Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O DIA DO PREBÍSTERO ALTÃO.

Sempre gostei de homens altos,é o fato de que todos os homens altos que conheci eram bem avantajados.Bem na última visita que fiz ao meu pastor cavalão conheci o Prebístero Eduardo.

Eduardo era prebístero recém consagrado segundo meu pastor e aquele homem não podia passar desapercebido,um cara alto uns 2 metros e vinte,coxas grossas,um olhar que parece o oceano de tão azul,forte e que braços.Um anjo aquele homem.Eu estava de visita na casa do pastor e a esposa dele tinha viajado,eu e meu pastor tínhamos acabado de tomar um banho juntos para irmos à igreja quando Um carro buzinando no portão,logo o celular do pastor toca e diz:

-A paz do Senhor.Tô saindo.Espera sá um pouquinho!!

Eu pergunto: - Quem é???

-Um irmão,prebístero da igreja,vou sair.Fica ai que volto já!!!

Até ai ainda não conhecia o Edu como passaria a chamar depois de um série de desencontros.O pastor saiu e não quis que eu saisse.pois estávamos de cabelos molhados ao mesmo tempo e o nosso cheiro parecia denunciar nossa transa.Eis que o telefone toca,era o pastor me pedindo para pegar um cartaz com a foto do pregador da Cruzada que teria no sábado.Quando olho aquele homem me derreto todo.Dizia-Prebístero Eduardo Giangueto dia 1203.Apartir dai não via a hora para ficar cara a cara com aquele monumento,mesmo que fosse sá para olhar,não sabia eu o que o destino ou sorte me reservava.Foram três desencontros,um já havia acontecido.Os outros foram se seguindo um é esse que vou contar,mas logo a redenção.Fui à igreja levar o cartaz e chegando lá o meu pastorzão me disse:

-Meu filho que Deus te abençoe,o prebístero esteve lá em casa para pegar este cartaz e me passei.Vim com ele e sá quando chegamos aqui foi que nos demos conta.Vou afixar no mural .Ele virá pregar aqui amanhã,está hospedado no Hotel Imperial e a esposa dele ligou e saiu agora daqui correndo.

-Que azar meu Deus!!!Pensei.

Mas fiquei tão ansioso que o dia acabasse para ver aquela belezura que era tão diferente do meu pastorzão,e muito lindo.Fomos para casa no fim do dia,nesse dia fiquei na expectativa de que ele voltasse,mas nada.O pastor me fez chupar aquele colosso dele,mas mesmo assim parecia que faltava algo.Conhecer aquele era tudo que eu queria naquele momento.

O dia amanheceu e o pastor ligou para o prebístero e pediu para que fosse à igreja antes do culto começasse,pois precisavam conversar.Resolvi tomar banho bem cedo para encontrá-lo sem ninguém por perto,somente nás três,eu,o pastor e o Eduardo.Foi a maior tolice.Cai no banheiro bati minha cabeça e não pude ir ao culto.

- Agora me ferrei,vou ficar todo dolorido e não vou ver aquela criatura.Pensei.

Depois do acontecido e de tomar banho disse que jé iria e que voltaria para me levar ao médico,sai.Eu fiquei em casa e adormeci.Num leve despertar ouço duas vozes,pois fiquei dormindo no sofá esperando o pastor me levar pra cama.É o que acontece,ele me leva para a cama e quando acordo em seus braços me pergunto que horas são e ele diz que são 02:00 horas da manhã e eu interrogo:

-Por que sá agora você veio me buscar???Ia me deixar aqui é??

Ele disse:

-Não,é que temos visita e que não ficaria legal eu te pegar ou te chamar para dormir no meu quarto.O prebístero tá ai no quarto e disse que você dormiria no outro quarto ,já que você era quase meu filho de sangue e que ntenderia.Pedi pra ele cancelar a estadia no hotel,já que ele vai passar uma semana a mais do planejado,todos gostaram dele.

Meu coração disparou e nesse momento me deu uma vontade de ver como ele dormia e tirar um acasquinha no seu sono,mas foi adiado pelo pastor que disse:

-Vamos no meu quarto que eu quero um carinho e depois você vai dormir no quarto do Júnior.

Fomos para o quarto e o chupei e dei bastante para o pastor que gozou horrores.Logo depois de gozar ele disse para eu ir para o outro quarto que seria tão ruim,estava acostumado de acordar e meter no meu cuzinho.E sai do quarto.Quando bato a porta me deparo com aquele homem bem mais alto que eu no sofá assistindo um filme,fico todo sem jeito,pois estou somente trajando uma cueca e saindo do quarto com a cara gozada.Nunca imaginamos que ele poderia estar acordado.

-Eu entendo ,não compartilho da idéia,mas não recrimino você!!!Disse ele.

Fiquei sem graça e queria me esconder pois na minha imaginação não queria que ele me encontrasse naquela situação.E ele disse:

-Eu ouvi gemidos baixinhos e pensei que haviam aumentado suas dores,já que o pastor me disse que havia caido no banheiro e vir ver.

Tentei não olhar nos olhos deles,mas ele veio ao meu encontro e pude constatar que entre aquelas pernas pendia um tronco que estava crescendo para o lado meio torto.Ele somente de camisa de pijama,eu parecia sumir diante daquele homenzarrão.

-O que vocês faziam???Não imagino que o pastor te come.Ele parece tão crente.Meu pau ficou duro e se foi isso faz em mim também.

Nem acreditei naquilo mesmo.Tudo parecia dizer que quanto eu desejasse o homem mais difícil naquele dia ele seria meu.Mas me fiz de difícil e fui andando em direção ao quarto como se não entendesse nada quando uma mão enorme me envolvendo e um peito peludo agora sem camisa me levando para junto de si.

-Essa boquinha e esse cuzinho vão ser meus também,veja como ele aqui tá durinho por você.Você me lembra meu priminho que eu comia quanto eu tinha 19 anos e ele 15.

Ele abriu a porta do quarto e rasgou minha cueca e cospe no meu cu e ameaça meter mas não consegue.Pega um pote de creme lambuza a rola e meu cuzinho pondo a cabeça na entrada,sinto minhas carnes já abertas tomarem dimensões maiores,já que uma madeira groooooooooooossa e como.Ele com aqueles brações age como o pastor na primeira vez e segura minha segura minha cintura de uma vez deencontro ao seu ventre me arregaçando e ao mesmo tempo me tapa a boca dizendo:

-Que cuzinho gostoso,Vou lascar ele!!!Essa semana vai ter muita rola nesse cu.A minha e a do pastor.Mas você não vai contar para ele não viu seu viadinho!!!Tá me entendendo???Eu não sei dele e nem ele de mim,ok????Se alguém ficar sabendo disso você vai levar umas porradas.Tá me entendendo???

Eu estava adorando aquele segredo todo com aqueles homenzarrões,já que também frequento a igreja e sou casado com filhos.Ele me fez de tudo,meteu bastante.Acabou gozando na minha boca falando:

-Vai engole minha porra sua viadinha crente!!Sempre sonhei em comer você Nayara!!

Eu pude saber que Nayara foi uma jovem da igreja que teria dado mole naquele dia pra ele,cachorra.Mas quem sentiu aquela vara fui eu e aquele homem é divino.Ainda sonho com ele depois que passou uma semana comendo meu cuzinho e me dando leitinho quentinho na boquinha.Eduardo tinha 37 anos,muito lindo e cheiroso.Que gozo farto meu Deus.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos de coroa com novinhotocando punheta no maracanacontos eroticos comeram minha irma e maecontos eroticos mae e filho na praiaPuta desde novinha contoscontos eroticos srntar no colo inceztocontos eroticos pesadosconto erotico viadinho de shortinho e calcinha no witiovidios mulheres pelada mais o amigo e diz a ele pra bater ponheta na boca dela e derama galaconto erotico mulher fodendo com varios vizinhoscontos eroticos buceta casa de aranhaTennis zelenograd contocontos eroticos advogadaconto erotico comi a professora do meu filhocomendo amae domeuamigo porno leisbicocontos de sexo depilei minha bucetafiz a vadia sentir dor contos eroticoscontos eróticos com vizinhaconto erotico dando minha bucetinha pro enfeemeiro da minha amigarelatos de casadas com filhos que traem com porteiros zelador pedreirosContos eróticos velhinho seio gravida novinhawww.contoseroticosdesafadas.com.brquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no rabodei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocontoso tecnico em informatica me comeua foder a policial na rua contoscontos eroticos de muheres casdas q alivirao seus fusionarioContos gay pinto pequenocontos eróticos Família pelada em casacontosflagascomprei a Cristina da mãe bêbada contos eróticosconto erotico comendo a egua no sitio de noiteconto de enfiaram uma garrafa no meu cu e me arrom.baramminha tia batendo um punheta para sobrinho contoscontos eroticos filho da minha vizinha amante maravilhosoSó Contos eroticos de padrasto com a filhinha pequena bebe brincando no coloContos eróticos gostosa na praia com o maridocontos crossdresser minha mae me fez meninacasada biscateminha xana piscavaconto erotico no hospitaltia travesti contosescravizando minha funcionaria conto eroticotravesti arrombou meu marido contoContos gay meu vizinho novinho gostava de pegar no meu pauzaocontos er tioaposta video game conto eroticovirei puto do vovo conto gaycontos eroticos com muita tapa e submissabeijos suculentos com babinhacontos eróticos mãe e filho de araraquraconto erotico menstruadacontos de coroa com novinhoMe comeuConto erotico fiz caridadeConto erotico mamae deixou papai come meu cu em quanto chupava eladei tanto minhA buceta no carnaVaL q to toda ardidaencoxando coroa casada em Jundiai conto realbunbum malhados pornobucetinha esposa ccbcontos eroticoso cu da cadelinhacontos erotico eu minha e o meu amigo baianoContos erticos trouserao meu marido bebado pra casacontos eroticos no matoviciei em cupa rola contosnoite com a cunhada casada contoscontos eróticos: fui iniciada e transformada em mulher por meu tio parte 2Casada viajando contosrodolfo era meu vizinho me chamo ana contos erótico geovana tira a calcinha e da a bucetaespanhola contos eróticosporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandocomtos.eroticos estuprocontos eroticos incesto bebadominha sobrinha pediu para mim gozar na calcinha dela contos eróticosContos gays a jeba de papai coroa assustava todos e era minhacontos erótico amiga da escola