Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ÍA COMER A MINHA IRMÃ E GANHEI MINHA MÃE DE BRINDE

Olá amigos leitores, vocês não imaginam come é difícil escrever aqui, é a primeira vez que falo cobre o assunto, mas tenho que desabafar, pois o que fiz para mim não era normal, mas depois de ler algumas histárias aqui vi que acontece com muita gente.



Meu nome é Elton tenho 21 anos, faço faculdade de Administração e tenho uma irmã com 19 que acabou de entrar no curso de Fisioterapia, nás dois estudamos a noite na PUC-PR de Curitiba.



Eu e minha Irmã moramos com a nossa mãe, somos irmãos sá por parte de mãe, e desde uma certa idade sempre tive problemas com as duas, pois ambas são muito gostosas, eu sou moreno, 1,75 de altura, normal. Já as duas são muito parecidas, minha irmã Paula 1,65 de altura, 90 de busto, 60 de cintura e 94 de quadril, uma bunda deliciosa e um pacote que é de enlouquecer. Minha mãe Ana 43 anos, 92 de busto, 65 de cintura e 102 de quadril um rabão mesmo e um pacote que a filha tem de quem puxar.

Desde pequeno meus amigos sempre posavam na minha casa pra gente jogar vídeo game, mas depois com o tempo quando fiquei adolescente vi que eles sempre queriam ir na minha casa, com o tempo descobri que eles iam pra vem minha mãe de shorts, ainda mais quando eles sabiam que ela ia lavar roupas, no começo achei foda, mas depois de um tempo, por volta dos meus 19 anos comecei a ter o mesmo tesão que meus amigos tinham por ela, mas ela era minha mãe e isso era pecado.

O tempo foi passando, quando eu estava com 19 pra 19 anos, minha irmã estava com 19 pra 19 e adivinha, meus amigos começaram a ver minha irmã com outros olhos e ela tava mesmo a cápia da minha mãe e se seria difícil eles pegarem minha mãe, começaram a baixar na minha irmã. Eu estava ficando de cara e cortei relações com a maioria dos meus amigos, sá dois continuavam, o Andersom e o Marcio, pois os dois sempre foram na deles e eu os considerava como irmãos.

Um certo dia fomos treinar futebol, pois jogávamos pela seleção da cidade, fomos eu e o Anderson, mas o Marcio não foi por que disse que estava doente, então fomos, mas não teve treino e voltamos pra casa, quando chego em casa estava minha irmã e o Marcio no quarto dela, ela de quatro e ele fodendo ela. Eu fiquei de cara, mas ao mesmo tempo com tesão, fui pra cima dele e dei uma porrada na cara dele e fiz o Andersom levar ele Dalí.

Falei um monte pra Paula, ela começou a chorar e falar pra eu não dizer nada pra mãe, pois ela tava faltando curso pra dar a buceta, eu tava bravo, com ciúme e tesão ao mesmo tempo. Então não sei o que aconteceu comigo, fiquei de pé na frente dela, baixei minha calça, tirando meu pau pra fora e fiz ela abocanhar ele. Ela reclamou por sermos irmãos, então eu disse que a partir daquele dia ela não era mais sá a minha irmã, mas minha vadiazinha também, então ela abocanhou com gosto, e depois eu completei o serviço que o Marcio tinha começado, mas fiz mais e arrombei a bundinha dela naquele mesmo dia tirando o cabaçinho daquela bundinha.

Depois do incidente, nunca mais vi o Marcio, mas continuei fodendo minha irmã, até hoje. e depois de um tempo o Andersom foi pra Minas Gerais, mas continuei fodendo minha irmã, até hoje. Ela tem um namorado e eu minha namorada, mas pelo menos uma vez na semana eu pego a Paula, normalmente depois que chegamos da faculdade.

A uma semana atrás eu e minha irmã resolvemos não ir pra faculdade, pois achamos que nossa mãe não estava em casa e poderíamos foder gostoso, mas para a nossa surpresa, quando chegamos adivinha o que estava acontecendo, o Anderson tinha vindo visitar a gente e estava no chuveiro enrrabando a minha mãe, ela não sabia onde colocar a cara, pra evitar explicações eu olhei pra minha irmã e ela deu sinal verde, então ela se ajoelhou e engoliu de uma sá vez meu cacete, minha mãe ficou sem saber o que fazer, mas o Anderson continuou o serviço, minha mãe dava pra ele e ficava olhando a gente foi quando minha irmã ficou de 4 e eu soquei no cuzinho dela, depois de um tempo fiz minha irmã levantar e ir até o Anderson e tirou minha mãe dele e trouxe ela até mim, não falei nada, sá abri as pernas dela e soquei com gosto enquanto minha irmã chupava o cacete do Anderson que não acreditava no que estava acontecendo.

Foi uma suruba daquelas, minha mãe ficou mais de uma semana sem me olhar nos olhos e nos da minha irmã, mas um certo dia eu e minha irmã acordamos ela de madrugada chupando ela e ela aceitou o que aconteceria a partir Dalí, nossa família ficava mais unida e agora fodemos sempre que sentimos vontade. Dormimos juntos pelados e fodemos a qualquer hora, mas sempre na nossa casa, uma família normal pra sociedade e pervertida em casa. De vez em quando o Andersom vem visitar e a festa continua, mas na normalidade, em casa sou o namoradinho da irmãzinha safada e amante da mãe vadia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



conto erotico com pai velho coroa grisalhocontos eroticos sobre voyeur de esposaconto erotico fodendo o cu da amiga hermafroditacasa dos contos eroticos mae dando pro filho novinhoMeu namorado virou corno contos teencomtosdesexo com vovozinhascontos escola sexoContos eroticas de dor e prazercontos eroticos sobre voyeur de esposacontos eroticos mae filho filhaContos menininha pequena deixou homem comer seu cuzinho por docedei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoconto minha enteada dormiu com a bunha pra cimaconto erotic meu treinado taradovvidos de muler co casoro. fudemodepilando a minha tia gravida contos eroticosconto cinema porno casalcontos de cú por dinheirocontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .contos vou te estruparcontos deixei meu primo sugar meus mamilos gostosocontos eroticos enfermera linda em japonêscontos de cú de irmà da igrejaminha tia so de roupao contos eroticosmorena mais paquerada transando"lésbica desvirginando outra mulher relatos eroticos"ficar excitada.em onibus lotadoContos erotico mulhrr casada dona de supermecadodormindo na cada da titia contocorno espiandocontos eroticos adoro ver ele dando leite pro meu negaoflaguei minha esposa varias veses se masturbanono aniversario conto erotico gayDei a bucha pro meu sobrinho virgemxxx videos mulheris bem safadas que brinca com o pauzinho pequeno do marido tampinhaContos eroticos estorial, enfie o meu pau na buceta da minha irma ela dormindo e disperto eu dentroCONTOS EROTICOS FIZ MASSAGEM NA COMADRE ELA SO DE SHORTE ELA MELO TODA virei escrava do meu irmao mais novo conto eroticominha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoscontos eroticos promessacontos eroticos reais de mulheres casadas crente que ja enfio o pepino no.cuconto erotico cinema marido e mulhercontoseroticos negaovizinha exibidacontos eroticos gay o pastorcontos eroticos vi a pepeca de minha amigatentando escapar mas ficou sem as pregas do cuContos eroticos gosto de estupro seiosContos eroticos danadinha colo do velhocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormiMeu sogro meseduziu contoficar excitada.em onibus lotadoabri as coxa da minha esposa e.gosei. dentro da buseta gostosa delaAnãs novinha dando c*zinho falando muita sacanagemContos eroticos perdendo a virgindadecontos eroticos amigo do meu paiMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOcomendo o amiguinhopau encostou na boca da filhinha coltosconto gay aloprado gostoso virei putacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casax vedio pai eintiadadepois direto para fudela dormindocontos erotico minha namorada me confessou q fui cornoContos gay pinto pequenocontos enrabada no trabalhadodormiu jinto com a mae rabudaContos eroticos dei boleia a velha e ela me fez boqueteensinei o meu enteado a bater punheta : contos eróticossou mulher e adoro ver fotos để travesticontos de cú de irmà da igrejaContos e fotos de sexo no carnaval mtaputariaSou casada fodida contocontos eróticos marido e Cida tudo para esposa e esposaSou casada fodida conto