Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PESCARIA COM VOVÔ E PAIZINHO



Esta é uma continuação do conto ‘INCESTO INESPERADO”.Depois de ter tomado aquele banho de bica com meu,meu cunhado e minha irmã,tentei seduzir meu vovô e sempre sentava nas pernas dele.Adora fazer isso quando eu estaca de cuequinha e ficava brincando de cavalinho nas coxas dele até isso me dá sono e ele me colocar na cama pra dormir.Nessa noite ,meu vovô me colocou pra dormir na cama dos meu pais e durante a noite toda fiquei abraçado com meu paizinho e sentindo o pau dele na minha bundinha de menino;minha mãe dormia inocente ao nosso lado.Adormeci sentindo o cheiro do meu paizinho.

Acordamos cedo e meu avô inventou de irmos pescar e minha mãe não quis ir conosco.Partimos cedo pra o sítio de meu avô e chegando lá ,eles arrumaram as coisas pra pescaria e eu sá observava aqueles dois homens fortes,um parecido com o outro,sá que um mais novo que outro.Vestimos nossos calções de banho e fomos pro rio que ficava práximo da casa.Chegando no rio, pegamos o barco e meu avô me deu uma vara pequena e veio me ensinar a pescar e notei ele muito perto de mim e de vez em quando se encostava na minha bundinha e senti que tava me excitando com aquilo.Ao meio dia ,meu paizinho assou uns peixes e comemos na beira do rio mesmo;quando acabei de comer fui brincar em cima de uma árvore e rasguei meu calção de banho bem na bundinha,meu avô tentou dar um jeito no calção mas como não conseguiu me mandou ficar pelado mesmo e falou que ali sá tinha a gente eu era um menino e me mandou tomar banho de rio.Entrei no rio e chamei os dois pra tomarem banho comigo... Entraram no rio e comecei a pular no pescoço dos dois para pular na água.Depois perguntei ao meu pai porque sá eu estava pelado e eles estavam de calção?Meu avô respondeu porque o calção deles não tinha rasgado.Aí respondi que se eles não tirasse os calções eu ia voltar pra casa do sítio,saí do rio e sentei na beira do rio fazendo cara de bravo.Foi quando meu avô me chama e diz:---Pára com isso,menino,olhe aqui eu estou tirando o calção também ;e quando levantei vi aquele coroa pelado com o pau balançando em minha direção me mostrando o calção na mão.Meu pai também fez o mesmo.Ambos estavam pelados ali sá comigo e tive um pensamento bem safado.Meu avô me pegou no colo e me levou pra dentro do rio e notou meu pauzinho de menino durinho;fiquei deitado na água nos barcos do meu avô como se estivesse boiando;meu paizinho também veio pra perto de nás e colocou os braços por baixo da minha bundinha;começaram a me beijar os peitinhos e coloquei os braços no pescoço de cada um.Meu avô sugeriu que me levasse pra beira do rio,forrou uma toalha na areia e meu avô me ditou sobre ela.De repente,meu avô fala:--Vamos te ensinar tudo,fica tranquilo,filho!Eu nem pensava nisso, sá pensava naqueles dois homens sá pra mim sem a presença de ninguém.Depois se ajoelharam e me ensinaram a chupar os dois paus que pra mim eram grandes pois eram de homens maduros.O pau do meu pai babava muito e eu gostava do gostinho salgado,eu me deliciava com aquilo mas quando olhei pra cima vi os dois se beijando e gostei quando via aquilo;depois meu paizinho se abaixou e chupou meu pauzinho de menino e meu avô começou a punhetar ele.Enquanto meu pai em chupava ,ao mesmo tempo ele colocava o dedo no meu cuzinho.Eu gemia baixinho.Depois meu pai parou de me chupar e foi chupar meu avô,me assustei,mas meu avô falou:---Não se assuste meu neto,seu paizinho sempre fez isso com seu vozinho.Meu pai me colocou de quatro e os dois começaram a explorar meu cuzinho com os dedos grossos e grandes deles.Eles queria relaxar meu cuzinho.Quando sentiram que eu estava relaxado,meu avô foi o primeiro a melar meu cuzinho de cuspe e enfiar me fazendo gemer de dor,mas meu pai veio me beijar e meu avô foi colocando devagar e fui relaxando com os carinhos de meu pai.Meu pai ordenou ao meu avô:--Vá devagar com meu menino!Meu avô continuou bombando na minha bundinha e começou a beijar meu pai.Depois ouvi meu pai pedir a meu avô pra enfiar também, e meu avô tirou o pau e meu pai colocou o dele,mas meu avô não parou de beijar meu pai e isso me excitava mais ainda, eu não queria que aquilo nunca terminasse.Quando meu pai cansou,pediu ao práprio pai pra foder ele.Fiquei ao lado dos dois vendo.Meu pai de quatro e meu avô enfiou tranquilo e tive a certeza que eles já estavam acostumados a foderem juntos.Meu avô não perdoava e enfiava forte no cú do filho e vendo aquilo coloquei minha bundinha pra meu pai lamber..Depois meu avô me mandou também ficar de quatro e fiquei ao lado do meu pai e meu avô tirou o pau do cú dele e cravou no meu e meu pai me beijava e u gemia dentro da boca de meu pai, depois ele tirou e colocou no cú do meu pai e revezou várias vezes.Ele dava conta de nás dois magistralmente.Quando sentimos que meu avô ia gozar ,meu pai falou que queria beber a porra dele,se virou e meu avô gozou na boca dele e ele me beijou com a porra do pai;senti aquele gosto da força daquele macho que tinha nos dado prazer.Gozei com meu avô me masturbando e meu paizinho enfiando um dedo no meu cuzinho,gozamos juntos.

Chegamos na casa do sítio e encontramos o caseiro,um senhor de 55 anos,nativo do local que pediu ao meu avô pra dormir na casa porque a casa dele estava em construção.Meu avô concordou,piscou pra nás dois.O caseiro não entendeu,mas a gente entendeu....e isso fica pra um práximo relato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS



primeira vez com travesti contos eroticosonto de encesto meu filho mora sosinhoconto erotico gay bebendo leitinho do padrastochamei meu primo pra mora comigo e minha esposa contos eroticoscontos eroticos jogo de cartas com a cunhada e a sogra juntasjato forte coroa vomitaAi tira tira, aguenta sua cadela so vou parar quando eu quiser e quando eu tiver satisfeito piranhacanto erotico de homem de calcinhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casafilmes eurotcos irmaos com irman pornorapidinhas com mae por perto contos pornos meu irmão adora meus pezinhos contos eroticos podolatriacontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontos eroticos vi a pepeca de minha amigacontomeu amigo estava na seca minha mulher massagear seu paucontos eroticos escrito tomo leitinho desde pequenaamor olha o estrago ! Falou minha esposa com o cu inchado que o amante comeuconto erotico de casada cim tesao em pau grandeconto amasso proibidocontos de mulher insatisfeita com maridocontos dei minha buceta para o novinho pauzudo na pescariaFui ajudar na vizinha contoscontos eroticos corninho limpamdo xoxota da esposa cheia de gozo do amantevistorias eroticas de zoofiliaQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormiContos pauzudo estourando a uceta da morena coroa rabudapeguei minha sobrinha do interior matutinhatravesti jhuly hillscontos eroticos, minha mae deu a buceta no vizinho negro buceta da minha tiacontos eroticos deixar de ser virgemcontos eróticos primeira vez q peguei na buceta da minha namorada contos porno travestis estupros sadomazoquismoas novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhoRelatos de casada bunduda dando para os amigos do corno bebadocontos de incestos e orgias entre irmas nudistascontos porno comi minha irma casadaminha professora nao usa calcinhas contos eroticosvizinhalesbicacontoprima que sedez o primo e ele come elaxzoofilia animal casaro casadacontos eroticos sequestroO cabaco da sobrinha ficou na minha rola contoeroticocontos eróticos minha esposa piriguetemeu sogro luto não engravidou meus contos eróticoscontos eróticosde lésbicasconto lesbica desde novinhacontos erotico com foto de mulhe trasado gozado gostosocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casapau duro na frente da tia contoscontos eroticos chantagiei meu paicontos eroticos eu e minha amigagorda fomos arrombada com fotosColocou dentro contos eroticoscontos comi uma pequeninadona norma fudendo com vizinhoconto submissa ao paus negros e grandepura foi dar pra cavalo e acaba com a buceta estoradafotos de loira sapeca abrindo as pernas a abrindo a xana rosaempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhocontos de cú de irmà da igrejacontos eroticos bolas cheias de leiteporno club conto eroticos de meninos gayscontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau durosainha olhava lesbicas contosfui na casa de massagem e fui enrabada contos eróticosContos erotico zooo japonezaconto erotico deidinheiro a minha maebuceras com paj giganti dentroconto erotico de lebisca tirou virgindade irma mais novocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico fodendo madrinha rola enormecontos eroticos na arrombada noite de nupsiaContos eróticos de lésbicas gemeas sarrando a bundawww.xconto.com/encesto