Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A VIÚVA E OS PADRES

Em uma noite de chuva forte, trovoadas e relâmpagos



Fernanda encontrava-se em uma melancolia por estar sá em



sua enorme casa (pois ela morava em um vilarejo na



Transilvania, e havia ficado viúva há algumas semanas, ainda



chorava pelos cantos pela perda de seu adorado esposo).

Como sua casa era afastada do vilarejo era muito raro



alguém passar por ali. Mas nesta noite passara uma



carruagem com dois jovens padres, que quebrou bem de



frente a sua propriedade, os rapazes bateram em sua porta.

Sabrina sua criada que já se aprontava para se retirar foi



atender a porta pedindo para que os rapazes entrassem e



esperassem foi logo chamar sua patroa, Fernanda veio atrás



de sua criada usando uma belíssima e longa camisola e



penhoar preto.

Os padres vendo tal escultura de mulher se encabularam, e



sem poder encará-la nos olhos pediu abrigo até a manha



seguinte.

Ela ainda no alto da escada pode reparar nas vestes dos



rapazes.

O mais aloirado trajava uma calça barrosa, sapatos sujos,



capa marrom com uma blusa branca, o moreno trajava, calças



pretas com barras sujas de barro e terno preto.

Muito delicadamente Fernanda aceitou que os rapazes



pousassem em sua residência durante aquela noite, pediu a



Sabrina que preparasse os leitos, mas antes que lês servisse



um caldo quente, e com a ultima ordem dada tornou a subir as



escadas em direção ao seu práprio leito.

Passado algumas horas no alto da noite os rapazes



escutaram gritos, gemidos e murmúrios no leito ao lado, os



rapazes em um ímpeto de bravura pegaram castiçais em seu



aposento e foram averiguar, depararam-se com uma porta



entre aberta, de onde se via uma cama e um sofá, em cima



da cama encontrava-se Fernanda completamente nua com



suas belas formas a se tocar.

Suas mãos passaram pelos seus peitos firmes e grandes,



descendo lentamente pela barriga num gesto rápido



colocando a mão no meio das pernas começou a acariciar



sua bela e apertada bucetinha, os rapazes ao verem aquela



cena se desequilibraram esquecendo seus votos de



castidade caíram porta adentro a assustando.

Fernanda sem reação, sá olhou para os rapazes, que ficaram



petrificados. Fernanda se levantou e foi ao encontro dos dois



e num gesto rápido tirou a roupa de dormir dos dois, beijou o



loiro começou a fazer uma chupeta no moreno provocando o



loiro com o rabo virado para ele convidando-o a fode-la de



quatro enquanto chupava seu amigo.

O padre loiro não demorou a deixar seus instintos aflorarem



vendo aquele rabo roçando em seu pau que já estava duro



feito aço e latejando de tanto tesão, sem esperar outro



convite e vendo o seu amigo delirando com a boquete que ela



fazia nele o padre abriu as bandas do rabo de Fernanda e



sem dá meteu com tudo o seu pau dentro do cú dela,



segurando-a pelos cabelos, começou a foder com vontade



aquele cú apertado, o padre moreno vendo o delírio dela fez



com que ela se ajeitasse sobre seu pau e começou a foder



sua buceta Fernanda em delírio gritava e gemia sem se



importa com os criados da casa, os dois trocaram de lados



passando o moreno que tinha um pau pouco maior e mais



grosso a comer seu cú e o loiro a comer sua buceta.

Fernanda parecia um instrumento nas mãos deles de tantos



toques, que eles davam em seu corpo, chupavam e



mordiscavam seus peitos, o moreno começou a chupar sua



buceta enfiando dois dedos em seu rabo e ela rebolava em



sua boca enquanto fazia um boquete para o loiro, os dois



padres já loucos de tesão foderam ao mesmo tempo em sua



buceta e depois em seu rabo.

Em seus gritos, murmúrios e gemidos de delírio e tesão



Fernanda acordara sua leal criada Sabrina que foi ao quarto



de sua patroa ver se ela precisa de ajuda, ao entrar no quarto



depara-se com sua patroa dando o cú para os dois ao mesmo



tempo.

Sabrina ao ver aquela cena começou a se tocar, e sua



respiração passou a ser mais ofegante chamando a atenção



dos padres e de Fernanda, os padres a pegaram e a levaram



até a cama fazendo com que as duas se beijassem se



tocassem se chupassem e as duas os chuparam, e os quatro



ficaram os restos da noite nesta deliciosa foda.





Autora: Fernanda Subires

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



contos colocando menina pra. mamarContos eroticos fudida no metro por 4contos de esposa arrombada dormindocontos viajando com papaiFoderam gente contos tennscontos eróticosengravidando a irmã dormindopai sempre brincava com seus filhos de tirar a toalha e sair corrwndo e um certo dia fez sexo com sua filha no banheiro contos eroticosbunda queria sentir a Rola entrando devagar contoa gostosa d aobrinha pertubando o tio kovem no quarto cheio d teaaoetero deu o cu so de curiosidade pela primeira vez e choroucontos eroticos: fudendo no cu de uma bebada no taxitroca x troca feito com amigo e dando o cu contosdois primosSentando no colo. Contos eroticos.Contos erótico filhinha gosta de mamar picafodas relatadas nora com geromamae gostosa engatada com o dog alemao feito uma cadela conto erotico zoofiliade calcinha na frente do meu pai contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaesposa gozando pelo cucontos eróticos com dona de casa na Fazendacontos eroticos joão deu a piça gg para eu e mamãe contos eroticos chupando meu pai e meu tiocontos erot-meu avo e eu na fazendaContos amigos fodem maes de amigos por traicaoGosta mini saia Fundedo milha culhada historia conto minha filha e meu amigo depravadogostando de ser estuprada contos eroticoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosContos eroticos mulher cuzeiramae e filha de fio dental na praia e do padrasto contocontos de cú de irmà da igrejaminha mulher me traiu contoscontos eroticos traindo marido na Salacontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigochupador de picasou louca por anal sou evangelica conto pornoconto erotico as pregas da empregadaconto+fui+arebentada+negro+meu+maido+adoroucontos eróticos cunhadaxvidio cu mas floxo e da peidicontos de cú de irmà da igrejapezinhos suados da minha mae contos eroticoa dora e o patrão. conto eroticocontos heroticos gay pique esconde com o priminhoCOMENDO BEBADA COM O SOBRINHO CONTO ESOTICOvideornpossconto erotico incesto sonifero filhaEu Bêbado e Ela Se Aproveitou Contos Eróticosconto vendi arrebenta cu minha filhacontos porno freiracontos eróticos meninas de 25 anos transando com a calcinha preta com lacinho vermelhocontos eroticos dei ao papai e fingi dormircontos eroticos mulher violada enfrente do maridorelatos eroticos obriguei a minha mulher ser mais putamarido da mae bolina menina contoscontos eróticos marido e Cida tudo para esposa e esposaHistórias eróticas sobre estuprosMeu+tio+ficou+brabo+com+migo+e+arrombou+meu+cu+conto+eroticoconto herótico de duas senhoras maduras que provou o desejo de ser lesbicas contos eroticos minha namorada e seus filhos parte 2conto erotico fui fragada pela minha filinha chupano.o pau do seu irmaocontos eroticos minha namorada deu paraconto erotico gay colo tiocontos eroticos dopando primasContos estrupado pela filha putacontos eróticos, esposa safada, puta dos patrõesconto comi a freirana lua de mel contosganhei piroca de presente do meu conto imcesto.empregada me masturbando nu contoscontos eroticos 148 cm de bunda .conto de mulher transando com meninos novinhoscontos de afilhadacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos estourando a bucetinha minusculaContos eroticos dei boleia a velha e ela me fez boquetecontos de menininhas sentando no colo de homenscontos eroticos com cachorosinimigo do meu noivo contoscontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leitequadrinho eroticos sarrei a bunda no pau do meu filhinhotravesti linda barriga de tanquinho gostosa metendo vídeo liberado metendo gostoso peitudacomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contosminha vida com mamae contoconto erotico paraense en salinas paracontoseroticos minha longa iniciaçaocontos eroticos so era pra ela chuparcontos eróticos minha esposa termina com meu pior inimigocontos eroticos tetascontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadofilho dotado fudendi o pai desejosecretos.comCONTO DORMINDO NA EXCURSÃOfodida ate desmaiar, conto eroticoas busetao.mas abertos e mas gostozas do mundo porno ater das eguaspastora safadaNayara fuzileiracontos eu e meu. irmao comendo a minha mulheconto erotico viadinho de calcinha dormindo no sitio