Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESDE PEQUENA

Desde que me entendo por gente sempre gostei de sexo, mesmo antes de saber o que era. Minha mãe separou-se do meu pai quando eu tinha 4 anos, ficou um tempo sozinha depois começou a namorar um carinha e depois de um ano ela resolveu que eles deviam morar juntos. Minha mãe tinha na época 24 e eu tinha 7 anos. O cara era legal, sempre me deu muito carinho e atenção procurando fazer quase todas as minhas vontades. Como eu era acostumada a dormir com minha mãe, quando ela casou de novo eu não abri mão de continuar dormindo com ela o que causou um certo incomodo em meu novo padrasto a principio pois eu tinha medo do escuro e ele teve que colocar um abajuzinho com a luz azul aceso a noite toda pois se acordasse e tivesse escuro eu começava a chorar. Quando era de noite íamos para cama os três e quase sempre eu dormia primeiro que eles e era comum eu acordar com a cama balançando e minha mãe falava para eu dormir que meu padrasto estava ninando ela para dormir, e eu acabava dormindo de novo. Mas o tempo foi passando e eu passei a prestar mais atenção nesta brincadeira e qual não foi a minha surpresa quando eu fingindo que estava dormindo vi minha mãe tirar a roupa e começar a se esfregar no meu padrasto subindo ate colocar a bichinha dela na boca dele. Eu pensei: será que é assim que ele bota ela pra ninar???? Meu padrasto chupava a bichinha da minha mãe e ela parecia uma cobra de tanto que se retorcia ate que num gemido mais alto ela foi ficando molinha e arriando em cima dele. Achei aquilo muito estranho mas ao mesmo tempo sentia algo gostoso dentro de mim e minha bichinha parecia que estava com febre, eu ali quietinha fingindo que dormia. Pensei que tinha acabado mas era apenas o começo pois depois que minha mãe se recuperou deu um beijo na boca dele e veio descendo com a boca por seu peito, que peito lindo e cabeludo, foi descendo ate tirar a cueca dele e pela primeira vez eu vi um pau ao vivo e a cores, mas por pouco tempo pois minha mãe deu um beijo na cabeça e depois engoliu ele inteiro, não acreditei que minha mãe conseguisse colocar aquilo tudo na boca pois não era pequeno, mas ela continuou chupando e engolindo ele todo, tirava ate a cabeça e depois engolia de novo, ora ela parava e passava a língua na cabeça e lambia ate o saco, aquelas duas bolas cobertas de pelos pareciam bolas de ping-pong e depois voltava a engolir tudo denovo chegando a fazer barulho de tão forte que ela chupava. Ate que meu padrasto começou a gemer e segurar a cabeça de minha mãe enterrando fundo no pau dele, e vi minha mãe satisfeita engolindo alguma coisa que escoria pelos lados da boca dela. E continuou chupando chupando por um tempo e aquele pau continuava em pe, hoje sei que minha mãe chupou ate que ele ficasse duro novamente, então tirou ele da boca e colocou em sentou em cima dele fazendo ele desaparecer todinho em sua bichinha, começando a subir e descer tirando ele todo para fora e fazendo sumir novamente, ficou assim por um bom tempo ate minha mãe começar a gemer novamente e tremer sem eu enteder porque, fiquei ate com medo que ela tivesse passando mal. Meu padrasto continuou socando aquela tora por mais alguns minutos e depois pediu que ela ficasse de quatro. Minha mãe se ajeitou na cama para não me incomodar e ficou de quatro na lateral da cama, meu padrato pegou uma pomadinha que ele tinha em baixo do travesseiro e começou a passar atrás da minha mãe, quando ele fez isso pude ver de perto aquele pau lindo e duro apontando para o alto. Era realmente grande com uma cabeça vermelha e brilhosa, que so em escrever me enche a boca de água. Em seguida passou na cabeça e espalhou em todo pau e começou a empurrar em minha mãe por trás bem devagar, minha mãe gemia e pedia calma ate entrar tudo. De onde estava vi aquele pau sumir pouco a pouco no cu da minha mãe, então ele começou a entrar e sair a principio devagar e depois foi aumentando o ritmo as vezes tirava tudo e colocava de novo ate que vi ele se enterrar todo dentro dela e dizer que tava gozando, minha mãe começou a rebolar com aquelçe pau todo enterrado nela ate que aos poucos foi saindo já não tão duro como antes mais mesmo assim lindo Depois eu conto mais, afinal isso não foi nem o começo, afinal eu era menininha ainda e não sabia destas coisas. As coisas foram melhorando com o passar do tempo. Se quizerem depois eu conto. Beijinhos [email protected]



Haaa, não esqueçam de votar nele se gostarem é claro.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



Contos eroticos meteu o cu no pau do irmao que tava dormindomulheres batendo punheta nos animais como cachorros e ponhesDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casahomem roludo e bom demais conto eroticoO amante de minha mulher e um garoto dotado contosvideos de gay apostei o meu cu e olha no que deuconto erotico ferias na praiaconto erótico as duasme tarandocontos eróticos comendo a coroa caipiracontos eròticos gay virou minha negacontos de cú de madrinhasalto alto da minha irman contos eroticoContos eroticos cachoeiracontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissocontos gays mamando no mamilocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosconto erótico eu meu namorado e minha amigacontos porno eu e meu marido fomos violentadoscontos eroticos dei meu cu pra todoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos eróticos - fudendo com dorfeia (contos eróticos)esposa no motel com amigos contoContos eroticos emprrsarios dupla rContos eroticos cunhada safada jeovacontos eróticos professora com garotinhoscontos reais meu marido fez uma deliciosa DP com seu amigocasada recebe proposta indecente contosnovinha peguei no pinto do cachorro relatoscontos eroticos jardineiro comeu eu e minha mulhercontos verídicas de sexo em montes claroscontos femininos foi dificil dar o cuzinhocontos japonesa rabudaContos eróticos linguada safadoxconto me beija corno estou com porra de outromenino tarado contoscunhada casada e timida linda contoscontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhocontos herodico de vadia sendo arromba por um cachorromeu chefe comeu meu cu a força contoscontos eroticos homem casado dando para o primonovinha p****** dando para o bodãocontos eróticos menina pequena f****** com irmão Grandecontos de mulheres que tomaram ativador sexualcontos comi a japonesa rabuda casadacontos necessitava de rolameu pai me arregasou todavedio de puliciais revistando os bonitois e chupando o pau delisele com a pica cabeçuda balançando na frente da minha mulher contos eróticoscontos de boquete bom de primos e primas novinhoseu e minha irmanzinha acediano papai contos eroticoscheirinho.gostoso da bucetinha contosCONTOS EROTICOS DE ZOOFILIA FUDENDO A MINHA BEZERRA NOVINHAsalto alto conto eroticocontos eróticos bizarroRelatos Eróticos Pastores Negros mais lidos Contos eróticos de homens que tomam viagra e arrombam mulhercontos eroticos da suellem a crenteconto erotico gay bebendo leitinho do padrastocontoseróticos, chantageadacontos gays cheirando paucontos eroticos garotinha dormindo no colo do padrinho de pijaminhaContos sequestrado pela vizinha loucacontoseroticostesaoContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalContos eroticos meu neto pirocudocontos eróticos com vizinhacorno na minha propria casa contos eroticocontos eroticos filho tomando banho com o pai viuvoloira casada malho e adoro negao contosFoderam gente contos tennsxvideo de guatro bem reganhadinha faço ele gozaconto viadinho desde cedoConto picante familia incesto agressivo bisexual agressivozoofilia com eguascontos eroticos sobre voyeur de esposacontos de sexo comi minha sogra vadia na frente da irma delaminha namorada e eu alisando pau do meu primo/conto_25309_vestida-de-colegial-perdi-meu-cabaco-com-meu-tio..htmlcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erótico o capataz tarado pelo viadinho de calcinhaConto eu era pequeno eu virei a bunda pra ele passar o dedo no meu cuzinhomae e filha com vibrador na buceta contos eroticosconto erotico mulher traindo marido no barver vídeos antigos de novinhos mostrando seuspentelhos na webcontos eróticos sou casada e fis uma suruba escondido o neguinho garoto comeu minha esposa contoComtos eroticos com cumada novinhacontos pornos de tio e a sobrinha gostosaSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos erotico a mulher feianao queria mas fui obrigado a foder a novinha contoscontos pornos mamae carinhosaContos de coroa dando por ser chantagiada