Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU EX MARIDO

Quando era casada o sexo entre eu e meu marido sempre foi explosivo, mas devido a muitas brigas por outros motivos chegamos a conclusão que não dava mais para continuarmos.

Fazia uns dois meses que estávamos separados quando ele veio até a minha casa para acertar os detalhes da separação, eu faminta por sexo como estava esperei por ele com uma micro saia, uma blusinha sem soutien e uma calcinha enterrada no rabo. Quando ele chegou, sentou-se no sofá e eu me sentei na poltrona em frente cruzando e descruzando as pernas e fui vendo ele ficar nervoso e cheio de T. Continuei a provoca-lo pois sabia que ele não resistiria por muito tempo.

Nisso ele perguntou se eu poderia pegar algo para ele beber pois estava cheio de sede, levantei fui à cozinha peguei um refrigerante e trouxe para a sala, nisso debrucei sobre ele quase roçando meus seios sobre o rosto dele para entregar o copo. Tornei a me sentar e ora cruzava as pernas ora inclinava o corpo para frente deixando os seios à mostra.

A essa altura ele já não conseguia se concentrar e não falava coisa com coisa sobre os papeis da separação, então me levantei e me sentei ao lado dele no sofá e disse que não estava entendendo muito bem o que ele estava falando. Nessa hora ele não resistiu e me beijou e foi enfiando a mão por dentro da minha blusa apertando o biquinho do meu peito, eu comecei a gemer e disse que estava louca de T, então ele me deitou no sofá e tirou a calcinha para o lado e enterrou aquele caralho gostoso de uma vez na minha xaninha, e começou um movimento de vai-e-vem com fortes estocadas. Eu gozei quase de imediato e ele logo em seguida encheu minha xotinha de porra. Nisso ele tirou o caralho e mandou que eu chupasse ele todo para ficar duro novamente pois ele ia me fuder muito ainda, eu não me fiz de rogada e cai de boca naquela pica gostosa.

Quando a pica dele ficou dura novamente ele mandou eu ficar de 4 pois ia meter tudo de uma vez no meu cuzinho. Então tirei a calcinha e empinei bem a bundinha e disse que era para ele arrombar meu cuzinho, que eu estava doida para sentir aquela pica de novo enterrada no meu rabo. Ele se posicionou atrás de mim e mandou eu empinar bem a bunda que ele ia meter sem dá nem piedade, fiz o que ele pediu e ele enterrou de uma vez a pica no meu cu, nessa hora dei um grito de dor e ele disse que ia me arrombar toda, que ele sabia que eu era uma piranha que adorava pica no cu, eu pedi que ele fosse mais devagar ate eu me acostumar com aquele caralho grosso no cu, ele riu e deu uns tapas na minha bunda e disse que não ia meter devagar coisa nenhuma, que ele queria deixar meu cu bem arregaçado e que eu era uma vadia que adorava tomar no cu. Aquele cacete grosso enterrado no meu cu foi ficando cada vez mais gostoso e eu comecei a rebolar como louca e quando estava quase gozando ele tirou o pau do meu cu e disse que ia fazer algo que eu nunca esqueceria, tentei protestar e pedi que ele metesse de novo so que ele disse que não, que era para eu me virar de frente e abrir bem as pernas que ele eu ia gozar como uma puta com o que ele faria, nisso ele foi no quarto e pegou um gel que sempre tenho no criado mudo e começou a lubrificar meu cuzinho e nisso enfiou dois dedos e logo em seguida enfiou quatro dedos e perguntou se estava bom, eu gemia enlouquecidamente, então ele começou a forçar o ultimo dedo no meu cuzinho, nessa hora fiquei tensa e “travei”, ele mandou eu relaxar que ele ia enterrar a mão toda no meu rabo; pensei em protestar mas o T estava muito grande,e apesar da dor fui tentando relaxar, então teve uma hora que eu senti uma dor alucinante e dei um grito de dor e pedi que ele parasse, ele disse que o que eu estava sentindo era a mão dele enterrada no meu cu, e que a dor era as pregas do meu cu que tinham sido arrombadas. Insisti que ele tirasse mas ao invés disso ele começou a massagear o meu grelinho e dizendo que era para relaxar, a dor começou a melhorar e eu comecei a gostar e a ficar com muito T, ele vendo que eu estava enlouquecendo de T começou um movimento primeiro lento, depois mais rápido com a mão enterrada no meu cu. Nisso fui perdendo a noção de tudo e gozei como uma vadia no cio. Então depois que eu gozei ele tirou a mão do meu cu e enterrou a pica de uma vez e mandou que eu tentasse contrair o cu porque mais parecia que ele estava metendo na minha buceta de tão arrombado que estava, não demorou muito e gozei de novo e logo depois ele enchia meu buraquinho de leite.

Então ele tirou o pau do meu cu, e enfiou dois dedos de cada mão e começou a abrir o meu cu que a essa altura já não oferecia nenhuma resistência, então ele disse que eu estava uma putinha arrombada cheia de porra no cu, e eu sem forças para esboçar nenhuma reação apenas sorri. Ele então se arrumou e disse que voltaria mais tarde para tratar dos papeis da separação.

Acabamos nos separando mesmo, ele casou de novo mas de vez em quando ainda nos encontramos e todas as vezes eu fico com o cu arrombado.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



conto gay coroapintelhos na transparencia das cuequinhascontos eróticos, cuzinhoestuprando o viadinhoconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagroucontos eroticos menininhao marido da minha irma nao gosta de cu meu marido gosta contosdei minha buceta para os amigo do meu filho contos eroticotransei com amigo da minha filhacontos eroticos assalto virou orgia cunhada sogra maridocontos metendo em india casadawww.conto eu vi o pedreiro mijandoconto meu cu te amo grossNovinha Bebi porra do meu amigo contomalhadinha de cabelo vermelho malhadinha malhadaContos eroticos corredorcontos fodendo o cu da MarileneMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos eróticos tufosmetendo a tora na garotinha novinha contoscontos eroticos 60 anosconto erotico, a cunha q levou rola por curiosidadeconto lais deu o cu pro tioMae filho bunda conto eróticocontos eroticos sozinho com a sobrinha d minha esposacontos eroticos gay.treinadorconto irma casadaconto erotico.de.vdzinha reforma em casaXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanheroconto sobrinho engravida tia casadaconto erotico nudismonovinhas escoteiras abusadascontos encoxei mae no tremconto erotico minha namorada virgem com outroNovinha Bebi porra do meu amigo contocontos eroticos dominou toda a minha familiaEu confesso chupo o pinto pequeno do meu irmâo novinhocontos gays no carnaval dei o cu pra doisprofessora novinha e senha resolvi dar o c******contos eroticos mulher bota buda na frente do desconhesido para encoxar com maridocontos eróticos gay a puberdade com o primoconto crente bunda desproporcionalcalcinha usada contos eroticosrose tapa na cara contos eroticosporno fui estudar na casa da prima gostosa e ela dise que ia ter aula de fidepirokinha com leitinho contos eroticoscontoseroticos meu filho me estupro meu cucontos minha tia anus dilatadocontos eroticos de homens com taras chupar bucetas caninas zoofiliadei para um cavalo contos eroticosento desde cedo gay contoconto erotico ana mAria 49 anoseu e minha sobrinha no cine pirno contovi meu sobrinho arrombar a sua namorada gostosa. conto eróticorelato do marido cornovidios dos bucetao mais carnudo e enchados nuscontos bem quente de casada e sua intida lesbicaler c/ erot/ com as cunhdas da da roçacontoesposanuaconto erotico com patrao velho coroa grisalhoFoderam gente contos tennsConto mete tudo papaiUm tubinho uma menina virgem pode aplicar com ele dentro do burraquinho da vagina ou nao?canto erotico minha primeira vezcontos eroticos comunidadescontos eroticos de mulheres co mendigoscontos eroticos dominou toda a minha familiaconto erotico amigas de escolacontos eroticos reais cornos impotentesMEU CORNOEU QUERO ESSA PICA TODA DENTRO DE MIM, SEM CAMISINHA QUERO SENTIR ELA GOZANDO BEM NO FUNDOcontos eroticos de mulher casada shortes raxandonovinha safadinha dormindo com dedinho no cuzinho Fredcontos eroticos gay.treinadorcontos eroticos encoxei uma menoinoinhaxvidio puta arreganha as perna p leva rola no.fundocontos eroticos gay.treinadorcontos safadinhosContos meu filho virou gayconto gay primos no sitioConto erotico comida por dois pirocudocontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelho