Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMIGO BEBADO, MULHER FACIL.

O que contarei hoje, aconteceu neste fim de semana, e ainda fico meio arrependido pelo feito, mas confesso que foi muito gostoso.



Cmo ja falei em outro conto, sou sou alto, magro, pele clara e cabelo preto, e 25 anos



Tenho um amigo de infancia, que somos muito apegados, sempre farreamos juntos até eu me casar, e mesmo depois continuavamos saindo pras cervejadas e tal.



Há um ano ele está casado com uma morena linda, estatura media, peitos normais, mas uma bunda linda.



Sempre frequentei a casa deles, e eles a minha, nunca olhei com malicia nenhuma para a esposa de meu amigo.



Neste fim de semana, decidimos sairmos juntos para uma balada qualquer e fomos, pra não ficar de vela convidei uma velha amiga minha para me acompanhar, e fomos para uma das boates de nossa cidade



Dança vai, bebida vem, minha amiga arruma um rolo e me deixa de vela ali no meio, logo comecei a procurar alguem pra mim, mas sem sucesso acabei sentando em uma mesa, quando vejo uma loira bonita me olhando do bar. a convidei para sentar com um sinal e ela veio...

Conversamos um bocado, e rolou uns beijos, tentei carregar essa loira para minha casa de qualquer forma porem ela queria que eu arrumasse alguem pra uma amiga dela, o negocio é q eu nao conhecia ninguem alem de meus amigos, e nao levaria 1 cara estranho com outra estranha pra minha casa sem eu ver o q estariam fazendo.



No final trocamos telefone e marcamos o encontro para outro dia.



Depois de algum tempo na boate, percebo meu amigo ja alterado pela bebida, e algumas horas depois, ja distraido, sua esposa me chama pra leva-lo embora pois ja estava fzendo fiasco.



Escorei ele no meu ombro e levei ate o carro. Procurei por minha amiga, porem nao encontrei-a e acabei a abandonando, mandando 1 torpedo em seguida relatando o acontecido.



Como eu havia tomado sá uma lata de cerveja e muito energetico e refri, ja prevendo que teria que dirigir, peguei o volante e fomos embora.



Chegamos na casa do casal, onde largamos o pinguço ja desmaiado na cama. Ela me convidou para tomarmos um alcool, ja que ele nao aguentou e ainda era cedo da madrugada.



Inocente, aceitei o convite, e depois de muitas eu ja estava alterado e ela tambem.



Ela começava a falar que estava louca por sexo e o marido dela desmaiado, eu sem graça, mesmo bebado....



Ela acabou levantando e na tentativa de ir ao banheiro cai no meio do corredor, eu vendo aquilo, ja bebado tambem vou la ajuda-la preocupado se ela havia machucado.. com muito esforço a levantei e a levei no banheiro, esperei no lado de fora, e quando ela sai a ajudo novamente a voltar pra sala..



A garrafa de vodka ainda tinha metade quando ela decidiu que iria secar tudo aquilo, eu tentei faze-la parar mas ela quase me espancou, entao a deixei beber, que nao durou muito, bebeu uns 4 goles e desistiu da façanha, entao se abaixou para colocar a garrafa no chao e acabou caindo de 4..



o vestido que nao era mt comprido e era meio colado levantou, mostrando tudo, ela estava sem calcinha e meu pau levantou naquela hora...

ela vira, me olha com cara de puta e diz: me ajuda a levantar?



confesso que ri na hora e ajudei, quando a levantei ela beija minha boca, e eu sem saber o que fazer retribuo o beijo...



enquanto ela me beijava ela abria minha calça, quando percebi a calça desceu, e ela logo enfiou a mao em minha cueca, tirando meu pau pra fora. eu falava para ela parar, mas quem queria mesmo era eu, estava louco de tesao e a bebida tinha colocado o "modo foda-se" ligado. nao resisti, e depois de muito beijo e pegação, levantei o vestido dela, e daquele jeito mesmo a empurrei para o sofa, deitei-me em cima e sem camisinha coloquei meu pau pra dentro, fodemos feito loucos, de 4, 69, frango assado, papai mamae...



ja estava amanhecendo quando paramos, o alcool ja tinha perdido 1 pouco do efeito. e o arrependimento começa a bater, tomamos banho juntos, mais um boquete delicioso dela no chuveiro, e fui dormir em um quarto que sobrava na casa.



Algumas horas depois sou acordado por meu amigo me dando travesseiradas e me chamando de vagabundo por estar dormindo ainda.

Nesta hora que o arrependimento bateu de verdade, enganei meu melhor amigo, aquele que sempre me apoiou em tudo.



A esposa dele estava normal, com uma puta cara de ressaca, mas agia normalmente, sera que ela se lembra do que aconteceu? nao sei, sá sei que eu me lembro e nunca vou me esquecer dessa covardia que fiz com meu amigo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos eroticos meu tio meu amante casa de vovopeladas com cu e a bunda melada de manteigatransando com meu brotherDanadinha sapeca contosConto erotico real adolecente gorduchinho peladinhoconto erótico cabecinha do grelocontos eróticos casadas safadasgenro da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticosconto erotico: va para o vestiario e me esperena sauna com minha vizinha contoscontos eroticos amigo gay iniciouCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contosConto erótico fui humilhado pela minha chefe e me vingueidando para dois garotinhos contosopastorpornocurradapornocontos eroticos vizinho me pegou shortinhocontos de coroa com novinhocontos siririca praiaconto sexo fred passa vara barnyAs novihas de xortihos no cucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaesposa vagabunda contoscontos de cú de irmà da igrejaContos domesticas casadas enrabada pela patroa com vibradorcontos eroticos minha sogra é uma tentaçaoBrincando com os leitores contos eroticosrealizando minhas taras com a gravida contos eroticosconto eroticos ,tio e pai dando banho na sobrinha de 6ou 7Contos de padrasto dando banho na filhinha bebecontos eróticos gays cavalgando no tioconto de arrebentando o meu cu com a pica grandeConto erotico caipirinhacontos eroticos filhinhaeu um cao e minhas amigas gemeas contos eroticos tennisconto erodico de entiada evangelicaconto erotico Meu padrasto me fudendo e minha mae viu e deixouLambuzada de mel pro cachorro lamberconto erotico gay estuprocontos de coroa com novinhozoofilia com gatocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto dei pro mendigoO amigo do meu namorado Contos eroticos teenconto erotico viadinho de calcinha no citiocontos de mulheres q se masturbamrapidissima no cu da maninhalambi os pezinhos da menina contosno onibus de excursao sem calcinhaconto erotico calcinha neguinhocontos eróticos com mulher carentecunhadinha humilhada contofilha de diplomatas conto heroticocontos eroticos dona de casa e mendingoconto gay zoofilia com galinhaMe Estruparam No Banheiro da escola contos eroticos gayscontos gay padrasto negro dotado bebadominha vadia jemendo muito contos eroticosru cdzinhabrincadeiras no escurinho conto eroticoa bumda que sempre sonhei comeconto abrindo a buceta da mulher como de uma eguscomi o cu da minha sogra linda e da filha elas gritavacoroa me rasgou contopacto entre irmaos conto pornocoroas safadas depilando as axilascontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaminha amiga me levou p suruba contos eroticosfui enrabadacontos erótico menininha elevadoContos eroticos meu rabaocontos eroticos seduzi meu cunhado e tomei sua porracontoseroticos negaocontos eroticos tres paus me foderam muitoconto de transa com o amigo do meu pai