Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DIA DE CHUVA COM A MAMÃE 2

Continuação...A minha mãe pegou o meu pau e ficou esfregando na entrada da sua buceta que estava molhadinha. Eu a beijei como nunca havia beijado a minha esposa. Afastei uma alça da sua roupa e tirei um dos seus seios para fora e comecei a chupa-lo. Eu pudia sentir a cabeça do meu pau encostando nos lábios da sua buceta. Arrastei-a para o sofá, onde nos deitamos e ficamos nos esfregando e beijando. Ela ficou batendo uma punheta enquanto eu chupava seu pescoço e massageava seu clitáris. Desci minha mão e enfiei meu dedo na sua buceta e comecei com movimentos como se estivesse comendo. Ela estava deitada sobre o meu peito e a minha mão esquerda estava sobre a sua bunda. Eu segurava suas nádegas e apertava e meu dedo mindinho encostava-se ao seu cuzinho. Eu não acreditava, estava sentindo o cuzinho da minha prápria mãe na ponta dos meus dedos. Tomei coragem e enfiei um pouco o dedo no seu cu. Ela continuou me masturbando e beijando o meu peito. Então tomei mais coragem e enfiei meu dedo inteiro, ela fez uma “ai” com a boca sem soltar som, olhou para mim e sorriu. Ela fechou os olhos e apertou meu dedo com o cu. Eu não aguentei e gozei. Os jatos de porra caíram no seu cabelo e ela levantou-se para lavá-los.

Eu me sentei no sofá sem acreditar no que havia acontecido. Fiquei parado no sofá por vários minutos olhando para a televisão.

Ela saiu do banheiro e entrou no seu quarto e pude ouvir fechando a chave. Fui no banheiro e lavei meu dedo que estava cheirando a cu.

Depois voltei para o sofá, deitei e fiquei assistindo a TV. Lá fora a chuva continuava a cair violentamente. Acabei adormecendo com o barulho da ventania na janela.

De madrugada eu sinto um calor molhado no meu pau, abro os olhos e minha mãe esta ajoelhada ao lado do sofá chupando o meu pau. A saliva escorria pelo seu queixo e pinga em seus seios. Ela chupava com força como se quisesse mamar. às vezes ela solta o meu pinto e um fio de porra e saliva ligava a cabeça do meu pau com a sua língua. Então ela voltava e o engolia novamente até o saco. Meu pau estava todo molhado e cheio de veias, a cabeça brilhava com o luz da TV, ainda ligada, no meio da escuridão.

Eu noto que ela esta vestida com a mesma camisola transparente que usava quando a vi. Ela está totalmente nua por baixo, posso ver que a luz do corredor ilumina a sua bunda e eu começo a passar a mão nas suas costas. Desço até a bunda e tento alcançar o cuzinho, meu dedo desliza para dentro dele, ela passou algo como vaselina. Eu enfiava e tirava meu dedo de dentro do cu da minha mãe.

Ela se levantou, atravessou uma das pernas sobre mim e foi sentando vagarosamente sobre o meu pinto. Entretanto, ela não deixava penetra-la por completo, ela apenas brincava. Enfiava a cabeça e tirava, esfregava a cabeça do meu pau nos pelos da sua buceta e rebolava com a ponta do meu pau nos grandes lábios. Eu estava louco e acabei gozando novamente. Não aguentei, acho que ninguém aguentaria.

Ela me pos sentado, ficou ajoelhada nos meios dos meus joelhos e chupou meu pau novamente que logo ficou duro. Então ela, segurando no meu pau, foi me puxando para a sua cama. Eu fiquei admirando sua enorme bunda que balançava de um lado para o outro.

Ninguém falava nada, o único som ainda era da chuva que continuava a cair lá fora.

Ela ficou de quatro na cama, fiquei em pé ao lado da mesma, e minha mãe direcionou o meu pau para a entrada do seu cuzinho.

Fui penetrando devagarinho, meu coração acelerou, parecia que ia sair pela boca. Eu estava metendo no cu da minha prápria mãe. Comecei a imaginar quantas pessoas na histária tiveram esta oportunidade. Eu seria castigado por este pecado? A que se foda!

Comecei a comer a minha mãe e ela rebolava, girava a bunda, gemia. Sua bunda balançava toda a vez que eu enfiava. Virei ela de frente para mim e levantei as suas pernas, e enfiei com mais força e velocidade. Depois levantei-a e pus virada para a parede e fiquei enfiando atrás como uma puta. Ela não parava de gemer. Não dizia uma palavra. Olhei para o espelho e meus olhos ainda não acreditavam no que viam. Minha mãe realmente estava de costas para mim, com a bunda arrebitada sendo penetrada no cu pelo meu grande e grosso cacete. Gozei dentro do seu cu, tirei para fora gozei nas suas costas e no chão. Eu e ela estávamos suados e ofegantes.

Meu pau doía.

Ela se virou para mim, enfiou a língua na minha boca e me abraçou.

Dormimos agarrados como dois amantes.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



Contos minha mae me transformou em gaycontos vi minha irma com pausudocontos eroticos enrabada a forca pelo padre dentro da igrejacomi a lesbica contocontos centadas no colo do titio no incestocontos eroticos genroTia gostosa contoscontos eroticos de incesto com filhinho viadinho com a mamãeSubrinha sapeka adora usa ropinha provokante para da para mimPapai derramo leitinho na minha cara contos eróticoscontos de siririca de mulher acima dos 60 anosai que lambida contosconto erotico.papai min encinou a ser putaContos eroticos desci pra toma agua na cozinha o amigo d meu esposo tava la tambemconto erotico mano pauzusdosou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contosconto erotico de pconto erotici de corno com pintudocontos eróticos reais com velhos acima de 60 anoscontos ganhei uma massagem e fiz um boquetecontos eroticos dona de casa gosta de apanhar e tomar leiteSou casada fodida contoFoderam gente contos tennscontos eroticos: fui comido pelo meu inimigo safadinhocomi mulher do vizinho contoscontos eróticos de lésbicas masoquistasfodo minha princesinha. contos eroticos de incestosminhas sobrinhas conto eroticocomi meu vizinhocontos gay lutinha com o primo de 16conto erotico gay deixei meu genro com tesao e ele me comeuContos eroticos perdendo a virgindadeconto gay. virei nocinha no carnavalcontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoesCoroa gostosa louca por jeba contoscontos eróticos comendo meu melhor amigo que tava olhando pro meu pau.comcomendo a vizinha casada contosmulheres rasgando a buceta pra fonderahora que paugozacontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realcontos incesto mechia no meu bumbumfui comida peloamigo transexual contosSOBRINHO DOTADO ME ARROMBOU CONTOcontos porno autoriza por no cu delaContos eroticos casada biscateSou casada fodida contocontos dexei minha mulhe tomando no cu na minha frentefoto de padrasto enrabado cabaso do cu da entiada gotosa xorandoconto vi arrebenta cu meu maridocontos eroticos prima 32nosconto de desmaiei com a pica grande no cucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos eroticos papai viajou e me pediu para cuidar de mamãe e como cuideicontos eroticos meu padastro mim estropo no onibuscomendo a tia muda e surda videos de sexobucseta gadecontos eróticos bundãoconto erotico virei cadela barContos de novinhas perdendo a virgindadeesfregacao de rola contos amigos punheteiroscontos de flagra de punheya yahooeu quero vídeo de pornô gay Copacabana tomando dentro da mulher dormindo para enfiar todinho dentro do c* e o pedreiro tambémcontos de lesbicas incestuisascontos eroticos fudendo a mae travesticonto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuEu fui forçada a fuder contos eróticos com fotosporno encejo com sogra e sogro conhiadasContos de putas fogosas co.tados por mulheresconto erotico chatagiei minha irma e arrobei elacontos de cornoscontos de escravo do maridocontos eroticos de puta submissaas gostosas passando bronzeador no seu corpinho nadacontos eroticos meus primos me arregacaram o cuconto erotico me fizeram varios sitio cadelasambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu maucontos eroticos o senhor roludo do baile da terceira idadecontos eroticos a filhinha da empregadacontos de Huum Pauzao papai ..ai mete vaiConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zoofudida pelo vigia da escola conto erotico teenArrombando minha mãegozaram em minha boca durante a viagemconto sou esposa de um viadinhocontos eroticos comendo a velha horrosa dormindocontos eroticos sobre voyeur de esposacontos eroticos bumda arebitadascontos de sexo fisting objetoscontos eroticos aluno aii mete aiiiicontos comi uma menininha gostosaconto erotico flagrei pai meu avoesposa e a cenoura conto"cabelo na perereca"