Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA IRMA CACULA

COMI MINHA ÍRMãCAÇULA



Era um dia quente de verão. Estava na janela olhando a paisagem ao redor. O calor era insuportável. Não havia nada para se fazer naquela tarde ensolarada. Resolvi ir para o quarto e ditar um pouco.

Quanto entro no quarto, vejo minha irmãzinha deitada na minha cama de bruços. Ela estava dormindo. Estava usando mini-blusa e uma saia curtíssima. Aproximei-me e comecei a tentar acordá-la. Mas ela dormia profundamente. Dava para ver o volume da buceta na calcinha. Afastei-me um pouco e comecei o observá-la com atenção. Aproximei-me novamente e virei ela de frente para mim. Suas pernas ficaram abertas em minha direção. Era uma visão maravilhosa. Não resisti à tentação e resolvi passar as mãos nos seus seios. Eles eram de tamanho médio, firmes e, para minha surpresa, começaram a ficar durinhos com as minhas carícias.

Desci as mãos até chegar à sua buceta. Volumosa e macia, acariciava com cuidado com receio de acordá-la. Passava o dedinho na entrada. Não resisti e afastei sua calcinha de lado. Foi a visão mais maravilhosa que tive em toda a minha vida. Sua buceta era linda. Depilada e lisinha: Perfeita. Percebi que sua buceta começava a ficar molhada. Minha irmã mesmo dormindo já estava ficando excitada. Me abaixei na sua frente, abri suas pernas e comecei a chupar aquela buceta maravilhosa. Com o passar do tempo, chupava com mais força. Estava bebendo todo o leitinho que saia daquela xoxotinha deliciosa.

Estava com tanto tesão que resolvi tirar sua calcinha: talvez fosse a única chance de fuder minha írmã, não podia desperdiçá-la. De repente, ela começa a se movimentar: estava acordando. Quando se encontra de pernas abertas e eu agachado na sua frente ela sem calcinha, solta um grito ensurdecedor (deve ter sido ouvido em toda a vizinhança).

Fiquei apavorado. Tentei acalmá-la. Ela estava muito nervosa. Perguntou se eu havia visto ela pelada. Disse que sim. Ela perguntou por que eu tinha feito aquilo com ela. Porque era louco por ele, respondi. Disse a ela que não diria nada a ninguém se ela fizesse isso sá essa fez comigo. Ela pensou um pouco e disse que sim.

Comecei a chupar novamente sua buceta. Ela gemia de prazer. Pedi para ela sentar na cama e coloquei meu cacete para forra. Pedi que chupasse. Ela abocanhou todo de uma vez. Chupava deliciosamente. Mas não estava interessado nisso. Fui direto ao ponto principal: sua buceta.

Com as pernas bem abertas, coloquei meu cacete bem na entrada de sua xoxotinha. Ela disse que estava com medo de doer. Prometi que se doesse, eu pararia. Comecei a empurrar meu cacete naquela buceta maravilhosa bem devagar. A cada centímetro que entrava, mais alto ela Gemia. Começamos a nos beijar. Meu cacete já estava todo dentro dela e ela pedia para que eu mexesse mais rápido. Estávamos fudendo intensamente. Metia nele com todo força. Ela dizia que me amava. O que fazia eu meter mais forte ainda.

Ela começou a tremer, percebi que estava gozando. Iniciei uma sequência de estocadas com mais intensidade. Queria gozar junto com ela. Enfiar tudo, pediu. Ela gemia e se contorcia de prazer: estava gozando. Pouco tempo depois era minha vez. O gozo veio de forma tão intensa. Esporrei tudo dentro dela. Aquilo foi maravilhoso.

Estávamos exaustos. Prometemos um ao outro que essa seria a primeira de muitas transas gostosas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



Contos eroticos comi a força a minha tiacontos mae queria manma meu paucontos eroticos minha namorada traindo com meu melhor amigoconto erotico o viadinho de calcinha e shortinho estupradocontos pelado d4 pr macho no matoConto erótico lutinha na infanciacunhada ariando a calçinha p mimcontos de boquete bom de primos e primas novinhosestupro lesbica conto erotico 2018Conto etotico senhora sograChupando o peito da priminha gostosa:*conto erotico A NINFETINHA AMIGA DA MINHA SOBRINHA 3embebedei minha irma e a comi conto eroticocontos eroticos de escrava de madamecontos edroticos de coroas gays cacetudoscontos picante eu dando o cu pro meu tio gaysmetendoo con vpontadi pornocontos minha mulher pagou minha divida com a bundavideos sexo minha cunhadinha loirinhas bem novinha viu eu tomando banho e qui meda tudocontos eroticos cuidando da sogra com a perna quebradacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos comi o cu do meu marido com o desodorantecontos verídicos com garotas teenssou casada mas sou fissurada em pauvidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhacontos eróticos de incesto com a irmã caçulaContos transformaçao femea pornContos filho deixa mae so de calcinhaO pirralho do vizinho contosminha tia atendeu a porta sem calcinha contos eroticosdepois do anus e da vagina tem outraentrada pro penis entrar?contos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e buceta"gozei tudo na boca"conto gay viciei na rola do negÃocontos eroticos na fazenda com a mamaecontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornoConto erotico enteadacontos eroticos traindo o marido no onibusconto erotico cagando durante analminha mae morreu no parto e meu pai mim criou contosContos flagra de sogracontos erotico garota do interior peteu cabaçohomem teve coragem e deu cu travesti contosconto de mulher que se masturbaconto erotico unica mulher da festatanguinhas.de.lycra.contos.crossdresserContos eróticos boca maciaMinha irma adolecente taradinha em conto eroticode calcinha pros amigos do marido contoscontos de zoofilia gaycontos de metendo em uma peluda ruivacontos eróticos miha mulhere fica masturbando vendo travesticontos eroticos sou uma coroa vagabunda levei o muleke na minha casa e fiz ele comer meu cu e minha bucetacontos eróticos com Manifestocontos eroticos sobre voyeur de esposaengravidou minha mulher agora nao quero assumir conto eroticocontoseroticos meniniceuma dp muita dor mais deliciosa conto.contos erotlcos minha esposa solangecontoporno com evangelicoscontos de incestos e orgias com minha mulher minha irma emcass nudistasRex dando o cucontos eroticos pai e tio me estupravam quando meninacontos eróticos de surpresaContos.encesto.na.cadeiacontos enrabado na saunaconto erotico patricinha dando pra pobreirma vagabunda safada irmao pirocudo contos cunhado corninhoContos deichei minha entiada cvomconto erotico viadinho de shortinho e calcinha com mendingoconto punheta noivaContos de podolatria-pisei na caracontos eroticos filho encoxando a mae no choucontos erotico de pai e filhameu tio me comeu meu cucontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhaestupro senti prazer contosconto erotico adoro da pro meu filho com a buceta sujacontos eroticos- supositorio no cu da filha