem maisrnnovo que eu mesma.rnrnO fato foi que em uma tarde, estava eu na frente de casa, totalmente arnmercê do nada, tomando tereré, uma bebida gelada tipicamente de meu estado,rnfeita com erva mate e água gelada.rnrnNa frente de casa tenho uma visão que me chamou a certo instante o meurnolhar, via diante de minha rua um caminhão carregando mudança, e com umrnsofá pequeno.rnrnNossa, era algo normal, me chamava muito à atenção ver aquele garoto,rnmoreno, de corpo malhado e de calção, demonstrando que muito alem delerntinha uma pica gostosa.rnrnMinha buceta respondia automaticamente a vontade fixada naquele menino,rnele possivelmente com seus 19 anos e muita beleza, demonstrava ser gostoso.rnrnEu ficava olhando para tudo aquilo, e o admirava vendo fazer força erntirar daquele carro coisas, mas eu louca, velha e com a xoxota em chamas ernquase criando tenha de aranha estava impossível.rnrnFoi algo estranho, jamais senti desejo por outros homens mais novo, masrnele, o garoto da mudança era uma coisa fixa, minhas amigas comentavam arnbeleza dele, e eu o admirava fisicamente.rnrnMas o fato e a mudança terminam, e eu logo descubro que o menino quernencantará a minha bucetinha é filho da minha mais nova vizinha.rnrnrnOs dias passaram e eu loucamente pensava nele, como uma velha poderiarnsentir atração imediata por um jovem menino?rnrnrnEsta pergunta não saia da minha mente e eu me deixava seduzir.rnrnrnDeitava todas as noites na cama com meu marido e nada acontecia, ele malrndava boa noite, era um pobre coitado que vivia de trabalho, e eu umarniludida que tinha uma família de enfeite.rnrnrnPorem em uma segunda pela manha, depois de levar meus filhos para arnescola e estar sozinha em casa ouço a campainha tocar.rnrnrnAi sair na frente dou de cara com aquele garoto, o menino da mudança querndeixou minha buceta ardendo de vontades, logo sem camiseta, de calção e comrnum corpo moreno de deixar eu louca.rnrnrnO atendo e ele me diz querer água gelada, pois a geladeira dele estavarndescongelando e me pediu se eu poderia arrumar para ele.rnrnrnLogo toda tremula e desarrumada o pedi para entrar, ele então todo felizrnentrou e espalhou sua beleza pelo ar, conversou e conversou...rnrnrnEu e ele estávamos na cozinha, todo proza e simpático me dizia de ondernveio e eu louca não parava de olhar o volume de seu calção, ele disse quernestava sozinho em casa e que sua mãe trampava, e eu fixada no volume do seurncalção...rnrnrnEle disse que estava muito calor, e logo percebendo que eu estava doida ernolhando a pica dele, com gestos de coçar o cano dele, ele automaticamenternvia em mim uma velha necessitada.rnrnrnLogo disse que estava calor, e me perguntou se eu estava sozinha.rnrnrnRespondi que sim, e ele então em um ato de surpresa pediu para ir aornbanheiro, o levei ate o corredor do quardo e o deixei na porta, então elernsem ao menos fecha-la abaixou o calção e de pica grossa apontada para cimarnme mostrou do que ele era capaz, eu toda vermelha, pois fazia anos que nãornvia tamanho beleza logo me deixei seduzir, parecia estar enfeitiçada porrnuma picona.rnrnrnEntão nos neste momento ficamos em silencio, ele balançava o cacete e mernolhava, e eu uma senhora doida pra meter estava de buceta molhada ornrespondia com um olhar de excitação.rnrnrnEle então esqueceu da água e eu esqueci que era casada.rnrnrnLogo ele me pega pelo braço, me arrasta diante do banheiro e coloca minharnmão naquela vara morena e cabeçuda.rnrnrnSafadamente me pergunta se gosto.rnrnrn-E daí tia?rnrnrn- Estava encarando minha rola desde que entrei aqui, a senhora gostarndisso?rnrnrnEu toda tremula e com um cano jovem não mão respondia que sim, então elernlogo me juntou pelos braços e mew levou para diante de seu corpo, logo dernfrente para o espelho e com sua pica entre minhas pernas e sentindo suarnpegada firme em méis seios ele reagia e me chupava a orelha dizendo:rnrnrn- È tia, vou dar um trato na senhora.rnrnrnLogo me seduzia com a palavra de malandro e com aquele corpo quente, e eurntotalmente dominada e no banheiro estava diante daquele menino.rnrnrnEu uma velha de 40 anos se deixando levar pelo prazer de um menino quernao mal sabia o nome.rnrnrnNo mais eu era apalpada e logo me deixei pegar, minha blusa era retiradarne eu caminhava com ele para o quarto, na mesma cama que dormia com o entãorncorno do meu marido eu daria para aquele menino.rnrnrnEle tirou minha blusa, e totalmente largada e solta pela manha me deixavarnchupar, ele então me sentou na cama, e começou a chupar meus peitinhos,rnminha teta gostoso, logo eu estava somente com a parte de baixo da roupa,rnentão aquele menino sabia o q estava fazendo.rnrnrnSua língua degustava o bico do meu peito, ele chupava gostosamente e mernchamava de tiazinha gostosa, logo ele encontrou minha boca e com um beijornardente demonstrou o que ele mais de bom sabia fazer.rnrnrnNossa eu parecia uma devassa, exatamente as 09h30min da manha estavarnsendo consumida pelo filho da vizinha.rnrnrnEle me beijava gostosamente, e eu o sentia, tocava em seu peitoral forte,rnminhas unhas o faziam sentir arrepios ao passar em sua costa e em seu braçornforte e moreno.rnrnrnSua pica já estava fora de seu calção que apontada pra cima demonstrava ornbelo tamanho e a grossura que eu iria levar na buceta abandonada.rnrnrnSua língua gostosa, seus lábios jovem e carnudo, seu braço de meninornhomem e uma pica de deixar qualquer buceta satisfeita, eram os traços dele,rndo meu comedor da manha.rnrnrnLogo ele retirava toda minha roupa, apalpava meus seios e me fazia tremerrnna base, ele antão me deixou somente de calcinha e com gesto de carinho hárnarrancou com o dente, então estava minha buceta toda lisa e cheirosa prarnele consumir.rnrnrnEle parado me olhava fixamente enquanto admirava a limpesa da minharnperiquita, ele me chupava os seios em um misto de beijo e prazer.rnrnrnSua língua então descia em direção a grutinha abandonada, logo seus dedosrncomeçavam a massagear a minha bucetona, e eu estava tremula, ele então fezrno que meu marido em anos de casada nunca fez.rnrnrnPassou seus dedos na beirada, e caiu de boca...rnrnrnEle então meteu a língua na minha buceta rosadinha, meteu seus dedos e emrnuma mistura de chupeta e enfiada me levava ao delírio.rnrnrnDiante de meus olhos estava um garoto, pelado, de pica apontada para ornteto, de joelhos no cão e totalmente me chupando toda, eu estava de pernarnaberta em cima da cama, sendo sugada por um menino.rnrnrnEra gozante, delirante e extremamente gostoso sentia os dedos e a lingusrnquente dele me fazer ser mulher de novo.rnrnrnEle me apalpava os seios enquanto metia sua língua gostosa dentro de mim.rnrnrnEra algo prazeroso, jamais senti tanto calafrio e prazer como naquelarnnoite, jamais dei gostoso e fui tragada por quatro dedos assim...rnrnrnEle me deitou na cama e em cima de mim me beijava e acariciava com umarnmão minha buceta, logo em um gesto de prazer apontava para a entrada dernminha xana seu pintão.rnrnrnSinto seu beijo de menino, e suas palavras me chamar de titia gostosa.rnrnrn- Agora a senhora vai ter o que quis desde quando entrei aqui.rnrnrn- vou mostrar o que um menino faz na cama, quando pega uma madame feito arnsenhora.rnrnrnLogo em instante minha buceta e atolada com um mastro quente e gostoso,rnsentia uma piroca me invadir, e naquela hora a camisinha já não existia nornmeu e no vocabulário dele.rnrnrnEntão totalmente eu sentia o mastro que me atolava, devagarzinho sentiarnaquele moleque meter e me fazer delirar.rnrnrnAo mesmo tempo que o tinha em cima de mim naquela cama, o tocavarndelicadamente, fazia carinho nele, o fazia gostar de também receber o quernme dava.rnrnrnEntão eu o sentia, sua rola ardente me fudia e ele feito um cachorro norncio me abria toda. Fazia-me gemer e sentir a pegada forte de homem.rnrnrnSeu braço másculo era apertado, ao mesmo tempo em que minha buceta erarncalejada pela sua rola. Eu gemia e não resistia ao receber tanto prazer.rnrnrnLoucamente a velha de 40 anos perdia o cabaço da xoxota de novo, erarntragada por um cano moreno.rnrnrnSeu corpo, seu vai e vem me fazia gozar de prazer, minhas pernas estavamrnbambas de tanto prazer, seu carinho era muito pra mim e ele sabia fazer umrnmisto de vai e vem gostoso.rnrnrnDelirantemente o papai e mamãe mais gostoso de toda minha vida, nem mesmorno corno do meu marido fez gostoso como aquele muleque.rnrnrnLogo o jogo na cama, o começo a beijar e vejo aquela pica melecada dernprazer, logo o beijo, sinto seus lábios e retribuo o boquete que ele fez emrnmim.rnrnrnAbocalho o pau dele, ele geme e me chama de titia, eu o ouço loucamenterngemer e ao mesmo tempo em que era chupado ele metia seus dedos em minharnbuceta.rnrnrnEra algo alucinante, sempre tive nojo destas coisas de chupar pica dernhomem, mas com aquele muleque era algo de prazer, cai de boca com gosto ernmamei feito uma devoradora.rnrnrnEntão ele pelado na cama da minha casa e eu sendo abusada reagi, subirnencima de seu cacete gostoso e comecei a fuder gostosamente o pau dele,rnlogo minha buceta escondia o mastro dele dentro de mim.rnrnrnEu rebolava feito uma louca no pau dele, eu estava possessa, dominada porrnuma pica, louca pra dar, tirava de mim algo que me carregava a dias arnvontade de dar a xoxota e o melhor para um menino.rnrnrnEra delirante, eu rebolava e ele mamava meus peitos, degustava o biquinhorndeles, e fazia-me ir longe e mais longe ainda nesta transa gostosa.rnrnrnEntão agora totalmente lascada por uma pica, logo fiquei de quatro erngritava pra ele:rnrnrn- Mete meu menino, fode sua tiainha, come a buceta dela, Vai , Vai.,...rnrnrnEle me obedecia e encaixava loucamente de quatro na cama sua rola dentrornda minha gruta.rnrnrnEu era arrombada, minha buceta estava vermelha de tanto ser fudida, masrnera bom, gostoso e exatamente em um movimento delirante que ouço meu meninorngritar...rnrnrnEle estava gozando dentro de mim, isto mesmo!rnrnrnEu recebia o leite dele na buceta, e também gemia.rnrnrnEle encaixou tudinho e eu de quatro na cama estava sendo inundada porrnporra de garoto.rnrnrnNossa foi delirante, ele chupava minha orelha e eu de quatro em instantesrnrecebia dentro de mim cada gotinha dele.rnrnrnEu gemia e suava muito, não me importava com o horário, pois meus filhosrnestavam em creche de tempo integral e o corpo de meu marido no trabalho.rnrnrnFoi então que cai na cama, e ele logo atrás, logo em cima de mim...rnrnrnEu toda aberta e gozada recebia o carinho dele. Ele me beijava, e eu orncorrespondia... Era gostoso.rnrnrnFicamos um tempinho parado. E ele malandramente me perguntou se eu haviarngostado da pegada.rnrnrnSorri e toda encantada disse que sim, e realmente curti muito.rnrnrnEle então se levantou, e com aquele pica meia bomba toda melecada me fezrnchupar.rnrnrn- Tia limpa o meu pau?rnrnrn- Ele esta todo melecado!!!rnrnrnEu gatinhando pela cama obedeci, e limpei cada centímetro da rola dele.rnrnrn... depois deste dia pelo menos 3 vezes na semana ele vinha pegar gelo emrncasa, e ganhava de brinde uma buceta [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



enrabando meninihnas de oito anos contoscontos erotico escondi debaicho da cama fraguei minha esposacontos de encoxada em mulheres passivaspelinhocontosconto corno leva sua savada pra asisti o jogo de chortinho torano a bucetaminha mãe e puta contosxxvideo de anao dos biquinho dos peitinho bicudo si mastubanocontos levei ferro e gozada dentro da bucetaconto meu amigo me ensinou come o cuzinho da minha filinha pequenacontos eroticos menina meia-calçacontos eroticos comendo a helena empregadacontos de incesto fui adotad a para ser escrava sexualcontos eróticos - encoxada no elevadorcontos porno eu e meu marido fomos violentadosTennis zelenograd contochupando o pau e.lambendo o cinema caraContos eroticos de negros roludos no busaoContos eroticos dando para o amigo bunda grandeconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadoContos eroticos de de lindos travestis tarado por cusalvando o meu casamento contos pornoConto erotico real adolecente gorduchinho peladinhoContos gays vestido de mulher a noite na borrachariarelato da tia grávida transando com sobrinhocontos eroticos filhascontos eróticos traindo o rexconto esposa com negãoVoltei gozada pro meu corninho contoconto eróticos menina pobreContos eróticos gordonas de 200 klcontos comendoContos comendo a mulher do amigoContos erocticos dei comprimido ao velhoEu fudi toda a familia do meu amigo fudi a filha dele fudia a esposa dele fudi a cunhada dele contos eroticosconto erótico "Meu sobrinho veio passar 3 dias comigo. Ele tem problema uns probleminhas e "contos erótico meu pai meu cafetao contoscontos eróticos enteada me provoca eu goza dentrocontos de cú de madrinhavirei puta assumida eu confessocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos de bebados e drogados gayspeituda conto eroticocontos gays nas dunassogra humilha genro contos eroticoscontos eroticos esposa swingmulher tranzndo com ponei real"que buracao" gay contoconto o jumento comeu minha esposabrincando com maninho acabou em sexoconto erotico virei escravo de minha professora safadacontos eroticos mamae cuzudaa ninfetinha levou rola e gozada do parente dentro da vaginha contosmeu cachorro taradovideodemorenaclaracontos eroticos meu marido me vendeu no bingosou evangelica e seduzi meu irmao contosconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhocomtoerotico banho na filhinhaO pau que eu sempre quis contos eróticosContos eroticos em estradaContoesposaficoucomendo a tia na frente da maeEntro na bucetinha da minha sobrinha pequena todas as noites e encho a bucetinha dela de porraquero uma menina cabelos longos escuros deitada na piscinacomi minha esposa e dua irma vou vontar como foicleide chupou ate gozarcontos de cú de irmà da igrejacontos eróticos tomei chute no sacocontos eroticos minha filha e sua amiginha travesty de 12 aninhoscontos eroticos dei no velorio do meu maridocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casawww.conto erotico com sobrinha curiosacontos erotico com minha sobrinha mais novacontos de massagens alucinantescontos eróticos gay a puberdade com o primoCONTOS EROTICOS PADRASTOScontos eroticos vi a pepeca de minha amigaf****** a b******** da minha enteada Camila e ela Gozou muito no meu pauConto erotico agachamento no paucoto espoza .com roludocontos eróticos negroscontos papai ajudou meu cavali mim fuder e gisar ba bucetaContos eróticos rebolacomtos.eroticos a professora e o aluno marrentocontos eroticos novinha no barcontos de coroa com novinhocontos eróticos dotadoconto erotico virei menina por ter cabelo compridoContos erocticos aaaai papaicontos eroticos cdcontos eróticos menino pintinhofiquei de pau duro quando mi.ha esposaContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar pes de primasChantageei minha tia escrava lesbica conto/m/conto_14730_meu-tio-comeu-minha-empregada.html