Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FINGIR QUE DORMIR E MEU PRIMO ME COMEU

Boa noite a todos, podem me chamar de Felipe, tenho 23 anos, branco, alto, 73 kl, não sou nada atlético, mas sou bem gostoso quando eu quero ser. 



O que vou relatar agora aconteceu num dia de sexta pra sábado, dia em que as vezes durmo fora na casa de uns amigos no centro da cidade onde moro.

O nome de meu primo e também colega de classe é R. Podem identifica-lo assim, rsr. Não posso falar demais, pois essa histária é super verdadeira.



Bom, depois da aula, formos a este apartamento de uns amigos nossos, porq fica mais práximo a faculdade. Chegando lá fomos nos acomodar, tirar as roupas, tomar café, conversar, até que chega um certo momento e vamos brincar de RPG. Depois do joguinho, vamos lutar Jud Jidson, isso porque meu primo R é fera, e sempre fica se amostrando ensinando agente a lutar.



Em um determinado momento, ele vem e me desafia, e pedi pra eu ir bater nele. Eu vou e ele vem com tudo pra cima de mim, me da uma resteira e faz um movimento chamado mata leão, onde o adversário cai por cima do seu opressor e é estrangulado, ele faz isso comigo, no momento em que eu cair por cima dele, pude perceber, que ele estava levemente excitado e nisso ficou me segurando pra eu desistir fácil, ele me sufocou tanto que perdir os sentidos por uns 7 segundos. Acordei com meu short baixado e ele batendo em minha bunda, me chamando de fracote. KK.

Esqueci de fala, na casa desses amigos moravam 2. Julio e Taygon.



Bom, chega a hora de dormir, já eram umas 1:35 da manhã, e como de costume dormimos na sala, em um colchão de solteiro, pois era o único que tinha na casa. Como somos primos, os caras não viam maldade alguma, muito menos nás.

Na verdade eu estava já a muito tempo louco pra pegar o R, pois pense num cara delicioso, que tem um corpo malhadinho bem estilo lutador 1,79m uns 77 kl, pele bronzeada e desses que sá falam bobagens ... Ele é muito gostoso.

O sono veio e me pegou. Mas estava estranho, estava sonhando que meu primo estava me beijando na boca. Então como num momento em que eu não imaginava eu acordei, e acordei sentindo a pica dele na minha boca, era sá a cabecinha mas era a pica dele, então de leve fiquei com olhos um pouco abertos, estava escuro e ele nem podia me ver. Eu acredito que ele estava deitado mais acima de mim, sem me tocar, somente a taca dele encostava em minha boca. Nesses meio tempo ainda fingia dormir, so pra ver a intenção dele. O pau dele nem era muito grande, talvez fosse por isso ele tinha vergonha em tomar banho junto de amigos, ou ficar nu.

Depois de uns 5 minutos assim, com o pau todo babado pela minha saliva ele tirou. Fiquei triste, pois achei que iria acabar aquela brincadeira.

Mas ai eu percebi que ele tinha se posicionado bem ao meu lado, de ladinho mesmo, como se fosse uma conchinha, ele vem e abaixa a minha cueca, bem calmo, e com as duas mãos abre as bandas de minha bunda e tenta achar meu cuzinho com seus dedos, quando ele acha ele abaixa e nesta hora sinto a sensação mais maravilhosa que já sentir. Meu cu estava sendo lambido por aquele menino másculo e gostoso, ele vasculhava direitinho meu rabo. E eu estava doido pra gemer, mas não podia, ele poderia parar e ficar sem graça, então deixei ele fazer o que quisesse.

Quando ele virou que estava bem molhadinho meu cu, ele se posicionou atraz de mim e num soco sá enterrou seu pequeno pau. Mas que por um momento doeu pra caralho, acho que não estava relachado. Ele enterrou a pica em mim e depois literalmente deitou por cima de mim, achando ele que eu estaria dopado, sá pode.

Nisso ele começou a bombar, e a gemer bem baixinho, e eu ouvia palavras desconexas, do tipo, primo, sacaninha, cu vou forte, muito bom ... Era uma loucura.

Efim, ele goza dentro de mim, e em vários jatos, tira a pica correndo e sai pro banheiro pra se limpar, e eu fico La.

Ele chega, levanta minha cueca e me cobre, e volta a deitar. E eu continuo lá, enfim esqueço de levantar mais tarde pra ir no banheiro e so acabo acordando na manhã seguinte, com o rabo cheio de porra, e vou pro banheiro, meu primo já ta acordado assistindo o jornal e tomando café, e ele olha pra mim e da uma rizadinha safada, e eu digo a ele que acordei com uma dor, so não quis falar que foi so cu, porque ele bombou forte, ele ri novamente, bem de leve, e diz que se eu quisesse ele me levava pra minha casa e e pegava os assuntos na facul pra mim.

Ainda hoje ele acredita fielmente que eu não sei de nada, apesar de saber que eu percebi ao acordar a gala dele que ainda estava em meu cu e em minhas pernas. RS



Se gostaram me dêem 19 valeu galera.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos era pequena tava fio dentalcontos amigas virgensvelha aqueles tempos do capô de fusca bem rapadinhachupei meu primoconto gay sobrinho viro esposaconto erotico infancia babáContos eroticos dando o cu no hospitalcontos eróticos de vibradorminha namorada apertando meu pau com a sua bucetacontos eroticos casal com amigo dotadopassivo mamadorContos estrupado pelas filhasContos eroticos de podolatria chupandopes de primas vendo televisaosjaponesa foi rasgada por negão contos eróticosSou casada fodida contocontos eróticos enrabada pelo visinho coroa e taradoContos gay com cunhadofoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1contos eroticos dei pro meu sobrinhoContos eroticos gozando até chorarvideo porno gostozinha de vestido preto sndo fodida com amae do ladaPuta desde novinha contosArrombaram minha mulherconto porno teen gay free mulato favelabarrigudos barbudos velhos contosContos menina estuprada pelo pai contos eroticosperdi a virgindade com peão contoscontos eróticos os amigos do meu namorado queriam me comerCornos by contoscontos eroticos sequestroconto eroticos gay comi o cu do filho do meu tioporno conto erotico novinhaminha mulher d sainha dando pra mim e um amigo jegao contosFudida por assaltante conto eroticocontoerotico de escoterascontos eroticos de enteadascontos minha mulata foi arronbada e curradaSou casada fodida contoex bem dotado contocontos eroticos/ coroa viciada analconto erotico feinhacontos eroticos jessica dando cuzinhoContos eróticos. Sufoco na casa abandonada24 cm contos pauso contos de gay sendo aronbado por varios machoscontoseróticos minha priminha de cinco anoscontos eroticos gratis, casadinha rescem casada e ficando safadinhacontos eroticos transei pelo celularcomi a amiguinha da minha filha cintos eroticoscomendo a buceta da cadelacontos gays meu cuzinho me chamava de festaenrabada e estrupada por traficantes na saida da discoteca.contosrelatos de casadas com filhos que traem com porteiros zelador pedreirossou casada.meu. Visinho novinho. Contos com fotoscontos eróticos do primo negrinho dotado chupando a buceta da primaTennis zelenograd contoContoseroticoscomsogrocontos eroticos fudendo a mae travesticontos enfermeira casada e safadaConto erotico sou madura e vadiaconto gay o velho casadoconto erótico Eu e minha filha damos o c* para o meu maridoesposa e amante volarao a filha drama pornocontos o casal ingenuo vizinhos do comedorConto morena 37 anosContos eroticos marido pede para esposa quero ser cornoconto erotico dando xoxota pro irmaochupou o amigo no provador contosEscravo de minhas cruéis donas (conto )vídeos pornô de avô sentando a netinha de sainha curtinha no coloconto erotico acampando com a filhaContos eroticos senti minha buceta esticarconto erotico gay o sargento marrentocontos como dopar maridocumi a bucrtina contos eroticosContos transei com novinho gayCasada viajando contosbranquinha magrinha de cabelos caracolado danadinhaminha mulher pediu pra fuder minha enteada contosContos eroticos com o rodo do banheiroconto erotico submissa gozei choreivideos bichobruto cavalo comendo égua contos mae rabudaconto: conheci um caralhocontos casa da maitepai que fica rosado.o pau na buseta da filha bebadacontos de safadas com padastroscontos eróticos contei que fiz dp com negrosMulheres deixam cachorros gosarem dentro delas na zofilia erótica