Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO COM O AMIGO DE MEU FILHO

Era um final de tarde quando meu filho chegou com um grupo de amigos, entre o eles um que eu ainda não conhecia, loirinho, olhos verdes uns 23 anos aproximadamente. Como sempre, todos foram me cumprimentar com um beijo, mas ele se manteve afastado. Fiz uma brincadeira, dizendo que pra me beijar não precisava pagar, ele ficou vermelho de vergonha, achei uma graça aquela timidez. Todos passaram à tarde em casa, rindo, ouvindo músicas. Quando passava por eles notava que Diego, nome do loirinho, me acompanhava com o olhar. Isso despertou em mim certo orgulho: pensei no esforço da academia,dietas e cuidados para me manter “com tudo em cima”. Além de orgulho senti até um pouco excitação, pois aqueles olhos tinham alguma coisa a dizer.

à noite depois de um banho, fui me deitar, sentia uma sensação gostosa e estranha. Quando relaxei e fechei os olhos relembrei do olhar do Diego me observando e quando dei por mim já estava me masturbando, e imaginando qual seria o gosto do pinto, da boca e até de seu gozo. Desejei sentir seu pau me penetrando fundo e com força. Gozei.

Quase todas as semanas meu filho levava os amigos em casa, mas Diego voltou apenas uma duas ou três vezes e desapareceu. Achei uma pena, pois sabia que o deixava incomodado e isso me enchia de tesão.

Passado quase um mês, meu filho e o grupo de amigos foram passar o final de semana fora e fiquei sozinha. Ia aproveitar pra ler, descansar, cuidar de mim. No início da noite estava deitada no sofá quando a campainha tocou, abri a porta e dei de cara com Diego. Fui logo respondendo que Paulo, meu filho, tinha ido viajar. Diego disse: “Eu sei e foi por isso que eu resolvi vir aqui”. Perguntei por que e nem respondeu foi entrando. Essa atitude dele acendeu um alerta imediatamente. Sem nem pensar peguei-o pela mão e o levei para o quarto. Ele me acompanhou, parecia hipnotizado, enquanto tirava sua roupa ouvia-o respirar cada vez mais forte. Meu coração parecia que is sair pela boca, queria logo descobrir o que ele tinha pra me dar. Quando tirei sua cueca e deparei com seu pinto percebi que estava diante o cacete mais bonito que já tinha visto, em volta tinha um pouquinho de pentelhos bem clarinhos, a ponta era rosadinha e era grande, grosso, comecei a sugar com tanta vontade, passava a língua envolta, mordia a pontinha bem de leve voltava a chupar. Que delícia! Poderia ficar assim a noite toda. Não, acho que não. Eu queria mais. A essa altura minha buceta estava bem molhada, e eu queria meter, tirei a camiseta e a calcinha e fomos pra cama. Diego com todo carinho abriu minhas pernas e começou a me lamber, primeiro ao redor dos lábios, depois começou a morder meu clitáris, eu me contorcia toda louca de vontade de ser logo fudida por aquele caralho delicioso. Eu rebolava na língua dele e pedia pra ele meter mais fundo. Quando eu já não aguentava mais ele atendeu meu pedido e senti o seu pau grande e grosso arrombar minha buceta, ele metia com tanto vigor e sem machucar que me enlouquecia. Gozei, mas queria mais eu pedia mais e ganhava mais, ele não cansava. Na quarta vez que estávamos fodendo ainda como se fosse a primeira ele me virou de quatro e ao invés de me foder Diego começou a lamber meu cuzinho, novamente me levando a loucura até o ponto de eu pedir pra ele meter. Era minha primeira vez anal. Senti apenas a ponta de seu pênis que foi forçando até que entrou todo e seu movimento foi ficando mais rápido enquanto eu mesma manipulava minha buceta. Gozamos juntos. Ele ficou a final de semana todo. Metemos no quarto, na sala, no banheiro, na cozinha até na área de serviço. No domingo à noite quando meu filho chegou dissemos que o Diego tinha acabado de chegar procurando por ele. E é sempre essa desculpa que usamos para o Diego poder entrar em casa. Metemos quando meu filho está tomando banho, na faculdade, trabalhando e até quando ele está dormindo. E cada vez fica melhor. Estamos pensando até em trazer uma garota pra transar com a gente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos erotico com mim colega sem calcinhacomendo o afeminadoconto dei caralho goela minha vizinhacontos eroticos homem abolinando garota dentro da piscinacontos eroticos de afeminados na escolacontos comiminha primaCasada viajando contoscontos menino calcinhaContos eroticos coroa tarada chama dois travesti pra tomar banho d piscina em casaincesto bebado e drogado teste cucontos eroticos ladrão dotado arrombando namoradacarlão socando ate as bolas no cu da vadiacontos eroticos meu amigo veio fazer trabalho e acabo me comemdominha vó puta contoscontos minha mae se exibindo para mporno gey contos heroticos pegando novinhoConto Erótico uma boceta e dois pausfui pega no flagra contos eroticoscontos de siririca de mulher acima dos 60 anosconto gay o velho casadoConto homemchupando a buceta delaconto erótico minha prima gabi me deu a bucetabebi a porra do meu vizinho contos de casadacontos eróticos buceta arrombadascontos gay meu primo pauzao vir inoiva tarada melando o pau do. noivopiercing no mamilo da priminhacontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontos feminino vacilei e me entregueiwww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliapapai me come porfavor contos eroticoso dia que levei.uma.gozada no.anus da travesti contocontos eroticos sograConto erotico as amiga carente da minha maecontos er matagalComi e gozei tudo naquela buceta limpa da minha irma casada eu tambem casadocontos eroticos sequestrocontos eróticos meninas de 25 anos transando cachorro Calcinha Preta com as unhas vermelhascontos eroticos de irmans cavalomasconto erotico viadinho vesti calcinha sozinhocontos eróticos virei strip-teaseconto erotico me arregaçafrases minha amante usa fio dentalmosto a calsinha pro amigoe. deu pra eleconto tirei do cu e comi a bucetacontos eroticos vinganca na esposa vende a calcinha contos eroticoscontos eroticos/comeu novinha peludinhaPorno cu pertAdo pagui umConto erotico traindocontos eróticos mae solteira e sua filhinhacontoerotico estrupada pelo negao pirocutocontos de cú de irmà da igrejahora e lugar errado/contos pkrnofodemos eu o meu marido e caoContos eróticos- guarda florestal de pau gigante me arromboucontos tesão por calcinhatranzei cm minha prima contos estoricos contos eroticos peitos sadomasoquismocontos eróticos olhando meu filho tomar banhocontos eróticos com comadrecontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos a minha mulher masturba-secatador só a cabeça conto eroticoContos eroticos gratis de estagiarias lesbicaascontos de corno acampandoapanhando na bucetasamba porno buceta com sujeiras brancascontos eroticos decasada dona debareu vi a buceta da minha irma conto eroticocontos eróticos fiquem sem calcinha procar meu pai#contoseroticosjogandocontos eróticos cantada na rua não resisti e traíMeu aluno mamou o peito contos eróticoscontos de pervertidoscontos eróticos comi titia no banheiro com um monte de gente em casameu amigo estuprou a contos eroticosxvidio travesti lisarolaConto mete ai ai uiui no cupornô meu padrasto me conhece Quando estou dormindo e eu gosteiflagrei minha maé com socio de meu pai contoscontos eroticos bullyingcontos eróticos me estruparao por ser orientalvidio porno mulher enloquede ao ve um pau grossocontos de coroa com novinhomeu pai me fudeu gaycontos eroticos gerro tomado umas cervejas com a sogra sozinhos e da em cima delacontos eroticos com coroa taradoCuzinho gostoso contoscontos eroticos de angolabuceta de crente meu nome domitiliagrande familia dona nene dando a bucetacontos eroticos dormindochantagiei o professor gostoso