Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INCESTO - CASAL AMIGO

Michelle – Casal amigo
Vou narrar um fato que aconteceu entre uma amiga e seu filho. São meus conhecidos do clube de nudismo. Eles são estrangeiros, mas estão no Brasil a muitos anos Ela, Laura esta separada a dez anos, tem hoje 55. Possui um filho – Felipe - com 35 e outro- Rubens - com vinte e sete. Já com 3 anos de separada, ela chega em casa depois de um dia de trabalho, foi ao quarto se despiu e entrou no chuveiro. Apás o banho saiu enrolada numa toalha. Passou pelo quarto do filho, resolveu abrir a porta, mesmo com cuidado, apesar do silêncio. Havia claridade suficiente ainda aram 17:hs, a janela metade aberta. Para seu espanto o filho mais novo Rubens dormindo usando uma toalha meio enrolada ao corpo. Mas pelos movimentos já feito, estava com o pau amostra. A Laura ficou impressionada pelo tamanho do pau dele, que era grosso, e grande bem diferente dos homens de sua raça. Eles são originário do Japão.Onde a lenda que os homens tem pau pequeno – sá lenda. Ela com o objetivo de cobro-li com o lençol, chegou bem perto e em vez de cobri-lo, ficou olhando aquele pau grande e grosso. Já com mais de três anos sem uma boa trepada foi ficando com tesão, sentia arrepios de desejo, e sem pensar pegou nele, adorou aquela massa gostosa. Foi ficando com a boceta molhada, Acariciou, deu um cheiro, sentindo um arrepio subir pela coluna, da bunda até a nuca. Sem pensar, investida pelo tesão sentou na cama, abaixou e colocou ele na boca, começando a chupar e a mamar. Tentava colocar ele todo, não conseguindo devido o tamanho. O filho continuava a dormir – talvez pela bebida – ou fingia que estava – não se sabe ao certo. O fato é que a Laura estava delirando de prazer com aquele pau dentro da boca. Parecia que aumentava o tamanho, a medida que chupava mais forte. Sem pensar direito, jogou a toalha no chão, e peladinha subiu em cima da cama, segurando o pau gostoso na mão começou a agachar até que colocou na entrada da boceta. Chegava a suar frio, não se sabe de medo ou tesão, Talvez os dois por estarem a flor da pele. Em um movimento repentino do filho, ela deu uma escorregada e sentou de vez, naquele músculo do prazer. Entrou todinho, fazendo ela gemer de prazer. Nesse momento, Felipe acordou. Rubens tentou se levantar ainda sonolento sem entender o que estava acontecendo. Não conseguiu porque Laura estava engatada nele. Quando ele disse: mamãe o que a senhora esta fazendo. Ela abraçada a ele, com a boceta totalmente tomada pelo pau dele, sá respondeu: Mete meu filho, não aguento mais, me come bem gostoso, serei sua puta, sua mulher, serei tudo, me fode. Rubens, sentindo aquele corpo belo e gostoso,colado ao seu não se fez de rogado, começou um vai e vem em sua boceta, fazendo com que ela gemese gostosamente.Ele tirava quase tudo, e tornava enfiar de uma vez sá, e dizia: puta gostosa, sempre quis lhe comer, e beijava sua boca, seu rosto, suas orelhas,. Não sei se pelo tempo sem fuder, mas ela estava a mil, gemia, falava coisa com coisa, apertava ele, parecendo que queria uma pica maior, pois puxava ele de encontro ao seu corpo. Ele deitado de barriga pra cima, com ele enterrada em seu pau era uma gemeção sá. Em dado momento, Laura começou a gozar trançou as pernas nele, gritando e gemendo. Ele por sua vez não ficou atrás socando mais forte urrou de tesão e começou a gozar, colocando tantos ml de porra em sua boceta, que apertava o pau fazendo ele gemer muito. Cansados ficaram deitados abraçados. A Laura deitada em cima dele não conseguia esconder sua alegria e felicidade, pois até que enfim conseguira um pau gostoso para meter nela dali pra frente. Rubens abraçado a ela, passava as mãos em suas costas, acariciava sua cabeça, com as mãos em seu cabelo. Pensava seria sorte demais ou loucura, mas que era muito bom isso era. Claro que das costa desceu até a bunda dela, não muito grande – típico das mulheres japonesas – mas redondinha e bem apetitosa. Levou o dedo ao reginho, e começou uma caricia no cuzinho, enfiando e tirando um dedo, fazendo ela rebolar e aconchegar mais a ele. De repente ela disse: filho gostoso de pau grande mas muito safadinho. Disse isso e virou de costas para ele, encostando sua bunda no pau dele, que já dava sinais de levantar novamente. Ele abraçou por trás, pegando em seus seio, brincando com eles, e esfregando o pau no reguinho do cu dela. Os biquinhos dos seios já salientes e durinhos era convidativo a uns beijos, lambidas e chupadas. Mas Felipe, deitou ela de bruços, começou uma seção de beijos, lambidas e “mordidinhas” da nuca até as coxas, dando atenção especial na bundinha. Passava a língua no reguinho do cú, cutucava a entrada dele com a ponta da língua, como se fosse um pinto. Chupava aquele cuzinho – igual menino chupa picolé – Nossa como ele chupou e lambeu o cuzinho dela. Laura não aguentando as caricia e o tesão, se contorcia toda, a boceta já encharcada de porra ficava mais úmida e molhada, com aquela surra de caricias e carinhos. Ele de repente disse, mamãe, fique de quatro que quero comer seu cuzinho – ela movida pelo tesão, não pensou no tamanho e grossura do pau de Rubens. Sem lembrar que o cú era virgem, simplesmente disse mete este pau todinho, sou sua puta e sua mulher, come gostoso, me faça gemer. Ele levou o pau na boca dela, ela mamou babou nele deixando bem lubrificado, enquanto ele enchia o cu dela de saliva. Chuoando e lambendo novamente o cú - Se colocou atrás dela, e foi enfiando o pau – lentamente. Passou a cabeça grandona, o que resultou num “ai” sem muita convicção, pra logo começar a gemer e dizendo: Meu filho, “ai meu cu”, mete fode gostoso – “ai meu cu” – logo ele enfiou tudo de uma sá vez,Nessa hora seu grito foi sincero – esta doendo muito – mas nada adiantava já estava todo dentro, ele ficou quieto um pouquinho, logo ela dava umas reboladas, ai ele começou a socar, aumentando o ritmo a cada instante. Tirava e colocava. Em dado momento ele foi tirando, ela pensou que tirar tudo e dizia – não se atreva a tirar esse pau de dentro do meu cu – mas não era isso, ele ameaçava de tirar e socava tudo de uma so vez . Fazendo ela ficar até com lagrimas nos olhos, pela dor, mas o sorriso na boca e os gemidos eram mais fortes. Ela falava que maravilha, estou adorando dar o cú. Ele começou a dar palmadas em sua bunda, eram leves, ora de um lado, ora de outro, ela agora gemia, pelo pau sendo socado com força e também pelas palmadas que foram aumentando a força. O tesão era tanto que ela começou a pedir, bate nessa bunda com força, quero sentir o Maximo que puder, e ele com mais força, continuou, até que ela começou a gozar, e o gozo foi tão intenso que começou a mijar, com ele batendo em sua bunda e socando o pau dentro do cú. Ela gozou muito e deitou toda na cama, ele sem gozar veio e deitou ao seu lado. Ela de bruços dizia, nossa minha bunda esta em “fogo”, fora o vermelhão com sinais da mão dele mas adorei, foi maravilhoso. Virou para ele e começou a beijá-lo e ao pegar no pau que estava bem duro. Afinal ainda não tinha gozado. Laura virou para Rubens e disse – meu filho quer gozar como – ele respondeu em sua boca, quero ver você engolir tudo. Ela não pensou de novo, foi pra cima dele, enfiou o pau todinho na boca e começou a mamar, chupava ele todo, usava a língua na cabeça, tentando enfiar no buraco da uretra, ele ia as nuvens, com aquela boca maravilhosa. Estou a disposição para criticas, comentários elogios: [email protected] . A medida que foi chupando e mamando, ele foi chegando ao ponto do goza, começou a acariciar os seios dela. Até que numa explosão, jogou na garganta da Laura a primeira golfada de porra. Ela engasgou mas conseguiu segurar e começou a engolir, nossa parecia que não tinha fim, ela usava a língua para saborear aquele caldo duplamente gostoso – 1. Era de uma homem delicioso, 2 era de seu filho. Não poderia existir nada melhor. Por fim ele disse a ela: mamãe não existe nesse mundo mulher mais gostosa. Você daqui pra frente será a minha puta exclusiva e minha única mulher. Foi divino.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos eroticos gay gordinho putinha piscandocada dos contos eroticos abracei mamae e dei trrs beijo mamae carentecontos elas gosta de cavalinho do titiocontos de cú de irmà da igrejacontos eroticos comi minha melhor amigaSou a boqueteirá da pica do vizinho contoseroticossou louca por anal sou evangelica conto pornoamigo hetero contoContos de incesto minha mae fugiu com outro e eu fiquei com o meu paiesposaevelhopornoProvoquei e foi arrombada porno conto conto gay estupradofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticovirei puto do bar conto gaycontos erotico eu e meu amigo brincando com minha irmazinha e as coleguinhas delacontos eroticos com a tiacontos eroticos e minha mulher e uma amiga convencida a chupar bucetacontos eróticos frio chuvacontos eroticos comecei no matocontos minha tia cuidava de micontos gozei dando a bundaCalcinha e tudo na cara do escravo punheteirocontos lesbicos princesa chupa princesaPULAVAAI XVIDEOenrabada na frente do meu marido/contosperdi a virgindade com peão contoscontos eroticos incesto lesbicocontos encoxadasporrno doido pirenha velha vizinhacontos eroticos escravizada e usada por um tarado IVVc me decabaçouViadinho Minha Mae da Pro irmão Contos Eroticoscontos de cú de irmà da igrejacontos comendo a bucetinha da titiacontos eróticos, deixei minha namorada ser comidacomi a garoto doente mental vonto eroticoContos transformaçao femea pornminha filha chantagista contosconts eróticos peguei ela de jeito na contos eroticos 16cmcontos de dei o cu para um jumento Negrãosenti jatos de porra no fundo da/minha bucetacontos da mãe a lamber a cona da filhateaso grande na menina,contos incestospriminhos na ferias do colégio fazem muita putariaconto erotico menininhas virgemcontos eroticos senhora e seu enpregadoconto erotico esposa biquíni sem forro amigobronzeamento com a amiga greluda contocontos acordei e vi minha tia nuacontos eroticosproibidoconto etotico minha esposa fudendo com meu pai e meu irmaoConto casada menage feminino sem camisinhacontos eroticos surpreendeu a esposacontos eróticos Nilza A esposa do meu amigo Sexo com a tatuada contocontoseroticos9aninhos porno fodi minha meninhaProfessora de tenis conto erotico lesbicocontos minha garotinhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico casal dominadoporno conto erotico novinhacontossexotravestiContos.erotico.mae.filho.depois.do passeio.na.praia.gostosinha ergue a saia e masageia a bucetinha por cima da calcinhadepilano a buceta dela io cara comi elacontos eroticos.com.brDei a buceta contomendigo gozando dentro da loira patricinhaContos eroticos de travestis tarados.conto irma casadacontos eroticos igrejacontos muito grosso e grande sofriConttos eróticos de incesto que delicia de buceta mae to adoramdo te comerconto erotico sogra AlzheimerContos eroticos no bloco do carnavalnovinho gey lindoconto erotico com emcarregadaconto dpconto erotico corno pinto pequeno castidadeA buceta da irma apertadinha, quentinha uma dlç contoscontos eróticos gay pai e filhocontos erotico de puta gemendo muitocontos eróticos eu minha irmã fizemos sexo com faxineiro do condomínio.contos eroticos fudendo a mae travestidog pegando vovo contosContos eroticos danadinha no colo velhocontos incesto casa abandonadasogra metida a santa contos eróticoporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtircontos eroticos outro por enganoContos: estou espirrando dentro da bucetinha da minha filhinha pequenaminha esposa me convenceu dedos no cu conto hormonal femininosPorno de corno com mae e filha gemeno e gritano