Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MÃE TREPOU NA MINHA FRENTE

Meu nome é Fabricio. Tenho 19 anos.

O nome da minha mãe é Jussara (nomes verdadeiros). Ela é loira falsa, tem 55 anos, 58 quilos. Bunda e seios médios e meio caídos pela idade. Tem rosto bonito para a idade e uma boca deliciosa.

Um dia acabei voltando mais cedo da faculdade. Quando cheguei, minha mãe não queria me deixar entrar em casa. Isso já tinha acontecido antes. Eu tinha que dar uma volta e voltar depois. Mas desta vez fiquei esperando e comecei a gritar:

_MÃÃÃÃEEEE! ABREEE PRAAA MIIIM!!!! MÃÃÃÃÃEEEE! O QUE TU TÁ FAZENDOOOO AÍÍÍÍÍ?

Os vizinhos estavam ouvindo meus gritos. Isso mesmo que eu queria, pra ver se ela abria pra mim.

__MÃÃÃNHÊÊÊÊ!!!!!!! O QUE TU TÁ FAZEEENDOOO???

De repente ela abriu. Colocou a cara na porta e me disse:

__Fabricio, tu quer saber o que eu to fazendo, seu bosta? Tu quer ver, hein!

Nessa hora eu gelei. Será que eu ia ver o que não queria?

__Responde seu bosta!!!

_Eu sá quero entrar, mãe.

_ Então entra e não reclama!

Ela estava toda pelada e suada. A casa tava com um cheiro de sexo. Quando eu chego na sala havia um homem pelado de pau duro suado no sofá da sala. E que pau!

Era o Georges, chefe do meu pai. Um cara safado e metido a conquistador. Alto e forte.

_A gora tu vai ver e que eu tava fazendo, seu merda!

Quando o Georges me viu, o pau dele deu mais uma crescida! Ele me disse:

Oi Fabricio! Não é todo dia que se encontra o chefe do pai de pau duro dando um trato na mãe, né? Passei todo o serviço pro teu pai lá na firma hoje.

Ela pegou no pau do Georges, ficou de cácoras e começou a lamber e chupar aquela pica enorme e cabeçuda !

Fiquei paralisado vendo aquilo! Minha mãe mamando com gosto aquele pau monstruoso bem na minha frente! Ele gemia como um trator e dizia:

_Isso Jussara. Chupadeira. Puta safada!AAAAAA...AAAAAA!!!

_ Ela tirou o pau da boca e me olhou:

_Tá sabendo agora o que a mamãe tava fazendo? Tá vendo? O pau dele é 3 vezes maior que o do teu pai. E mil vezes mais gostoso.

Engoli em seco.

Minha mãe chupava bem gostoso o caralho imenso daquele canalha e tocava uma siririca. Chupava os ovos. Punhetava aquele mastro. E o safado segurava a cabeça dela até ela engasgar.

_Olha aqui filho da puta! Olha como a cadela gosta!

Filho da puuuuta! Tu é frouxo que nem teu pai!

Ela se levantou pra sentar com a buça no pau dele. Georjão sentou no sofá de pau em riste. Ela subiu com os pés no sofá, ficou de frente pra ele e foi se acocando no cacetão.

Fui engatinhado pela sala pra ver aquilo de pertinho.

Ela colocou as mãos nos ombros dele. Ele empurrava ela pra baixo pelas ancas. Minha mãe brincava com a cabeçorra do pau do chefe do meu pai com a buceta. Ele pegou a bunda dela com aquelas mãos grandes e começou a fazer ela subir e descer. Ela gemia e dava gritinhos de puta.

E eu ali, vendo aquele pau e a buceta carnuda da minha mãe cheios de gosma, com aquele cheiro de sexo exalando dos dois. Aquele sacão cheio de esperma balançando na minha frente.

A cada enfiada minha mãezinha descia mais! Até que descia e trancava batendo lá no útero dela. O canalha de Georges metia aquela pau enorrme e gostoso fundo e forte na buceta que eu nasci.

_Tá vendo filho da puta! O que eu eu faço com a mulher do teu pai! E vou fazer com a tua também quando tu tiver, seu viadinho!

Ele falava essa coisas agressivas e ela dava um grito. Ela adorava isso!

Eles foderam assim. Ele xingando a nossa família e ela dando aqueles gritinhos. às vezes a Jussara dizia coisas desconexas. “Ai, me rasga! Me rasga toda. Mete fundo em mim”.

Eu tava de pauzinho durinho com isso! Admirando aquele pau de verdade encher de prazer uma fêmea da minha família.

Ele virou ela de frente pra mim.

Quando ela me viu ali com a cara bem pertinho da buceta dela e da verga dele, ela deu um sorriso sádico e incontido de satisfação.

_Nunca pensou que a mamãe aguentava uma piça big que nem a do Georges, né?

Ela encosta a buceta na cabeça do pau dele , dobra os joelhos e fica na pontinha dos pés.

Jussara me olha com cara de má e se deixa cair com seu peso na pica avantajada, grossa e comprida do pilantra do Georges.

Ela revira os olhos e dá um berro cheio de tesão.

Então minha mãe começa a saltar, tirando totalmente os pés do chão e se deixando cair num ritmo frenético. O pau daquele homem sacana batia com força no útero que me abrigou.

Seus seios , sua barriguinha e seus músculos se balançavam e tremiam com o movimento e o tesão de possuir aquela pica excepicional dentro dela.

O comedor da minha mãe enfia o pau mexendo a cintura dele contra a bunda da velha gostosa com força, balançando aqueles ovos enormes.Pega com os dedos nos bicos dos seios que eu mamei e puxa. Acho que isso dá uma dorzinha nela, mas ela adora!

Ela começa a gozar como uma louca. Gritando e gemendo e se balançando inteira. Vejo a buceta dela “mastigar” a vigorosa piça daquele macho.

A cada botada entrava e saía um palmo de piça. Mas sobraça muita rola dentro daquela vaca.

Jussara gozava intensamente.

_Aaaiii, que trepada! Ai, que trepadaaaaaaaaaaaa!

Ai, meu deus! Amoooooo esse pau!

_Goza sua puta! Goza Jussara! Goza no meu pau na frente do viadinho do Fabricio!

_AAAAAAAAAAA...AAAAAAAAAAAA...AAAAAAAAAA!

Ela gozou assim por mais de 5 minutos. Agora era eu quem não queria que os vizinhos ouvissem.

Ela parou de gritar e ele começou com sua voz grossona a gritar:

Vou gozar puta! Vou esporrear na tua cara hoje!

Ela deu mais uma mascada de buceta no caralho dele.

Eu, com aquelas palavras, repeti o movimento de minha mãe com minha pelves.

Ele deu uns tapas na bunda pra ela desengatar do pau.

Ela saiu de cima da vara gostosa e se ajoelhou bem do meu lado e esperou de boca aberta.

_Goza aqui, Georjão! Mostra pro Fabricio como tua porra é gostosa! – dizia ela agarrada nas pernas musculosas dele.

Me enche de milhões e milhões de ti! -Ela disse com a voz meio rouca e embargada de tesão.

Sem querer abri a boca levemente como se fosse ela.

Nás dois a poucos centímetros da cabeça da pica daquele macho de verdade. E a ponto de gozar sua porra.

O primeiro jato acertou toda a carinhada minha mãe, do queixinho até a testa e o cabelo. O canalha esporreava sem parar. Encheu a cara e as rugas da minha mãezinha da sua porra espessa e grudenta. A coitadinha mal podia abrir os olhos. Escorria para dentro das orelharas e pingava nas tetas.

_UUUUUUUUU...UUUUU!

Ele urrava de satisfação.

_Tá olhando o que, viadinho?! Toma!

E mandou um jato de porra na minha cara também.

Aquilo me humilhou mais ainda.

Minha mãe espalhava a porra pelas tetas. Escorria porra da ponta do nariz dela.

Quando ela viu porra na minha cara soltou uma gargalhada. Me apontou com o dedo e disse:

_Viu sá, seu merda!? Ninguém mandou meter esse nariz onde não foi chamado!

_Filho da puta! Foi sá pra tu não reclamar pro corno do teu pai que não te dei mamá de porra também!

Passei a língua nos lábios e bebi a porra na frente dele.

Ele sentou no sofá e me mandou servir-lhe um uísque com gelo. Fui servi-lo e minha mãe sentou no chão toda lambuzada e ficou acariciando aquela enorme piça amolecida.

Nos práximos vou contar como vi o Georges e o outro chefe do meu pai meterem no cu da Jussara e como essa vaca gozou na vara dos caras que me surraram.

Meu MSN é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



Meu namorado virou corno contos teenconto chupei minha irmãzinha dormindoconvencir minha mulher zoofiliaflagrei o garotinho lanbuzado de porracontos eroticos viuvaContos gay pastorcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casanamorada virgem.contoconto erotico esmagou cu esposaconto minha esposa me trocou por um negãocontos eróticos de mulher casada f****** com namorado da filhaconto erotico neide safadinhaconto erotico chantageado namorada do meu amigoContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalconto sou corno feliza amiga da minha prima conto erótico conto erotico esposa sofre no pintaoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico gay foi obrigado a usar calcinhacontos eróticos sadomazoquismo minha esposa e nossa filhacontos menina menor calcinhacontos eroticos com senhoras da igreja testemunha de Jeováfode a mulher do irmao para provar que ela é uma putavideoo porno da bundona de chorte de burmiTennis zelenograd contomalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contovídeo pornô com travesti travesti transando com a outra por amor todinho raiva da outraconto erotico video gamecontos eroticos meu vizinho me flagrou dando o cu pro meu cachorrocontoerotico senhora mae sou mae bem discaradapapa fode a filha com sai posta e mae nao ve porno.comcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaacordando com um boquetecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casadeitou com a tia e foi estrupado sexualmenteconto erotico esposa sogro e um negro fantasia do cornoas calcinha. da empregadinha contocontos erotivos aconteceu em monteverdecontos eroticos Roberta traindocontos de negoes gays roludos dotadostia de saia safada contorelatos de corno cumplice casa dos contoscontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos eroticos baixinha aninhoscontos bdsm escrava virtual virtualgozeino paudeli pornocontos eroticos meu excontos eroticos vizinho me pegou shortinhoputa irmão contocontos eróticos marido e Cida tudo para esposa e esposacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casavoyeur de esposa conto eroticocontos de sexo gravida e carentePorno tentei dar meu cu depois de casado contosnovinha dopadacontos eróticos comeu meu c* enterro todinhaContos eroricos transei com minha empregadaContos de masturbação com objetos no ginecologista"comi uma caloura"casa dos contos meu pai chamou dois amigos dele pra arrombar meu cuzinho virgem dpmulher pois o marido a xupae o travesteconto erotico neu rabo seduziu meu subrinhotransando com frentista contoeu comi minha prof soraConto erotico Gay gozei dentro do cucontos de mulher de 60 anosminha namorada perguntou se eu era gay contocontos eroticos papai 40 amigas i eu arrumacontos eroticos engravidei de um velho e o meu marido nem desconfiacontos eróticos sexo sem camisinha e gozando Dentrocoroa sendo assaltado e estupradocontos erótico deu o cu quando era moleque e me rasgaramnovinha peguei no pinto do cachorro relatoscontos eróticos coni minha filha e seu amigo gayFODA GRAVE arrombando ninfetinhaConto erotico traindocontos eróticos de i****** mãe na b***** da filha novinha assim permite-se a rolaquero ver menininho dançando com shortinho dando molecontos eroticos zoofilia sadan me arrombouconto erotico dopadaxvideo mobile meu pai me castigoucontos eroticos zoofilia com a cachorra a noiteComi minha mae a forca contos eroticoscontos eroticos gordas virgecontos.porno fui dar banho na minha filhinha e acabei enfiando o sabonte no cuzinho delaFoderam gente contos tennscontos minha mae viu meu rolao no bamhoeu sou solteiro eu sou empresário eu moro sozinho no meu apartamento minha linda e gostosa secretária casada da minha empresa eu sempre eu quis fuder sua buceta eu conversando com ela dentro da minha sala eu disse pra ela eu queria ter uma esposa como você pra morar comigo no meu apartamento ela disse pra mim patrão eu me separei do meu ex marido porque eu descobrir que ele tinha uma amante eu perguntei pra ela você que ir morar comigo no meu apartamento pra você ser minha esposa ela disse pra mim eu quero patrão ir morar com você pra eu ser sua esposa eu dei um beijo na boca dela eu levei ela comigo pro meu apartamento eu levei ela pro meu quarto ela me deu um abraço ela me deu um beijo na minha boca ela tirou sua roupa ela deitou na minha cama eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta ela gozo na minha boca ela pegou no meu pau ela disse pra mim seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu ex marido ela começou a chupar meu pau eu fui metendo meu pau na sua buceta eu comecei a fuder sua buceta eu disse pra ela sua buceta e muito gostosa de fuder eu disse pra ela agora que você e minha esposa eu vou fuder sua buceta todos os dias ela disse fode minha buceta eu fundendo sua buceta ela gozo ela disse pra mim eu quero dar meu cu pra você conto eróticoSou casada mas bebi porro de outra cara contosdisvirginei a minha professora contos erodicos