Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MASSAGEM NA PRIMINHA BEBADA

Ola! faz muito tempo que eu leio contos eráticos mas é a primeira vez que eu vou escrever um. Me chamo Carlinhos e tudo aconteceu a alguns anos atraz. Minha prima drika tinha 22 anos na epoca e eu 18. ela morava sozinha na casa de seus pais, pois eles forao morar em outra cidade por caso de emprego. Drika sempre foi uma garota muito desejada, peitoes, bundinha gostosa e uma cara de safada, de quem é viciada em sexo. sempre soube das historias dos meus amigos que ja tinham transado com ela. essa nao foi a primeira vez que eu transei com ela, foi ela quem tirou o meu cabaço mas essa vez foi a melhor pois as outras tinham sido na minha casa e nos nao podia faze barulho nem faze muita coisa por causa dos meus pais. se gostarem do  meu conto terei prazer em contar minhas otras transa com ela.

Em nossas transas nunca rolou beijo, so tesao. tudo começava com uma mao boba e ia rolando, no outro dia nos agia como se nada tivesse acontecido. tudo dependia de quando ela tava com vontade de  da.

Bom, uma noite a drika me convido pra ir jantar na casa dela e toma vodka com sprit. papo vem papo vai e nos bebendo. ja era umas duas horas da madrugada e nos tava bebados ja ela tava visivelmente mais que eu. Ela resouveu ir toma um banho pra da uma melhorada, e pior que eu nem sabia se ia rola alguma coisa aquela noite, entao ela me chama! a porta do banheiro estava aberta, ela me pediu pra alcança um sabonete. quando ela abre o box eu vejo aqueles peitinho gostosos que ja faziam muito tempo que nao via! Na mesma hora meu pau ja fico duro e minha boca enxeu de agua com vontade de entra no chuveiro e chupa e chupa toda ela! mas o problema era que apesar de nos ja te transado nunca tinha rolado beijo e nos nao tinha intimidade pra mim entra naquele box! um na frente do outro rolava no maximo alguma provoção.

Ela saiu do banho e colocou um vestido nao era muito curto mais minha imaginação so pensava em bobage. drika pra me provoca ficava sentada no sofa com uma perna erguida dexando a mostra sua xaninha com uma calsinha vermelha. eu nao consegui para de olha ja era so tesao entre nos mas nem um tomava a iniciativa. 

Foi entao que ela me convido pra assistir tv no quarto dela, foi nesse momento que eu vi que iria come minha prima safada! quando entramos no quarto ela perguntou se eu podia fazer uma massagem nela. Meu pau ja tava latejando no calsão fui la pega o creme no banheiro e ela pediu pra mim desliga as luzez da casa. Comecei fazendo a massagem nos pés, fiz em um e depois o outro depois subi para a canela, em uma depois a outra e finalmente cheguei naquelas cochas gostosa! aproveitando que ela tava de vestido levantei ate a barriga e pude ficar observando a xaninha dela em cada movimento que eu fazia passava o dedo na busetinha dela, ela ficava olhando pra tv e agia como se nada tivese acontecendo. entao ela pegou e virou de lado e fiz massagem nas batatas da perna dela e subi pra cocha e a bunda! e que bunda! akele momento era otimo fazia movimentos lentos, ela estava com as pernas meio abertas e eu passava a mao na xaninha dela! dava pra percebe que a pepeka dela ja tava molhada! depois ela tirou o vestido e fico so de calsinha e comecei a massagear as costas dela tirei minha camisa tambem dizendo que tava com calor, falei para ela pra nos desligar a luz do quarto com a desculpa de ficar melhor de ve tv, ela concordou. quando eu termino a massagem nas costas ela vira e pede pra mim passa o creme na barriga dela, akeles peitos gostosos tao pertinho e eu continuava com a brincadeira, fazia movimentos entorno dos seios ate sua xaninha por dentro da calsinha. entao ela pediu pra mim deita com ela e faze mais uma massagem nas costas tirei meu calsao e deitei de conchinha com ela! meu pau naquela bunda gostosa! entao comecei a beijar o pescoço dela e passar a mao na xoxota dela ela começo a gemer de tesao e desligou a tv, minhas maos percorriam todo o corpo dela ela gemia pedia pra mim dexa chupao no pescoço dela. na hora ja mordi o pescoço dela ela gemia como nunca tinha gemido antes nao tinha ninguem pra nos ouvir era um momento de transe nao parecia que existia mais nada ao nosso redor o tesao tomou conta de nossas almas, mordi  a orelha dela e susurrei: Que que eu chupe tua buceta? ela respondeu: Vai chupa minha buceta ate eu goza, vai! eu fiquei com mais tesao ainda e arranquei a calsinha dela!

ela rebolava de tesao gratava palavroes fiquei imprecionado pois ela nunca tinha feito nada assim! ela aviso que ia Ola! faz muito tempo que eu leio contos eráticos mas é a primeira vez que eu vou escrever um. Me chamo Carlinhos e tudo aconteceu a alguns anos atraz. Minha prima drika tinha 22 anos na epoca e eu 18. ela morava sozinha na casa de seus pais, pois eles forao morar em outra cidade por caso de emprego. Drika sempre foi uma garota muito desejada, peitoes, bundinha gostosa e uma cara de safada, de quem é viciada em sexo. sempre soube das historias dos meus amigos que ja tinham transado com ela. essa nao foi a primeira vez que eu transei com ela, foi ela quem tirou o meu cabaço mas essa vez foi a melhor pois as outras tinham sido na minha casa e nos nao podia faze barulho nem faze muita coisa por causa dos meus pais. se gostarem do  meu conto terei prazer em contar minhas otras transa com ela.

Em nossas transas nunca rolou beijo, so tesao. tudo começava com uma mao boba e ia rolando, no outro dia nos agia como se nada tivesse acontecido. tudo dependia de quando ela tava com vontade de  da.

Bom, uma noite a drika me convido pra ir jantar na casa dela e toma vodka com sprit. papo vem papo vai e nos bebendo. ja era umas duas horas da madrugada e nos tava bebados ja ela tava visivelmente mais que eu. Ela resouveu ir toma um banho pra da uma melhorada, e pior que eu nem sabia se ia rola alguma coisa aquela noite, entao ela me chama! a porta do banheiro estava aberta, ela me pediu pra alcança um sabonete. quando ela abre o box eu vejo aqueles peitinho gostosos que ja faziam muito tempo que nao via! Na mesma hora meu pau ja fico duro e minha boca enxeu de agua com vontade de entra no chuveiro e chupa e chupa toda ela! mas o problema era que apesar de nos ja te transado nunca tinha rolado beijo e nos nao tinha intimidade pra mim entra naquele box! um na frente do outro rolava no maximo alguma provoção.

Ela saiu do banho e colocou um vestido nao era muito curto mais minha imaginação so pensava em bobage. drika pra me provoca ficava sentada no sofa com uma perna erguida dexando a mostra sua xaninha com uma calsinha vermelha. eu nao consegui para de olha ja era so tesao entre nos mas nem um tomava a iniciativa. 

Foi entao que ela me convido pra assistir tv no quarto dela, foi nesse momento que eu vi que iria come minha prima safada! quando entramos no quarto ela perguntou se eu podia fazer uma massagem nela. Meu pau ja tava latejando no calsão fui la pega o creme no banheiro e ela pediu pra mim desliga as luzez da casa. Comecei fazendo a massagem nos pés, fiz em um e depois o outro depois subi para a canela, em uma depois a outra e finalmente cheguei naquelas cochas gostosa! aproveitando que ela tava de vestido levantei ate a barriga e pude ficar observando a xaninha dela em cada movimento que eu fazia passava o dedo na busetinha dela, ela ficava olhando pra tv e agia como se nada tivese acontecendo. entao ela pegou e virou de lado e fiz massagem nas batatas da perna dela e subi pra cocha e a bunda! e que bunda! akele momento era otimo fazia movimentos lentos, ela estava com as pernas meio abertas e eu passava a mao na xaninha dela! dava pra percebe que a pepeka dela ja tava molhada! depois ela tirou o vestido e fico so de calsinha e comecei a massagear as costas dela tirei minha camisa tambem dizendo que tava com calor, falei para ela pra nos desligar a luz do quarto com a desculpa de ficar melhor de ve tv, ela concordou. quando eu termino a massagem nas costas ela vira e pede pra mim passa o creme na barriga dela, akeles peitos gostosos tao pertinho e eu continuava com a brincadeira, fazia movimentos entorno dos seios ate sua xaninha por dentro da calsinha. entao ela pediu pra mim deita com ela e faze mais uma massagem nas costas tirei meu calsao e deitei de conchinha com ela! meu pau naquela bunda gostosa! entao comecei a beijar o pescoço dela e passar a mao na xoxota dela ela começo a gemer de tesao e desligou a tv, minhas maos percorriam todo o corpo dela ela gemia pedia pra mim dexa chupao no pescoço dela. na hora ja mordi o pescoço dela ela gemia como nunca tinha gemido antes nao tinha ninguem pra nos ouvir era um momento de transe nao parecia que existia mais nada ao nosso redor o tesao tomou conta de nossas almas, mordi  a orelha dela e susurrei: Que que eu chupe tua buceta? ela respondeu: Vai chupa minha buceta ate eu goza, vai! eu fiquei com mais tesao ainda e arranquei a calsinha dela!

ela rebolava de tesao gratava palavroes fiquei imprecionado pois ela nunca tinha feito nada assim! ela aviso que ia goza e pediu pra mim nao para de chupa aperto minha cabeça contra a cabeça dela, foi quando eu tive a ideia de experimentar colocar o dedo no cu dela, ela nao falo nada e eu chupava e fodia o cu dela com meu dedo!  eu nuca tinha fodido o cu dela eu axei que ela nunca tinha dado ele mas pelo visto me enganei. ja tava loco pra fode ela e parei de chupa e subi pra cima dela enfiei de vagarzinho e ela pediu pra soca nela. começamos num vai e vem frenetico era a melhor transa que ja tinha aconttecido na minha vida ate ali! ela pediu pra mim come ela por traz, enquanto eu fodia a buceta dela enxi de saliva meu dedo e comecei a fode  o cu tambem! ela começo a geme mais meus deus era maravilhoso! entao resolvi colocar meu pau no cu de uma vez! fui colocando de vagarzinho naquele cu lambuzado ela tentava sai mas tambem tava loca pra dexa rola! ela começo a pedi pra parar mas eu nao podia ja tava quase gozando e nunca tinha comido akele cuzinho! ate que eu gozei dentro do cuzinho dela e em toda a bunda! no outro dia como sempre faziamos nao tinha acontecido nada e ela tava cheia de chupoes e disse q foi um amigo meu que fez nela! hahaha

espero que tenham gostado! 

goza e pediu pra mim nao para de chupa aperto minha cabeça contra a cabeça dela, foi quando eu tive a ideia de experimentar colocar o dedo no cu dela, ela nao falo nada e eu chupava e fodia o cu dela com meu dedo!  eu nuca tinha fodido o cu dela eu axei que ela nunca tinha dado ele mas pelo visto me enganei. ja tava loco pra fode ela e parei de chupa e subi pra cima dela enfiei de vagarzinho e ela pediu pra soca nela. começamos num vai e vem frenetico era a melhor transa que ja tinha aconttecido na minha vida ate ali! ela pediu pra mim come ela por traz, enquanto eu fodia a buceta dela enxi de saliva meu dedo e comecei a fode  o cu tambem! ela começo a geme mais meus deus era maravilhoso! entao resolvi colocar meu pau no cu de uma vez! fui colocando de vagarzinho naquele cu lambuzado ela tentava sai mas tambem tava loca pra dexa rola! ela começo a pedi pra parar mas eu nao podia ja tava quase gozando e nunca tinha comido akele cuzinho! ate que eu gozei dentro do cuzinho dela e em toda a bunda! no outro dia como sempre faziamos nao tinha acontecido nada e ela tava cheia de chupoes e disse q foi um amigo meu que fez nela! hahaha

espero que tenham gostado! 

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



primeira vez que comi meu amigocontos incesto comendo minha maePuta desde novinha contoscontos relatados por mulheres que foram abusada e acabaram gozandoconto erotico de assaltoporno gey contos eroticos ferias c priminho novinhocontos eroticos com cunhadinhas de dez anos quando passo o dedinho no meu cu fico com abuceta toda babadacasada;fodida na África;contos eróticosme fuderam meu cu na ordenha contosComi e gozei tudo naquela buceta limpa da minha irma casada eu tambem casadoconto erótico pique escondea madrasta ingênua contos eróticoscontos eroticos com roberta putinhacontos de coroa com novinhoEu e minha Mãe Cabaço contoseu e maninha fudemos gostosocontos encesto na praia de nudismocontos eroticos crossdresseres na escolaporno pulando carnaval com a tia despedida de solteira da minha irma no meu apartamentoConto erotico vizinha bobinhaconto gay maconheiroContos eróticos minha mulher no acampamentocontos eroticos o garoto perdidofingindo gay contoscontos jeova putacontos eróticos menininhaFoderam gente contos tennsconto erotico de lycra transparenteconto erotico/viadinho da mamãecontos eroticos gang bang com papai e amigossocar pasta de dente na vagina aperta.contos eroticos sou casada sobrinho prediletopapai traindo mamae comigo contos eroticossurra vaginal amordaçada contominha mae me lambeu conto erotico contos eróticos minha madrinha safadaporno pesado arrombando relatostia gozou no meu pau ao lado do primo contocontos eroticoa novinha chupou pinto do cachorrocontos eróticos transando com noracontos eroticos minha esposa nao.resistiu e meu patrao passou a rolacontos eroticos gay virei mulher hormôniosConto erotico Gay gozei dentro do cuMamando piroca do filhinho contoseroticoscontos eroticos de incesto mae massagista faz massagem no filho adultocontos eroticos comi a vendedora evangelicacontoa eroricos minha mulher meu inimigocontos porno dava pro meu padastromete vai vo gozar aiiiii uiii dlçcomendo ela de saia com vizita discretamenteFILHA EMPRESTA ROLA PRA MAE CONTOFoderam gente contos tennsTennis zelenograd contosogra e nora se lambendo contoContos gays vestido de mulher a noite na borrachariaCíntia irmã de Johnnycamiseta sem calcinha. contos de casada.conto erotico tia putacontos eroticos menina com sr getulionovinha sentido tezao au ve cachorro emgatando cachorracontos peguei maninha virgem dormindoMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contoscomendo a tia na frente da maeporno gey contos eroticos trnzando com priminho de doze anosmeninas dando so uma brexinhas da bucetascontos de cú de irmà da igrejacontos eróticos mamãe deu o cu eu viconto erotico chantagem e comeram minha esposacontos eu tomando sol peladinha meu policial gostoso chupou meus seios e grelinho